É preciso inovar no tipo de comunicação que a sua marca irá manter com sua audiência. É preciso compreender quais são os hábitos de consumo de seus potenciais clientes, conseguindo, dessa maneira, criar uma relação mais estreita com seus consumidores. A utilização desse tipo de mídia é peça chave para estratégias de marketing de conteúdo da atualidade.
Logicamente, o marketing de conteúdo inclui também diversas coisas que você não deve fazer. Já falei anteriormente sobre várias das coisas que deve evitar quando trabalha os seus conteúdos e principalmente quando monta uma estratégia de divulgação dos mesmos, no entanto, é importante relembrar alguns princípios básicos do marketing de conteúdo e erros que podem ser facilmente evitados:
Um dos temas muitas vezes debatidos entre os fãs da publicidade e os fãs do inbound marketing é a eficácia de cada uma dessas estratégias. Como provavelmente você sabe, anúncios permitem que você coloque seus produtos ou serviços na frente de milhares de pessoas por um custo baixo, sem necessidade de um trabalho extra. No entanto, o inbound marketing defende que a criação de conteúdos relevantes para o seu público não só ajuda você a tornar-se uma autoridade em seu nicho de mercado, como isso ajuda você a converter drasticamente mais em suas ações publicitárias.
Muita gente entende que inbound marketing é uma coisa e marketing de conteúdo é outra. Mas ainda existem pessoas que acreditam que ambos são a mesma coisa. A realidade, é que o marketing de conteúdo é uma estratégia que faz parte do inbound marketing. Quando falamos de inbound marketing, é preciso entender que se trata de um amplo planejamento, que utiliza as estratégias do marketing digital. E o conteúdo é um dos grandes pontos de uma boa campanha de inbound.

Logicamente, o marketing de conteúdo inclui também diversas coisas que você não deve fazer. Já falei anteriormente sobre várias das coisas que deve evitar quando trabalha os seus conteúdos e principalmente quando monta uma estratégia de divulgação dos mesmos, no entanto, é importante relembrar alguns princípios básicos do marketing de conteúdo e erros que podem ser facilmente evitados:
É preciso estar preparado para esse novo perfil de cliente e o poder da internet e das redes sociais. São muitos sites, blogs, páginas no Facebook, e-books, vídeos, etc. à disposição das pessoas. Sabemos que conquistar o seu espaço se torna cada vez mais concorrido e difícil. A verdade é que apenas conteúdos realmente de qualidade irão se destacar e ser de fato lidos e ouvidos. O desafio é grande, é preciso estar por dentro do marketing de conteúdo e preparado para mergulhar nesse universo.
Mi segunda inquietud es si por ejemplo en mi país que es Colombia, no hay plataforma de amazon, entonces puedo afiliarme a la página principal que es amazon.com en su país de orígen e igual me pagarán por la venta de los productos que yo publique o necesariamente debe ser alguna plataforma existente en mi país o como funcionaría en ese caso. De ante mano gracias.
O conceito de persona: Em primeiro lugar, você precisa definir a sua persona. Você deve estar se perguntando: por quê? A resposta é muito simples, o Marketing de Conteúdo é centrado no cliente (ou possível cliente) da sua marca. Dessa forma, você deve conhecer essa pessoa a fundo, seus hábitos, comportamentos, necessidades, dúvidas e o que ela realmente procura de informação e conteúdo para ajudá-la no seu dia a dia. É aqui que entra a persona!
Certifique-se de digitar tema de propriedade e, logo depois, melhorá-lo com links afiliados. Considere tuas ligações da filial como recursos para seus freguêses que tornarão menos difícil para eles adquirir o produto ou serviço que você francamente orientar. Se a sua avaliação do artefato for raso e deixar claro que você não tem realmente experiência pessoal com o item, ninguém vai clicar em seus hiperlinks – não importa quantos você postar!
1. Otimizar seu site para os motores de busca. Os sites de maior sucesso na internet são os mais visíveis. Agora, existem várias maneiras de conseguir maior visibilidade na internet, mas o método mais importante é a de search engine optimization. Os detalhes são demasiado técnicos para discutir aqui, mas o propósito de Search Engine Optimization (SEO) é ajudar o seu site alcançar um maior rankings nos motores de busca. Se você já usou um motor de busca, você vai notar que qualquer pesquisa palavra-chave particular retornará milhares, senão milhões de resultados. A maioria das pessoas não vai incomodar a navegar através de todos esses resultados, eles vão preferir olhar para os sites já exibidas. Estatisticamente falando, os sites listados na primeira página de resultados vai reunir a maior quantidade de tráfego, colocando esses sites em melhor posição para ganhar dinheiro.
Olá, quero me tornar um afiliado, aí da não tenho nem conta em nenhuma plataforma de afiliados, porém estou estudando tudo antes de começar. Porem não gosto de aparecer, estou falando sobre o YouTube, gravar vídeos não é comigo. Ainda bem que aqui tem outras formas que descobri para divulgação. Continuarei estudando o conteúdo gratuito e colocar acara a tapa para ver o que acontece. Assim se ganhar alguma coisa com a afiliação, tomara que sim, vou ter algum dinheiro para investir no seu curso que estou muito interessada. Obrigada por compartilhar seus conhecimentos.
3. Vantagem em relação aos concorrentes: Esse é o sonho de todo empresário, não é? Em um mercado cada vez mais concorrido, ao trazer um conteúdo de fato pensado para sanar as dúvidas e dores dos seus possíveis clientes, você conquista a sua confiança e uma grande vantagem competitiva. Afinal, quando precisar de um novo produto ou serviço, aquela pessoa, provavelmente, irá procurar primeiro a sua empresa, pois já tem uma imagem positiva construída na sua cabeça e sabe que você está ali para ajudá-la. Com uma marca forte e estabelecida na mente dos seus possíveis clientes, tudo fica mais fácil.
Citations should indicate: Archived in the Library of Congress Web Archives at www.loc.gov. When citing a particular website include the archived website's Citation ID (e.g., /item/lcwa00010240). Researchers are advised to follow standard citation guidelines for websites, pages, and articles. Researchers are reminded that many of the materials in this web archive are copyrighted and that citations must credit the authors/creators and publishers of the works. For guidance about compiling full citations consult Citing Primary Sources.

