A partir desse descritivo da sua persona, você consegue decidir o tipo de conteúdo que precisa produzir para atingir seus objetivos, os temas que serão abordados e onde eles devem ser disponibilizados para alcançar o seu público-alvo. Que tal começar agora mesmo a desenhar a sua persona? O conceito de persona vai muito além do Marketing de Conteúdo, ele pode ajudar a sua empresa a entender melhor o seu consumidor e isso contribui para o desenvolvimento de produtos e serviços que realmente impactem positivamente no seu dia a dia.
De hecho ya veo etiquetas de google , y como empiezan a ocultar páginas webs ,si compañeros empiezan a ocultar paginas webs, o sea que puede suceder en 10 años .? Internet seguira creciendo mas y mas ,pero las webs como las conocemos ,tenderan a desaparecer, o abra otro cambio radical y reciclandose todos a marchas forzadas .Ya subi un video que hablo de ello al respecto , lo podreis encontrar en mi canal de Youtube , Sifran web y sem
Agora que você já entendeu que inbound marketing e marketing de conteúdo caminham juntos, é preciso aprender como fazer, na prática, o marketing de conteúdo.  E a relação cliente versus empresa está completamente diferente de alguns anos atrás. Antigamente, o foco não estava totalmente no digital, fazendo com que empresas e colaboradores estivessem presentes de maneira física. Ou seja, efetuando visitas e telefonemas de maneira mais ativa.
O marketing de conteúdo é igualmente pródigo na geração de leads orgânicos. Muitas vezes, pessoas seguem o seu trabalho, mas não compram de você. Isso acontece, em muitos casos, porque essas pessoas ainda não estão preparadas para comprar e/ou não se sentem confiantes o suficiente para tomar essa decisão. Com o marketing de conteúdo, além de você nutrir esses leads com um conteúdo relevante e que provavelmente irá ajudá-los a dissipar algumas dúvidas, você ganha uma maior confiança junto dessas pessoas, garantindo que no momento em que elas se sentirem confortáveis para comprar esse produto/serviço, elas irão lembrar-se de você e provavelmente comprar esse produto de você ou da sua empresa.
Se você for aquela empresa que a ajudou em uma hora de dúvida ou indecisão, que trouxe a informação correta quando ela precisava, que esteve ali disposta a atendê-la, são grandes as chances de sua marca ser a escolhida em uma tomada de decisão de compra. E o Marketing de Conteúdo também ajuda a motivar uma venda. Quer exemplos? Que tal trabalhar cases e depoimentos de clientes? Explorar as vantagens dos seus produtos e/ou serviços em vídeos e imagens? Já pensou nisso?
Actualmente no estamos ofreciendo servicios de asesoría personalizada pero te comento que, de cara a Sept/Oct, lanzaremos un training gratuito con acceso a un curso premium que podría ser de tu interés. Te recomiendo que te suscribas a nuestra newsletter (si aún no lo has hecho 😉 ) que por ahí informaremos de todo, llegado el momento. Un saludo!!!
Esta é uma situação em que seus leitores inconscientemente ignoram banners em seu blog. Esses banners geralmente estão em barras laterais onde eles se tornam menos segmentados. Certifique-se de girar os anúncios e usar técnicas para que seus anúncios não sejam bloqueados por bloqueadores de anúncios. Você pode usar um plugin como anúncios WP Advanced.
1. Otimizar seu site para os motores de busca. Os sites de maior sucesso na internet são os mais visíveis. Agora, existem várias maneiras de conseguir maior visibilidade na internet, mas o método mais importante é a de search engine optimization. Os detalhes são demasiado técnicos para discutir aqui, mas o propósito de Search Engine Optimization (SEO) é ajudar o seu site alcançar um maior rankings nos motores de busca. Se você já usou um motor de busca, você vai notar que qualquer pesquisa palavra-chave particular retornará milhares, senão milhões de resultados. A maioria das pessoas não vai incomodar a navegar através de todos esses resultados, eles vão preferir olhar para os sites já exibidas. Estatisticamente falando, os sites listados na primeira página de resultados vai reunir a maior quantidade de tráfego, colocando esses sites em melhor posição para ganhar dinheiro.

