Se você criar um perfil no Instagram e outro no Facebook, os conteúdos que você publicar em cada uma dessas redes têm obrigatoriamente de ser diferentes. São público-alvo diferentes, que consomem conteúdos de formas diferentes. Por isso que é importante muitas vezes não estar presente em todas as redes, mas somente naquelas que realmente fazem sentido para os seus objetivos profissionais, sejam eles quais forem.
Consegue imaginar uma empresa que, com somente 4.500 dólares ousou investir em aparelhos de barbear e concorrer com ninguém menos do que a Gillette? Pois essa foi a ideia dos fundadores desta empresa. Porém, eles optaram por fazer um atendimento personalizado aos seus clientes, um diferencial, que nenhuma das grandes empresas havia se atentado até então.
Outro grande pilar do Marketing de Conteúdos é a criação e difusão de peças gráficas nos blogs e nas redes sociais. Tais conteúdos se encontram entre os mais compartilhados em Social Media já que são muito mais atraentes visualmente. Entre os conteúdos que podemos criar, podemos incluir infográficos, criar GIFs, usar fotografias, ilustrações e imagens com texto.
Separando seus contatos por áreas de interesse (conteúdos acessados ou baixados no seu site, que indiquem de que tipo de produto ou serviço ele possa estar precisando), é possível entregar mensagens com as ofertas certas para o potencial cliente, aumentando consideravelmente a taxa de conversão. Isso traz resultados importantes no nível de engajamento, além de ser fundamental para guiar seus prospects em direção à venda.
Você pode iniciar com um blog por exemplo. Postando conteúdos de 500 a 1.000 palavras cada, focando em temas de interesse de seu público-alvo. Além disso, vale a pena criar uma fanpage no facebook e uma página da empresa no LinkedIn. Cada texto que você postar no blog, você também pode postar uma chamada nessas redes sociais. Essa chamada costuma ter em média 30 palavras cada, e ela precisa ter um tom de persuasão, fazendo com que o leitor se interesse em acessar o blog para saber mais informações a respeito daquele tema.

¡Hola Juanjo! Realmente es muy complicado hacer un cálculo aproximado, ya que depende del tipo de negocio y enfoque que quieras darle. Hay páginas web que requieren muy poca inversión y otras que requieren mucho. El tráfico pagado es una opción, pero es cierto que también se puede conseguir tráfico orgánico con una buena estrategia de SEO 😉 ¡Un saludo!
Você pode iniciar com um blog por exemplo. Postando conteúdos de 500 a 1.000 palavras cada, focando em temas de interesse de seu público-alvo. Além disso, vale a pena criar uma fanpage no facebook e uma página da empresa no LinkedIn. Cada texto que você postar no blog, você também pode postar uma chamada nessas redes sociais. Essa chamada costuma ter em média 30 palavras cada, e ela precisa ter um tom de persuasão, fazendo com que o leitor se interesse em acessar o blog para saber mais informações a respeito daquele tema.
Depois disso, é importante que os seus conteúdos estejam devidamente otimizados para o Google para que o robot de rastreamento entenda o seu conteúdo, quais as partes mais importantes e, principalmente, qual a palavra-chave que define a sua peça de conteúdo. Isto não significa que você deverá escrever a mesma palavra-chave inúmeras vezes no seu post! Isso chama-se manipulação e pode resultar numa penalização por parte do Google, ok?
4. Ganhar visibilidade. O Marketing de Conteúdo também é uma ferramenta e tanto para aumentar a visibilidade da sua empresa nesse universo online. Isso inclui blogs, sites, redes sociais, buscador do Google, fóruns, etc. Com um bom posicionamento nesses ambientes, você será encontrado com mais facilidade e irá aparecer para seus clientes e leads. Lembre-se sempre: “quem não é visto, não é lembrado”. Essa é uma das chaves para o sucesso em um mercado tão competitivo!
Por ejemplo, imaginemos que creas una tienda online de zapatillas y te creas una cuenta de afiliado en amazon con el identificador «zapatos». Pues en tu tienda online pones los artículos enlazados hacia Amazon pero en la url debe aparecer el id «zapatos». Por cada producto que amazon venda gracias a tus enlaces te llevarás una comisión (que dependerá del precio y del tipo de producto).
Decirte que ha sido muy interesante tu post. Me gustaría comentarte un poco lo que hago porque me veo un poco identificado con tus comentarios. Tenía ganas de hacer algo por mi cuenta y me lancé en organizar viajes de forma privada a personas que no tienen tiempo para poder organizarse sus vacaciones. Este intento no fue válido…mucho tiempo perdido para poco volumen de negocio..y lo he apartado a un lado para retomarlo más adelante….
