Como isso é feito? Criar um site de conteúdo baseado na web dedicado a dicas de cabelo e as tendências de cabelo. Incluir todas as colunas e artigos sobre o cabelo que vai atrair outros gurus do cabelo para o seu site. Verifique se o seu conteúdo é repleto de informações grande. Após o seu site Web é estabelecida, entre em contato diversas lojas online de produtos de beleza e estabelecer acordos de marketing da filial. A maioria deles é feito na maioria dos casos. Isto é, se você começa com rede de empresas experientes.
Se você quiser outros exemplos, basta ver os blogs da Expedia, McDonald’s, RedBull, GoPro, entre outras empresas que usam o marketing de conteúdo como uma estratégia extremamente importante na geração de contatos e interesse sobre as marcas. É o mesmo que você imaginar uma estratégia comercial apelativa, sem vender qualquer produto. Vender sem vender.
Outra forma de ganhar dinheiro através do negócio de cosméticos está trabalhando como vendedor. Revenda significa que você vai ter a sua fonte de cosméticos diretamente da empresa de sua escolha, em seguida, vendê-lo para outras pessoas. Claro, você obter comissões para todos os produtos que você pode vender. Revenda destaca se você só trabalha em part-time na indústria de cosméticos. Você pode revender os produtos aos seus colegas de escritório em seu dia de trabalho, ou até mesmo para a família e amigos. Para se tornar um revendedor, certifique-se de escolher uma empresa de cosméticos que você gosta, e, em seguida, entrar em contato com eles através do seu website. A maioria das linhas de cosméticos também têm informações em seus sites para as pessoas que querem fazer revenda de negócios.

Pode criar diversos grupos, cada um com um assunto diferente e com nicho super específico. Você vai oferecer um serviço de assinatura do grupo, por exemplo, R$ 5,00 para participar do grupo e receber as novidades sobre o assunto daquele grupo (notícias, cursos, novas tecnologias, sites de interesse etc.). Vai funcionar como um jornal online mantendo empreendedores, professores, estudantes etc.mega informados sobre suas áreas.

Consistência é fundamental – A célebre frase “quem não aparece rapidamente é esquecido” não existe por acaso. A consistência das suas ações irá determinar o sucesso do seu negócio. Se você começa a publicar 1 artigo por semana no seu blog, é extremamente importante que mantenha essa consistência, caso contrário os seus leitores irão ficar decepcionados consigo.
Nao sao para mim suas dicas de trabalho, pois sao de grandes movimentação. Ja tenho alguns problemas com ossos, artrite artrose e etc. Seria para vendas de Market ao laine ou propagandas. No momento estou de perna para o ar com cirurgia de veias safena. Quero ser independente mas vejo que nao é o momento. Meu trabalho seria pela meu celular. Gostei das dicas, obrigada. Boa noite.
O vídeo é provavelmente o formato de conteúdo que gera mais autoridade nos dias de hoje. Se você imaginar que um conteúdo escrito, embora relevante, não tem o seu autor em primeiro plano e que um vídeo coloca você em frente ao seu potencial cliente, você provavelmente irá entender a diferença. O vídeo humaniza o seu conteúdo e o coloca numa posição de maior destaque, o que aumenta a sua notoriedade e gera uma maior confiança junto ao seu público. Vários estudos indicam que um vídeo numa página de venda de um produto aumenta em mais de 80% a intenção de compra do cliente, o que traduz bem a confiança que um vídeo pode gerar.

Com as informações em mãos, o próximo passo é pensar no processo como um todo – não somente para criar campanhas, mas para o próprio lançamento dos materiais. É comum que empresas definam a oferta antes do público. Não há nada de errado nisso, porém, quando há informações sobre a base de Leads, fica mais fácil fazer uma oferta especificamente para um público bem segmentado.
Olá, quero me tornar um afiliado, aí da não tenho nem conta em nenhuma plataforma de afiliados, porém estou estudando tudo antes de começar. Porem não gosto de aparecer, estou falando sobre o YouTube, gravar vídeos não é comigo. Ainda bem que aqui tem outras formas que descobri para divulgação. Continuarei estudando o conteúdo gratuito e colocar acara a tapa para ver o que acontece. Assim se ganhar alguma coisa com a afiliação, tomara que sim, vou ter algum dinheiro para investir no seu curso que estou muito interessada. Obrigada por compartilhar seus conhecimentos.
O conceito se baseia em gerar fidelização dos clientes e entregar informações valiosas de maneira consistente. O conteúdo é produzido pelas marcas visando aproximar-se do cliente e sanar as dúvidas/objeções e dicas ao longo do funil de vendas, mas sem intenção comercial direta, e sim educacional.[4] Pode ser publicado em diferentes formatos tanto off-line (revistas impressas, eventos presenciais etc.) como on-line (vídeos, white papers, ebooks, posts, guias, artigos, webinars etc.). Não é focado exclusivamente em vendas, em compartilhamento de conteúdo relevante e útil.

