Por fim, você também tem a capacidade de criar sua própria linha de cosméticos. Tenha em mente, no entanto, que criar sua própria linha de cosméticos é o mais difícil de entrar no negócio de cosméticos, e isso significa que você precisa para enfrentar cabeça sobre os outros concorrentes que vendem maquiagem. Mas se acontecer de você ser bem sucedido, para alcançar maiores retornos também. Para iniciar uma linha de cosméticos, é necessário fazer uma empresa, obter todas as licenças de funcionamento necessárias, e depois comprar o equipamento. Você também vai precisar de contratar especialistas que realmente fazem cosméticos de você - desde que você não pode esperar para apenas começar a misturar os pós juntos para fazer cosméticos. Você também vai precisar para criar um departamento que se concentra exclusivamente em publicidade e marketing.
O objetivo central é a formação de um público fiel[6]. Uma marca utiliza todos os mecanismos para reunir pessoas interessadas, tornando-se referência para elas. Uma vez que essa plateia esteja consolidada — o que leva meses ou anos para acontecer —, a marca colhe os benefícios. Em um de seus livros, intitulado Epic Content Marketing,[7] Joe Pulizzi lista os objetivos frequentes das empresas. São eles:
8. Trabalhar com seus clientes no pós-venda. Você acha que o relacionamento com o seu cliente acaba com o fechamento da venda? Aí que você se engana. A fidelização de um cliente e a sua recorrência são fundamentais para o faturamento da empresa e impactam muito nos seus resultados. Um cliente satisfeito e feliz tem mais chances de retornar, além de recomendar a sua marca para outras pessoas.
3. Vantagem em relação aos concorrentes: Esse é o sonho de todo empresário, não é? Em um mercado cada vez mais concorrido, ao trazer um conteúdo de fato pensado para sanar as dúvidas e dores dos seus possíveis clientes, você conquista a sua confiança e uma grande vantagem competitiva. Afinal, quando precisar de um novo produto ou serviço, aquela pessoa, provavelmente, irá procurar primeiro a sua empresa, pois já tem uma imagem positiva construída na sua cabeça e sabe que você está ali para ajudá-la. Com uma marca forte e estabelecida na mente dos seus possíveis clientes, tudo fica mais fácil.
Escribe y comercializa un blog. Crea una bitácora digital y aliméntala constantemente –sin importar el tema que abordes– de contenido original y relevante para tu audiencia meta. Promociona tu contenido a través de redes sociales, con enlaces que remitan a tu sitio para generar tráfico. Comercializa espacios publicitarios para empresas interesadas en el segmento al que te diriges y también inserta en tu blog publicidad contextual, como AdSense de Google.
Não devemos deixar de ressaltar que a produção de conteúdo é uma estratégia com a qual se alcança resultados em longo prazo, portanto é importante começar o quanto antes.  Conte com a RedaWeb para uma consultoria de excelência em marketing de conteúdo. Nossa equipe possui profissionais especializados e conceituados no mercado, que trabalham com o foco em fazer a sua empresa alcançar os resultados que deseja.

Mas o que seria isso? Persona é uma representação fictícia daquele que seria o cliente perfeito. Ela é desenhada partindo de dados reais que envolvem características demográficas e pessoais do seu cliente, como seu comportamento, seus desafios, preocupações, objetivos e desejos, onde ele vive, que idade tem, como é a sua rotina, a sua família, o seu emprego, seus gostos, hábitos de lazer, etc. Tudo vai depender do tipo de produto e/ou serviço que a sua empresa oferece e em que momento ele é relevante para essas pessoas.


A criação de e-books é outra forma interessante de colocar o marketing de conteúdo a trabalhar a seu favor. Imagine por exemplo que você escreve 30 artigos no seu blog e que 10 desses artigos estão relacionados a um único tema. Você poderá facilmente compilar esses 10 artigos num e-book, ajustar os textos, dar uma revisada e publicar um e-book prático que os seus potenciais clientes possam descarregar. Naturalmente, isso é uma excelente forma de geração de leads e potenciais contatos que poderá posteriormente nutrir por meio de uma estratégia de e-mail marketing , passando-s de leads a clientes da sua empresa/negócio. Quem faz muito bem isso é a HubSpot e a SocialBakers, que estão constantemente lançando pequenos e-books sobre determinadas temáticas, com uma estratégia clara de captação de leads. Assim, você também poderá investir um pouco mais de tempo e criar algo realmente único. Isso então seria fantástico!
O número de conversões de visitantes em oportunidades de negócio deve ser a sua principal métrica a ser acompanhada neste processo. Apesar de a conversão não depender única e exclusivamente do trabalho feito em mídias sociais, ela é uma métrica que mostra a efetividade do canal, ou seja, a quantidade dos seus Leads que foram gerados pelas mídias sociais.
É possível que, assim como em outros lugares do mundo, o marketing de conteúdo tenha começado de forma empírica no Brasil há muitas décadas. No entanto, o registro mais antigo dessa atividade é datado de 1954, quando a farmacêutica Tortuga, hoje pertencente à DSM, lançou o Noticiário Tortuga.[15] Em 2015, a agência brasileira New Content, que publica revistas customizadas para marcas como TAM e O Boticário, foi eleita a melhor agência de content marketing do mundo no Content Marketing Awards.[23]
Essas dicas são muito úteis mas não saia despreparado jogando informações na mesa. Personalize seus argumentos e adote a linguagem que o seu líder usa para convencê-lo. Coloque-se no lugar dele ao escolher argumentos que farão sentido. Case os objetivos que a empresa quer atingir com os conteúdos que serão abordados na produção de conteúdo. Mas o que falar? Nos conteúdos da Resultados Digitais sempre ressaltamos para nossos clientes vários pontos importantes, mas o que é mais frequentemente usado é: o Marketing de Conteúdo é um ativo permanente, explique para direção da empresa que quando você produz e publica conteúdo o benefício que ele traz, ou melhor o ROI, é de longa duração.
×