Para os especialistas do marketing, o Marketing de Conteúdo "é o novo SEO e o coração do sucesso on-line". Ao produzir conteúdo, a empresa permite que as pessoas leiam ou assistam, compartilhem, tirem dúvidas e aprendam. Uma estratégia de conteúdo que gera resultados demanda uma série de fatores, como: conhecimento profundo das características, perfis, gostos e preferências do público-alvo; alinhamento com os objetivos de negócio; métricas bem definidas; diversidade de produtos, para contemplar mais possibilidades de aprendizado, via texto, imagem e som.
E não adianta, o boca a boca ainda é muito forte e importante para empresas de todos os portes. Cada pessoa que indica o seu produto e/ou serviço para outras gera muitos leads que, provavelmente, irão procurar o seu negócio quando sentirem necessidade. E aqui o Marketing de Conteúdo é determinante, tanto para criar defensores da marca, quanto para estar preparado para nutrir e desenvolver a confiança das pessoas para as quais eles indicarem o seu negócio.
1. Blogs – Uma excelente forma de trazer conteúdos relevantes para a sua persona sobre os mais diferentes assuntos. O ponto forte do blog é que todos os materiais ali veiculados podem ser replicados em outros locais, como nas redes sociais, o que facilita o seu poder de penetração. (E claro que você pode contar com a RedaWeb, que é especialista na produção de conteúdo para blogs)
Marketing de conteúdo leva tempo – Um dos principais erros que a grande maioria dos profissionais e empresas cometem é não darem tempo ao marketing de conteúdo. Se você acredita que começa hoje a escrever conteúdo no seu blog e amanhã começa a receber milhares de visitas do Google, deixe-me avisá-lo de que isso não vai acontecer! Marketing de conteúdo leva tempo, é exigente e naturalmente é preciso uma boa dose de paciência.
Os autores propõem, uma nova abordagem para o marketing de conteúdo, na qual os departamentos de marketing deixam de ser um mero suporte para vendas e se transformem em geradores de receita. Embora poucas empresas até agora tenham conseguido atuar dessa maneira — como Lego, Red Bull e Disney —, o livro prevê que o modelo de negócios de empresas de mídia, produtos e serviços seja hoje muito parecido. Isso significa que empresas de mídia possam vender produtos ou serviços, bem como empresas de produtos ou serviços possam monetizar seus públicos. Joe Pulizzi, um dos autores, explicou o propósito apresentado no livro da seguinte maneira:
Para o marketing da filial para casa Internet negócio, ter um negócio próprio não é mesmo realmente uma exigência. Se você é louco por produtos de cabelo, você pode ganhar a vida vendendo produtos de cabelo, sem ter que receber ordens ou produtos de estoque. É isso que eu estou falando. Nenhum produto de lotação em sua garagem, recebendo ordens e tudo o mais associado a uma empresa típica.
Existem vários tipos de programas afiliados. A maioria vai pagar uma taxa fixa ou porcentagem da venda que você faz (pagamento por venda). Outro tipo comum é quando você é pago por ação ou lead. Por exemplo, se você indicar alguém que se inscrever para a avaliação gratuita de empresas, a empresa pagará pela inscrição. Embora não seja visto com muita frequência, alguns pagarão por clique (isso é mais visto em programas de anúncios contextuais, como o Google Adsense) ou por impressão (cada vez que o anúncio é carregado em seu site).
En la plataforma de afiliados de amazon podrás buscar productos para recomendarlos en tu web o blog. Una vez hayas elegido el producto que quieres promocionar, Amazon te dará el enlace (link o url) para que los usuarios de tu web o blog hagan click en él y les lleve al producto que has elegido para promocionar. Si los usuarios compran gracias a tu link, tú recibirás una comisión por lograr la venta.
É muito comum empreendedores e empresas criarem perfis em várias redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Youtube, Google+, Snapchat, Pinterest, etc.) e depois publicarem os mesmos conteúdos em todas essas redes. Isso é um erro tremendo. É o mesmo que você imaginar a General Motors, que tem as marcas Chevrolet, Opel, GMC, ACDelco, Vauxhall, OnStar, entre outras, agora começar a produzir todos os carros iguais, mas simplesmente com marcas diferentes. Isso faz sentido?
Mark é uma pessoa de confiança no negócio de marketing on-line. A razão que eu levei um tempo para baixar o seu livro é que eu sei que ele é um dos caras bons em volta. Ele lutou um trabalho muito em um salário baixo, antes que ele construiu seu primeiro website na década de 1990. Quando ele recebeu sua primeira filial salário de renda, ele sabia que era isso. Ele continuou a construir mais e mais sites, e começou a ganhar muito. Sua renda em linha alcançou seis números.
×