O vídeo é provavelmente o formato de conteúdo que gera mais autoridade nos dias de hoje. Se você imaginar que um conteúdo escrito, embora relevante, não tem o seu autor em primeiro plano e que um vídeo coloca você em frente ao seu potencial cliente, você provavelmente irá entender a diferença. O vídeo humaniza o seu conteúdo e o coloca numa posição de maior destaque, o que aumenta a sua notoriedade e gera uma maior confiança junto ao seu público. Vários estudos indicam que um vídeo numa página de venda de um produto aumenta em mais de 80% a intenção de compra do cliente, o que traduz bem a confiança que um vídeo pode gerar.
Marketing de conteúdo ou content marketing é um termo extremamente popular nos dias de hoje. No entanto, o marketing de conteúdo existe desde que a internet existe. No seu conceito geral, marketing de conteúdo significa produzir conteúdos altamente relevantes para o seu público-alvo, como forma de ajudá-lo a esclarecer as suas dúvidas, a atrair potenciais clientes ou simplesmente fazer de si uma autoridade num determinado tema. Naturalmente, quanto melhor o conteúdo que você produz, maior será a percepção do seu público de que você é uma autoridade naquilo que fala.
É possível que, assim como em outros lugares do mundo, o marketing de conteúdo tenha começado de forma empírica no Brasil há muitas décadas. No entanto, o registro mais antigo dessa atividade é datado de 1954, quando a farmacêutica Tortuga, hoje pertencente à DSM, lançou o Noticiário Tortuga.[15] Em 2015, a agência brasileira New Content, que publica revistas customizadas para marcas como TAM e O Boticário, foi eleita a melhor agência de content marketing do mundo no Content Marketing Awards.[23]
Certamente o marketing de conteúdo é a melhor estratégia para fidelizar seus leitores, conquistar maior autoridade e credibilidade, e, assim, melhor desenvolver os seus negócios no mundo online. Quando você cria um blog é preciso saber qual conteúdo criar para ele. E, para a sua empresa sair à frente, deverá encontrar meios de produzir um conteúdo, que dificilmente seja esquecido pelos usuários.
Criar conteúdo de sucesso para as redes sociais, seja por meio de vídeos, posts ou links que levem os consumidores até o seu site, é essencial para que as pessoas conheçam melhor a sua marca. Em muitos casos, você consegue alcançar um público que antes nem ao menos imaginava que pudesse se interessar pelo seu tipo de negócio. E, o melhor, com um post de sucesso nas redes sociais, os consumidores podem até mesmo virar fãs da sua marca.

A diferença está no fato de que marketing de conteúdo tem o objetivo de oferecer um conteúdo relevante ao leitor, podendo gerar resultados financeiros ou não. O inbound marketing, por sua vez, não foca exclusivamente no conteúdo, mas em outros pontos como: geração de leads comerciais, e nutrição deles para no futuro, fechar uma venda. Portanto, o inbound marketing é a cabeça e o marketing de conteúdo é um de seus braços. O inbound também inclui em suas táticas elementos de SEO, mídias sociais, marketing de influência e outras formas de comunicação de marca.


De todos los negocios el más interesante, con más ventajas y menos desventajas es el DROPSHIPPING, porque una persona puede vender en todas las categorías sin ser dueño de lo productos,aunque no entiendo mucho de lo que mencionas que si hay problemas «uno mismo debe responder ante el cliente», también me preocupa lo de hacerse visible en internet para poder vender, es decir, me pregunto si para este negocio hay que tener una página web con hosting, y posicionamiento, porque no conozco del tema y a estas alturas en hoy en días hay expertos en esto, pero no puedo contratar a alguien porque no tengo el dinero ahora para ello, por favor qué me aconsejas ? Muchas gracias.

