Quando falamos de Marketing de Conteúdo, o benchmarking se torna essencial. É sempre muito importante acompanhar o que outras empresas estão fazendo, como elas se comportam nas redes sociais, como fornecem o seu conteúdo, como o seu site está construído, quais palavras-chave estão bem posicionadas, que linguagem utilizam, que materiais estão fornecendo, etc. Todos esses são pontos fundamentais na hora de pensar na sua estratégia. (Você sabia que nos planos mensais da RedaWeb você recebe um levantamento das principais palavras-chave que levam mais tráfego para o site do seu concorrente? Vale a pena conferir!)
Por fim, no fundo do funil, a pessoa está em um estágio de avaliação para tomar uma decisão de compra. É nesse momento que você deve oferecer mais informações para ajudá-la a decidir pelo seu produto e/ou serviço. Cases de clientes e demonstrações do produto são fundamentais nessa fase. Esse é o momento de falar da sua empresa, de mostrar as suas vantagens, de compará-lo com a concorrência e destacar os seus pontos fortes.
É muito comum empreendedores e empresas criarem perfis em várias redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Youtube, Google+, Snapchat, Pinterest, etc.) e depois publicarem os mesmos conteúdos em todas essas redes. Isso é um erro tremendo. É o mesmo que você imaginar a General Motors, que tem as marcas Chevrolet, Opel, GMC, ACDelco, Vauxhall, OnStar, entre outras, agora começar a produzir todos os carros iguais, mas simplesmente com marcas diferentes. Isso faz sentido?
Outro aspecto importante é a diversificação dos temas abordados. Se você sempre está falando de Instagram, chega uma hora que você não tem mais o que escrever. Quando você abre esse nicho de mercado para algo mais global, como por exemplo marketing digital, você poderá falar não só de Instagram, como Facebook, E-mail Marketing, Automação de Marketing, etc. Nem sempre um nicho muito específico é positivo, especialmente em blogs empresariais.

Recentemente, tive a oportunidade de ler um relatório excelente e maravilhosa sobre como milionário Mark Ling constrói o seu negócio da filial. O relatório livre fornece-nos os bastidores visão de como tudo é colocar-se. É o 5 Fórmula passo para fazer 10k por mês Online. Contudo, o relatório está disponível apenas por um tempo limitado! Baixá-lo enquanto você ainda pode:
Se você não entende rigorosamente nada de SEO, é importante começar por aí antes de criar o seu blog. Entender como funciona a otimização para motores de busca poderá fazer uma diferença incrível no impacto e nos resultados dos seus conteúdos. Comece por estudar um pouco sobre SEO e entender a estruturação HTML de um blog, para evitar cometer erros desnecessários e/ou escrever conteúdos que ninguém lê, porque simplesmente não são encontrados facilmente no Google.
3. Vantagem em relação aos concorrentes: Esse é o sonho de todo empresário, não é? Em um mercado cada vez mais concorrido, ao trazer um conteúdo de fato pensado para sanar as dúvidas e dores dos seus possíveis clientes, você conquista a sua confiança e uma grande vantagem competitiva. Afinal, quando precisar de um novo produto ou serviço, aquela pessoa, provavelmente, irá procurar primeiro a sua empresa, pois já tem uma imagem positiva construída na sua cabeça e sabe que você está ali para ajudá-la. Com uma marca forte e estabelecida na mente dos seus possíveis clientes, tudo fica mais fácil.
Uma das maneiras mais fáceis de entrar no negócio de cosméticos é o marketing de afiliados de marketing .affiliate o processo envolve basicamente a venda da marca em particular que endossam você de estratégias de marketing. As estratégias de marketing afiliado mais simples fornecer simples criação de site para o produto específico que você está endossando. Para entrar em marketing afiliado, tudo que você tem a fazer é encontrar uma linha de cosméticos que você gosta, inscreva-se como um comerciante da filial, em seguida, começar a promover o negócio. Não deixe de ler as orientações sobre como exatamente a indústria em particular que queira comercializar seus produtos. 
×