Many, if not all, of the websites in the collection and elements incorporated into the websites (e.g., photographs, articles, graphical representations) are protected by copyright. You are responsible for deciding whether your use of the items in this collection is legal. You are also responsible for securing any permissions needed to use the items. You will need written permission from the copyright owners of materials not in the public domain for distribution, reproduction, or other use of protected items beyond that allowed by fair use or other statutory exemptions. Some content may be protected under international law. You may also need permission from holders of other rights, such as publicity and/or privacy rights.

Foi o que a rede de hotéis Four Seasons descobriu. Quando um cliente entra em um hotel, ele deseja aproveitar diferentes coisas na própria cidade onde está. Para que ele não precisasse de guias extremamente caros, a empresa resolveu abrir uma conta no Pinterest. Criando um perfil para cada um de seus resorts, a rede de hotéis começou a fazer um guia repleto de dicas de gastronomia, lazer, turismo e muito mais.
Por último, mas não menos importante, as plataformas sociais não devem ser vistas somente como um meio de difusão e sim como um canal de interação. Relações duradeiras são construídas através do diálogo, então, não se esqueça de interagir com a sua audiência fazendo comentários, respondendo mensagens e dando “likes” sempre que você ache que merece.
Certifique-se de digitar tema de propriedade e, logo depois, melhorá-lo com links afiliados. Considere tuas ligações da filial como recursos para seus freguêses que tornarão menos difícil para eles adquirir o produto ou serviço que você francamente orientar. Se a sua avaliação do artefato for raso e deixar claro que você não tem realmente experiência pessoal com o item, ninguém vai clicar em seus hiperlinks – não importa quantos você postar!
O Inbound Marketing é considerado qualquer tática de marketing que parte da premissa de ganhar o interesse das pessoas ao invés de comprá-lo por meio de alguma campanha. O foco do inbound é atrair e conquistar um público-alvo específico, gerando leads qualificados, resultando em conversão e vendas. Já o marketing de conteúdo é uma das táticas para levar leads para o inbound, com a produção de conteúdo envolvente e extremamente relevante.

Se você quiser outros exemplos, basta ver os blogs da Expedia, McDonald’s, RedBull, GoPro, entre outras empresas que usam o marketing de conteúdo como uma estratégia extremamente importante na geração de contatos e interesse sobre as marcas. É o mesmo que você imaginar uma estratégia comercial apelativa, sem vender qualquer produto. Vender sem vender.

Consistência é fundamental – A célebre frase “quem não aparece rapidamente é esquecido” não existe por acaso. A consistência das suas ações irá determinar o sucesso do seu negócio. Se você começa a publicar 1 artigo por semana no seu blog, é extremamente importante que mantenha essa consistência, caso contrário os seus leitores irão ficar decepcionados consigo.
Dessa forma, você pode criar um Podcast – ou seja, uma peça de áudio – para compartilhar, pode dedicar tempo à criação de Webinars (conferências online sobre seus produtos, serviços e temáticas relevantes para o seu campo de atuação). Você pode desenvolver aplicativos para dispositivos móveis, publicar eBooks e até mesmo desenvolver jogos temáticos.
Considere prêmios semanais ou mensais. Os visitantes continuarão de volta ao teu blog para ver de perto qual é o prêmio. Não esqueça de conservar o interesse deles, fornecendo informações importantes a respeito as quais eles querem assimilar. Esta é bem como uma legal forma de obter inscrições pro teu boletim informativo; responda-lhes que você vai notificá-los a respeito do prêmio por e-mail.
A verdade é que o Marketing de Conteúdo chegou para ficar. Se a sua empresa ainda não parou para refletir e desenhar as suas estratégias, você está perdendo tempo. Hoje, as pessoas querem mais do que consumir produtos, elas querem engajar com marcas que estão ali para ajudá-las quando necessário, querem falar e ser ouvidas, querem empresas responsáveis, verdadeiras e que transmitem confiança nas suas relações.
Já Kotler, Kartajaya e Setiawan, no livro Marketing 4.0[8], dividem os objetivos do Marketing de Conteúdo em duas grandes categorias: a primeira ligada às vendas: geração de leads, vendas efetivas, cross-selling, up-selling e vendas por indicação de outros clientes”; e a segunda categoria reúne as metas relacionadas à marca: “consciência de marca, associação da marca e fidelidade/defesa da marca”.
Se você estiver precisando de ajuda para desenhar as suas estratégias ou procurando uma agência de qualidade para desenvolver e elaborar os seus conteúdos, você está no lugar certo! Aqui na RedaWeb, nós estamos prontos para auxiliá-lo e entregar os melhores textos, de acordo com a sua persona e as suas necessidades. Vamos fazer a sua estratégia de marketing de conteúdo decolar e, juntos, alcançaremos os melhores resultados para a sua empresa.
×