1. Blogs – Uma excelente forma de trazer conteúdos relevantes para a sua persona sobre os mais diferentes assuntos. O ponto forte do blog é que todos os materiais ali veiculados podem ser replicados em outros locais, como nas redes sociais, o que facilita o seu poder de penetração. (E claro que você pode contar com a RedaWeb, que é especialista na produção de conteúdo para blogs)
Foi o que a rede de hotéis Four Seasons descobriu. Quando um cliente entra em um hotel, ele deseja aproveitar diferentes coisas na própria cidade onde está. Para que ele não precisasse de guias extremamente caros, a empresa resolveu abrir uma conta no Pinterest. Criando um perfil para cada um de seus resorts, a rede de hotéis começou a fazer um guia repleto de dicas de gastronomia, lazer, turismo e muito mais.
Em 2014, o Content Marketing Institute estendeu para o Brasil o estudo Content Marketing no Brasil – Benchmarks, Orçamentos e Tendências, realizado a cada dois anos no País. Em 2015, foi feito o Primeiro Estudo de Content Marketing da América Latina, com os primeiros dados concretos sobre como as empresas trabalham a estratégia na região. O relatório mostrou que 98% usavam o Marketing de Conteúdo para promover seus produtos e que 56% das empresas entrevistadas preferem as redes sociais como meio para fazer suas divulgações.[24] Em 2016, foram feitos estudos comparativos realizados no sul do país sobre marketing digital.[25]

De hecho ya veo etiquetas de google , y como empiezan a ocultar páginas webs ,si compañeros empiezan a ocultar paginas webs, o sea que puede suceder en 10 años .? Internet seguira creciendo mas y mas ,pero las webs como las conocemos ,tenderan a desaparecer, o abra otro cambio radical y reciclandose todos a marchas forzadas .Ya subi un video que hablo de ello al respecto , lo podreis encontrar en mi canal de Youtube , Sifran web y sem
De todos os tipos de ações de marketing de conteúdo que existem, esta é uma das mais complexas. Muitas vezes a criação de ferramentas exige a criação de um design e, posteriormente, o desenvolvimento da aplicação web ou mobile, o que provavelmente será um investimento muito alto. No entanto, caso você tenha essa possibilidade, é uma excelente forma de você entregar algo realmente útil para os seus clientes e com isso gerar uma base de dados de leads extremamente rica e com um potencial tremendo.
Os autores propõem, uma nova abordagem para o marketing de conteúdo, na qual os departamentos de marketing deixam de ser um mero suporte para vendas e se transformem em geradores de receita. Embora poucas empresas até agora tenham conseguido atuar dessa maneira — como Lego, Red Bull e Disney —, o livro prevê que o modelo de negócios de empresas de mídia, produtos e serviços seja hoje muito parecido. Isso significa que empresas de mídia possam vender produtos ou serviços, bem como empresas de produtos ou serviços possam monetizar seus públicos. Joe Pulizzi, um dos autores, explicou o propósito apresentado no livro da seguinte maneira:
Certamente o marketing de conteúdo é a melhor estratégia para fidelizar seus leitores, conquistar maior autoridade e credibilidade, e, assim, melhor desenvolver os seus negócios no mundo online. Quando você cria um blog é preciso saber qual conteúdo criar para ele. E, para a sua empresa sair à frente, deverá encontrar meios de produzir um conteúdo, que dificilmente seja esquecido pelos usuários.

O marketing de conteúdo é fundamental não só pelo tráfego orgânico que ela gera, mas principalmente pela percepção que ele cria junto do seu público. Se você analisar alguns dos exemplos que falei anteriormente, você vai entender que esses profissionais que são considerados especialistas em suas áreas de atuação, eles vivem acima de tudo do conteúdo. Essa percepção de que eles são especialistas vem, precisamente, do conteúdo gerado e compartilhado. Logicamente, o mesmo aplica-se a empresas. Empresas que geram conteúdos relevantes, acabam gerando uma percepção muito positiva sobre as marcas.
Mark Ling, em seu relatório livre, mostra-lhe as etapas exatas que ele toma para obter os melhores produtos da filial para promover. Você deve obter este direito. Se o produto errado é escolhido, um que não converte, então você estaria perdendo muito tempo e também dinheiro, envio de tráfego para seu site e acabam fazendo pouca ou nenhuma venda em tudo. É importante ler este relatório livre, se você não quer perder tempo e dinheiro. Saiba como escolher os produtos da filial direito de vender.
×