Alex Vargas é fundador do Nucleo Expert, empresa especializada na criação de treinamentos de marketing digital e empreendedorismo que tem revolucionado a vida de milhares de pessoas. Chegando em janeiro de 2020, a marca de mais de 110 mil alunos. Ganhou o prêmio de Empreendedor Digital do Ano e Melhor Profissional de SEO do Ano, em 2019 pelo Afiliados Brasil. Alex é reconhecidamente um dos melhores profissionais de marketing do Brasil.
Dessa forma, você pode criar um Podcast – ou seja, uma peça de áudio – para compartilhar, pode dedicar tempo à criação de Webinars (conferências online sobre seus produtos, serviços e temáticas relevantes para o seu campo de atuação). Você pode desenvolver aplicativos para dispositivos móveis, publicar eBooks e até mesmo desenvolver jogos temáticos.
Una pregunta acerca del dropshipping: ¿Se puede vender el artículo más barato que como lo tiene el mayorista en su web? Me explico: Supongamos que mi tienda online vende cámaras de acción deportivas. El mayorista de una conocida marca me las deja, por ejemplo, a 200€ y en su web las vende a 280€. ¿Puedo o me dejaría vender las cámaras a menos de 280€? Me da a mí que no, pero si me lo puedes confirmar te lo agradecería. Entiendo que me dejen venderlo mínimo a su precio y que yo me lleve solo el margen…

Mark recomenda 11 Nichos para começar com. Ele faz a maior parte de sua renda a partir destes 11 niches. Já escolheu o nicho certo?  Se não, em seguida, ele quase certamente retê-lo. Se você está no processo de construção de seu primeiro site ou apenas começou a pensar em fazer a on-line, então você pode encontrar aqui o que você deve torná-lo sobre.
Existem determinados parâmetros utilizados para determinar a autoridade de um site. Mas, alguns conquistam um peso mais significativo dentro do SEO. O Google utiliza centenas de fatores na hora de escolher um site ou outro para ranquear melhor. Alguns fatores são conhecidos de todos os profissionais do ramo, mas vários deles somente o Google tem acesso.
Marketing de conteúdo é o pilar do inbound marketing e consiste, essencialmente, em produzir conteúdos relevantes ou de impacto extremamente positivo na sua audiência alvo, sejam conteúdos educacionais, profissionais, tutoriais ou simplesmente conteúdos de entretenimento. Seja um Gary Vaynerchuck a produzir conteúdos para atrair novos clientes para a sua agência de marketing digital, seja uma Kéfera Buchmann a produzir vídeos de entretenimento que geram visualizações e, com isso, patrocinadores e dinheiro em anúncios, marketing de conteúdo começa e termina no momento em que você produz qualquer tipo de conteúdo.
Marketing de conteúdo ou content marketing é um termo extremamente popular nos dias de hoje. No entanto, o marketing de conteúdo existe desde que a internet existe. No seu conceito geral, marketing de conteúdo significa produzir conteúdos altamente relevantes para o seu público-alvo, como forma de ajudá-lo a esclarecer as suas dúvidas, a atrair potenciais clientes ou simplesmente fazer de si uma autoridade num determinado tema. Naturalmente, quanto melhor o conteúdo que você produz, maior será a percepção do seu público de que você é uma autoridade naquilo que fala.
Uma das grandes confusões em torno do tema marketing de conteúdo atrela-se ao conteúdo a produzir. Há profissionais ou empresas que acham que marketing de conteúdo significa escrever sobre o que as suas empresas fazem, as vantagens dos seus produtos, o quão fantásticas elas são, etc. Na realidade, o marketing de conteúdo é o oposto disso. É escrever sobre as dores do seu cliente, as suas dificuldades, entregar um conteúdo incrível sobre um determinado tema. Tudo isto sem pedir rigorosamente nada em troca.