É preciso inovar no tipo de comunicação que a sua marca irá manter com sua audiência. É preciso compreender quais são os hábitos de consumo de seus potenciais clientes, conseguindo, dessa maneira, criar uma relação mais estreita com seus consumidores. A utilização desse tipo de mídia é peça chave para estratégias de marketing de conteúdo da atualidade.
Já falei anteriormente sobre o “Vender sem vender”, que é basicamente a estratégia mãe do marketing de conteúdo. Através de um conteúdo altamente relevante, além de você ajudar o seu público, você ainda conseguirá melhorar a sua autoridade e atrair potenciais clientes. Infelizmente, as redes sociais continuam sendo utilizadas por muitos profissionais da forma mais errada possível, que consiste em basicamente fazer spam em todos os grupos possíveis, tentando divulgar uma oferta milagrosa para enriquecimento rápido. Não seja essa pessoa!
É muito comum empreendedores e empresas criarem perfis em várias redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Youtube, Google+, Snapchat, Pinterest, etc.) e depois publicarem os mesmos conteúdos em todas essas redes. Isso é um erro tremendo. É o mesmo que você imaginar a General Motors, que tem as marcas Chevrolet, Opel, GMC, ACDelco, Vauxhall, OnStar, entre outras, agora começar a produzir todos os carros iguais, mas simplesmente com marcas diferentes. Isso faz sentido?
Por supuesto, si quieres basar tu modo de vida en vivir de los ingresos por tiendas de afiliación ya habría que tomárselo más en serio para generar un sueldo mensual (eligiendo un buen nicho, creando una buena web o varias, buen contenido constante, SEO, redes sociales, etc.). Todo depende del grado de compromiso que pongas y tu afán por hacer las cosas cada vez mejor.
Aprender o básico em informática é imprescindível nos dias de hoje. Procure uma escola de computação registrada e séria que ofereça cursos rápidos sobre como navegar na internet. Algumas oferecem cursos de online commerce e ensinam como fazer a divulgação do produto ou marca, seja nas redes sociais ou usando outras ferramentas, bem como criar uma extensa network, que facilitará o desenvolvimento de seu negócio. Talvez você desenvolva uma tarefa que não precise sequer usar o computador, mas é bom entender de recibos, contratos, orçamentos, contabilidade para organizar e tocar seu negócio de forma que saiba se virar quando precisar.
Discordo completamente de quem pensa isto. O e-mail marketing continua sendo uma das principais fontes de conversão em vendas das minhas ações de marketing digital e é uma ferramenta extremamente poderosa de persuasão, comunicação e conversão. Naturalmente, uma boa estratégia de e-mail marketing prevê uma boa segmentação do público-alvo. Tal como em qualquer outra ação de marketing digital, a segmentação é o segredo para a conversão. Não faz sentido enviar um conteúdo sobre programas de afiliados para um subscritor que está interessado em saber como criar um blog. Essa segmentação é fundamental para que os resultados sejam realmente eficazes.
Parabéns Alex,sempre com conteúdo que nos faz abrir os olhos pra novas possibilidades. Trabalhar como afiliado é fantástico pq primeiro você começa a vender produtos de outras pessoas, só que ao longo do tempo você vai percebendo que também tem um certo conhecimento e que pode transmitir esse conhecimento de várias formas e gerar ainda mais vendas. Ser afiliado é uma excelente opção para começar.