Os autores propõem, uma nova abordagem para o marketing de conteúdo, na qual os departamentos de marketing deixam de ser um mero suporte para vendas e se transformem em geradores de receita. Embora poucas empresas até agora tenham conseguido atuar dessa maneira — como Lego, Red Bull e Disney —, o livro prevê que o modelo de negócios de empresas de mídia, produtos e serviços seja hoje muito parecido. Isso significa que empresas de mídia possam vender produtos ou serviços, bem como empresas de produtos ou serviços possam monetizar seus públicos. Joe Pulizzi, um dos autores, explicou o propósito apresentado no livro da seguinte maneira:
Se você poderá pagar, envie demonstrações sem custo do seu objeto. Você poderá fazer com que as pessoas preencham um formulário pra adquirir amostras, ou entrar em um jogo de desenho se você tiver amostras limitadas. Para cada compra, você também podes enviar uma demonstração sem qualquer custo de outro item. Isto necessita convencer as pessoas mais depressa do que se lerem a sua crítica.
O número de conversões de visitantes em oportunidades de negócio deve ser a sua principal métrica a ser acompanhada neste processo. Apesar de a conversão não depender única e exclusivamente do trabalho feito em mídias sociais, ela é uma métrica que mostra a efetividade do canal, ou seja, a quantidade dos seus Leads que foram gerados pelas mídias sociais.
A verdade é que o Marketing de Conteúdo chegou para ficar. Se a sua empresa ainda não parou para refletir e desenhar as suas estratégias, você está perdendo tempo. Hoje, as pessoas querem mais do que consumir produtos, elas querem engajar com marcas que estão ali para ajudá-las quando necessário, querem falar e ser ouvidas, querem empresas responsáveis, verdadeiras e que transmitem confiança nas suas relações.