As redes sociais são o local correto para criar interações com outras pessoas. Ao contrário do mundo real, onde provavelmente você tem vergonha de abordar uma outra pessoa para falar com ela sobre qualquer assunto trivial, nas redes sociais você consegue fazer isso sem ter de passar por essa sensação. E as redes sociais são ótimas para criar interações com outros profissionais, estabelecer ligações, etc. Essas interações geram uma maior confiança em você e no seu trabalho e isso naturalmente gera maior interação e por aí adiante.
1. Blogs – Uma excelente forma de trazer conteúdos relevantes para a sua persona sobre os mais diferentes assuntos. O ponto forte do blog é que todos os materiais ali veiculados podem ser replicados em outros locais, como nas redes sociais, o que facilita o seu poder de penetração. (E claro que você pode contar com a RedaWeb, que é especialista na produção de conteúdo para blogs)
Já Kotler, Kartajaya e Setiawan, no livro Marketing 4.0[8], dividem os objetivos do Marketing de Conteúdo em duas grandes categorias: a primeira ligada às vendas: geração de leads, vendas efetivas, cross-selling, up-selling e vendas por indicação de outros clientes”; e a segunda categoria reúne as metas relacionadas à marca: “consciência de marca, associação da marca e fidelidade/defesa da marca”.
4. Ganhar visibilidade. O Marketing de Conteúdo também é uma ferramenta e tanto para aumentar a visibilidade da sua empresa nesse universo online. Isso inclui blogs, sites, redes sociais, buscador do Google, fóruns, etc. Com um bom posicionamento nesses ambientes, você será encontrado com mais facilidade e irá aparecer para seus clientes e leads. Lembre-se sempre: “quem não é visto, não é lembrado”. Essa é uma das chaves para o sucesso em um mercado tão competitivo!
Por ejemplo, imaginemos que creas una tienda online de zapatillas y te creas una cuenta de afiliado en amazon con el identificador «zapatos». Pues en tu tienda online pones los artículos enlazados hacia Amazon pero en la url debe aparecer el id «zapatos». Por cada producto que amazon venda gracias a tus enlaces te llevarás una comisión (que dependerá del precio y del tipo de producto).

Esse cenário pode assustar em um primeiro momento, a gente sabe disso, mas a realidade é simples: a sua empresa precisa estar preparada para competir pelo seu espaço nesse universo. E o marketing digital e o marketing de conteúdo surgem como duas ferramentas poderosas para garantir o seu espaço na mente e na preferência dos consumidores. Nos últimos anos, muito tem sido falado sobre o marketing de conteúdo, seus benefícios, modelos e o caminho para o sucesso. Porém, como em qualquer área, muitas também são as dúvidas, não é mesmo?
Um gerente de mídia social irá desenvolver os seguidores, envolvê-los e mantê-los atualizados, e ajudá-los a convertê-los em clientes potenciais, fãs ativos e promotores da empresa. Deve ter conhecimento das melhores práticas e tendências no marketing de redes sociais, desfrutar de ser criativo e entender como construir e converter um público digital.
Já temos várias no Brasil e mesmo empresas que estão surgindo onde terceirizam profissionais para companhias pequenas e grandes, profissionais liberais, suporte administrativo e que prestam serviços de controle de agenda, contabilidade, compromissos, reuniões, call center, e mesmo motoboy, compras, garçom para festas corporativas e eventos diversos.

Su negocio es la publicidad nunca lo olvideis.! Os lo dice un observador del comportamiento humano , del porque de las cosas , un investigador que quiere llegar hasta el final .y un ajedrecista por aficion y devocion. Los Grandes no estan para regalar nada .Nos ponen celadas,picamos y luego nos cambian las reglas del juego. ( sera divertido o inquietante). Ahi queda
Existem determinados parâmetros utilizados para determinar a autoridade de um site. Mas, alguns conquistam um peso mais significativo dentro do SEO. O Google utiliza centenas de fatores na hora de escolher um site ou outro para ranquear melhor. Alguns fatores são conhecidos de todos os profissionais do ramo, mas vários deles somente o Google tem acesso.
Partindo da premissa de que marketing de conteúdo se baseia no desenvolvimento de um público fiel, uma nova tendência começa a ser discutida no mercado internacional. Marcas que de fato conseguem criar públicos fiéis podem vislumbrar novas formas de gerar receitas. Esse é o propósito central do livro "Killing Marketing[28]", lançado em setembro de 2017 pelos estadunideneses Joe Pulizzi e Robert Rose, fundador e diretor do Content Marketing Institute.
En cuanto al dropshipping, necesitas una tienda online donde directamente los clientes te compran a ti (con la logística que eso conlleva) y tú comprarás los productos directamente al mayorista que es quien se los envía al cliente en el nombre de tu tienda por lo que no tendrás que preocuparte de envíos ni del stock. Aquí en definitiva es como si fuera una tienda online donde solo te tienes que ocupar de vender y según el acuerdo que tengas con los proveedores podrás ganar más o menos dinero. 
×