Agora você já sabe que deixar de investir e apostar no marketing de conteúdo é tornar-se invisível diante do seu mercado-alvo. E quem irá tirar proveito dessa situação, com certeza, serão os seus concorrentes, que irão se destacar e conquistar o seu espaço. Portanto, conhecer a sua persona, desenhar uma estratégia bem estruturada e começar a colocar em prática, sempre medindo os resultados, são os primeiros passos para trilhar um caminho rumo ao sucesso.
As landing pages são uma ferramenta extraordinária de comunicação e geração de leads. Muito comuns nos dias de hoje, as landing pages permitem não só que você comunique um determinado produto ou serviço da sua empresa, como também as utilize numa estratégia de geração de leads. Em ambos os casos, as landing pages podem ser vistas quase como infográficos em versão web, onde você poderá abordar diferentes conteúdos e ajudar o seu público a entender determinados assuntos, por exemplo.
O autor Hugh Hewitt estava coberto de razão em sua obra “Blog: Entenda a Revolução: o século XXI é o século da Internet”. Em 2007, quando a obra foi lançada, a produção de conteúdo ainda não havia alavancado com tanta força como hoje. Limitações técnicas, como baixa velocidade oferecida pelos provedores, conexões à internet menos acessíveis às massas ...
¡Hola Juanjo! Realmente es muy complicado hacer un cálculo aproximado, ya que depende del tipo de negocio y enfoque que quieras darle. Hay páginas web que requieren muy poca inversión y otras que requieren mucho. El tráfico pagado es una opción, pero es cierto que también se puede conseguir tráfico orgánico con una buena estrategia de SEO 😉 ¡Un saludo!
La técnologia me encanta y pensé en hacer algo relacionado…..Actualmente llevo las redes sociales (Facebook y Google plus) de 4 PYMES (sectores empresariales distintos) y 3 mantenimientos webs de estas empresas (posicionamiento SEO). Las páginas las hice yo mismo usando portales con plantillas…Estas webs no necesitan tienda online, sólo tiene importancia el carácter informativo. Las publicaciones las creo yo usando photoshop y un editor de videos….
As landing pages são uma ferramenta extraordinária de comunicação e geração de leads. Muito comuns nos dias de hoje, as landing pages permitem não só que você comunique um determinado produto ou serviço da sua empresa, como também as utilize numa estratégia de geração de leads. Em ambos os casos, as landing pages podem ser vistas quase como infográficos em versão web, onde você poderá abordar diferentes conteúdos e ajudar o seu público a entender determinados assuntos, por exemplo.
1. Autoridade e visibilidade: Todo mundo quer ser encontrado por seus clientes na internet, não é mesmo? Hoje, a web é a principal fonte de informação para muitas pessoas. Ao produzir conteúdos relevantes e que vêm ao encontro das necessidades e objetivos da sua audiência, você facilita esse processo, conquista autoridade naquele assunto, tornando-se uma importante fonte de referência, e ganha visibilidade no mercado. Tudo o que a sua empresa deseja e precisa, correto?
Responsabilidade e atribuição de tarefas – Costuma-se dizer que “um cão com dois donos passa fome”. Isso acontece porque cada um dos donos acha que o outro fez o trabalho de alimentar o cão. Isto significa que se não existir alguém responsável pela tarefa de produção de conteúdo, seja ela gravar um vídeo ou escrever um texto para o blog, essa tarefa não vai ser cumprida. Simples assim.
Por ejemplo, imaginemos que creas una tienda online de zapatillas y te creas una cuenta de afiliado en amazon con el identificador «zapatos». Pues en tu tienda online pones los artículos enlazados hacia Amazon pero en la url debe aparecer el id «zapatos». Por cada producto que amazon venda gracias a tus enlaces te llevarás una comisión (que dependerá del precio y del tipo de producto).

A verdade é que o Marketing de Conteúdo chegou para ficar. Se a sua empresa ainda não parou para refletir e desenhar as suas estratégias, você está perdendo tempo. Hoje, as pessoas querem mais do que consumir produtos, elas querem engajar com marcas que estão ali para ajudá-las quando necessário, querem falar e ser ouvidas, querem empresas responsáveis, verdadeiras e que transmitem confiança nas suas relações.
Geralmente, criar ferramentas exige uma infraestrutura um pouco maior, pois você vai precisar contar com a ajuda de um profissional que saiba de programação. Em compensação, dificilmente sua ferramenta será copiada, já que é mais complicado reproduzir esse tipo de conteúdo do que um post, por exemplo. Isso torna as ferramentas uma bela forma de diferenciação.
Certifique-se de digitar tema de propriedade e, logo depois, melhorá-lo com links afiliados. Considere tuas ligações da filial como recursos para seus freguêses que tornarão menos difícil para eles adquirir o produto ou serviço que você francamente orientar. Se a sua avaliação do artefato for raso e deixar claro que você não tem realmente experiência pessoal com o item, ninguém vai clicar em seus hiperlinks – não importa quantos você postar!
Essas dicas são muito úteis mas não saia despreparado jogando informações na mesa. Personalize seus argumentos e adote a linguagem que o seu líder usa para convencê-lo. Coloque-se no lugar dele ao escolher argumentos que farão sentido. Case os objetivos que a empresa quer atingir com os conteúdos que serão abordados na produção de conteúdo. Mas o que falar? Nos conteúdos da Resultados Digitais sempre ressaltamos para nossos clientes vários pontos importantes, mas o que é mais frequentemente usado é: o Marketing de Conteúdo é um ativo permanente, explique para direção da empresa que quando você produz e publica conteúdo o benefício que ele traz, ou melhor o ROI, é de longa duração.
×