Discordo completamente de quem pensa isto. O e-mail marketing continua sendo uma das principais fontes de conversão em vendas das minhas ações de marketing digital e é uma ferramenta extremamente poderosa de persuasão, comunicação e conversão. Naturalmente, uma boa estratégia de e-mail marketing prevê uma boa segmentação do público-alvo. Tal como em qualquer outra ação de marketing digital, a segmentação é o segredo para a conversão. Não faz sentido enviar um conteúdo sobre programas de afiliados para um subscritor que está interessado em saber como criar um blog. Essa segmentação é fundamental para que os resultados sejam realmente eficazes.
4. Ganhar visibilidade. O Marketing de Conteúdo também é uma ferramenta e tanto para aumentar a visibilidade da sua empresa nesse universo online. Isso inclui blogs, sites, redes sociais, buscador do Google, fóruns, etc. Com um bom posicionamento nesses ambientes, você será encontrado com mais facilidade e irá aparecer para seus clientes e leads. Lembre-se sempre: “quem não é visto, não é lembrado”. Essa é uma das chaves para o sucesso em um mercado tão competitivo!
Caso você não tenha entendido a diferença, atente-se, por exemplo, o meu percurso profissional. Quando comecei meu primeiro blog de conteúdo lá em 2008, eu era tudo menos conhecido nesse mercado. Na realidade, naquela altura ninguém falava sobre marketing de conteúdo ou inbound marketing. Esses termos ainda eram uma miragem naquela altura. No entanto, foi através da produção de conteúdos em texto (artigos e tutoriais) e vídeo (aulas, webinários, palestras, etc.) que eu me posicionei como um especialista em marketing digital, sem que na verdade tenha de alguma forma publicitado essa característica profissional. O próprio mercado, ao longo dos anos e através dos conteúdos que eu produzia, foi determinando que eu era um especialista em Marketing Digital e Marketing de Afiliados, os dois temas que eu mais abordei ao longo dos últimos 10 anos.
Com a internet cada vez mais abundante de informações, é raro que os usuários tenham disponibilidade de tempo e interesse a ponto de autorizar a exibição para só então descobrir do que o email trata. É preciso que o email mostre a que veio logo de cara. Ao usar apenas uma imagem, muitos destinatários irão ignorar o email, ou ainda deletá-lo ou marcá-lo como spam.
No nosso exemplo, se você fizer R$12000 em receitas de marketing de conteúdo e o custo total da empresa com marketing de conteúdo é de R$6000, você vai encontrar um “retorno do investimento” como sendo de 1x o custo total ou 100%.  Claro que estes valores irão variar de acordo com o tamanho da empresa, tamanho da equipe, estrutura e consequentemente com tipo de negócio, valor de ticket etc…
Os "gurus" do marketing da filial, assim como todas as histórias de sucesso do negócio, foram os primeiros a descobrir e aproveitar plenamente o dinheiro que faz oportunidades incríveis disponíveis. "Mercado do marketing da filial" de hoje está saturado e competitivo. Você vai trabalhar hoje mais difícil e mais tempo para fazer uma fração do que muitos fizeram "overnight" quando o negócio era jovem.

Olá. Eu estou estudando já ha algum tempo a possibilidade de abrir um e-commerce voltado para a área de decoração. Uma coisa que sinto falta é sobre como conquistar parceiros para o negócio e como encontrar fornecedores dos produtos. Tenho encontrado mas a explanação é sempre superficial a respeito dos temas descritos. Tem alguma ideia ou dica para passar? Serve até como tema para posts futuros.

Para o marketing da filial para casa Internet negócio, ter um negócio próprio não é mesmo realmente uma exigência. Se você é louco por produtos de cabelo, você pode ganhar a vida vendendo produtos de cabelo, sem ter que receber ordens ou produtos de estoque. É isso que eu estou falando. Nenhum produto de lotação em sua garagem, recebendo ordens e tudo o mais associado a uma empresa típica.
Tenho a intenção em abrir um e-commerce, mas nem sei por onde começar. Você poderia me dar uma orientação quanto a isso? Eu sou designer de moda, e no caso, abriria uma loja virtual para vender roupas. Lá em cima você mencionou os tópicos abaixo, que seriam o passo-a-passo para poder empreender desta forma, mas não sei a quem abordar/contratar! Como faço, por favor? Obrigada desde ja 🙂
O marketing de conteúdo é fundamental não só pelo tráfego orgânico que ela gera, mas principalmente pela percepção que ele cria junto do seu público. Se você analisar alguns dos exemplos que falei anteriormente, você vai entender que esses profissionais que são considerados especialistas em suas áreas de atuação, eles vivem acima de tudo do conteúdo. Essa percepção de que eles são especialistas vem, precisamente, do conteúdo gerado e compartilhado. Logicamente, o mesmo aplica-se a empresas. Empresas que geram conteúdos relevantes, acabam gerando uma percepção muito positiva sobre as marcas.
Olá muito bom o conteúdo do artigos, alás todos são ótimos e muito esclarecedor.Abandonei que tinha comprado porque não de maneira clara e adquirir o FNO estou no começo ainda, mais estou muito contente com a forma bem didática como você ensina e também com o suporte técnico.Quero aprender a construir um negocio online e ter a minha audiência e depois de me estruturar, viver só disso.Essa parceria está está apenas começando.Parabens, é uma satisfação ser seu aluno, realmente você é grande mestre.
A frequência e o método de pagamento também variam. A maioria dos programas paga mensalmente aos afiliados, embora alguns paguem com mais frequência. Alguns exigem que os ganhos das afiliadas atinjam um limite específico, que pode chegar a US $ 25 ou até US $ 100. Alguns programas não possuem um limite. Existem programas que pagam através de depósito direto em seu banco, mas um grande número paga através do PayPal.
×