Se você for aquela empresa que a ajudou em uma hora de dúvida ou indecisão, que trouxe a informação correta quando ela precisava, que esteve ali disposta a atendê-la, são grandes as chances de sua marca ser a escolhida em uma tomada de decisão de compra. E o Marketing de Conteúdo também ajuda a motivar uma venda. Quer exemplos? Que tal trabalhar cases e depoimentos de clientes? Explorar as vantagens dos seus produtos e/ou serviços em vídeos e imagens? Já pensou nisso?
Planeje as ações: organize uma agenda de postagens e envolva a equipe na execução. Além de economizar, nada melhor que a própria equipe que conhece melhor as especificidades do produto e do mercado para falar muito bem sobre temas que são atraentes para seu público alvo. Assim você também consegue diluir os custos de contratação de um profissional exclusivo para redação de conteúdos. Veja nosso exemplo, aqui na Resultados Digitais, grande parte da equipe se envolve na criação de conteúdo, cada área possui um responsável pela entrega de um post mensal respeitando a agenda determinada pelo Marketing.
É aqui que o marketing de conteúdo entra. Produzir conteúdos para as redes sociais não necessariamente significa entretenimento. As redes sociais são hoje utilizadas como principal meio de comunicação quando o objetivo é consumir conteúdo, encontrar informação ou simplesmente divertir-se. A sua presença e o seu posicionamento nas redes sociais deverá refletir aquilo que você pretende alcançar em sua via profissional, ou seja, se você tiver uma presença profissional, compartilhar conteúdos profissionais, escrever conteúdos interessantes que ajudem a sua audiência, etc., isso irá dar a você um posicionamento profissional nessa área de negócio.

Com as informações em mãos, o próximo passo é pensar no processo como um todo – não somente para criar campanhas, mas para o próprio lançamento dos materiais. É comum que empresas definam a oferta antes do público. Não há nada de errado nisso, porém, quando há informações sobre a base de Leads, fica mais fácil fazer uma oferta especificamente para um público bem segmentado.


O vídeo é provavelmente o formato de conteúdo que gera mais autoridade nos dias de hoje. Se você imaginar que um conteúdo escrito, embora relevante, não tem o seu autor em primeiro plano e que um vídeo coloca você em frente ao seu potencial cliente, você provavelmente irá entender a diferença. O vídeo humaniza o seu conteúdo e o coloca numa posição de maior destaque, o que aumenta a sua notoriedade e gera uma maior confiança junto ao seu público. Vários estudos indicam que um vídeo numa página de venda de um produto aumenta em mais de 80% a intenção de compra do cliente, o que traduz bem a confiança que um vídeo pode gerar.
Desenhar uma estratégia de marketing de conteúdo é um desafio para muitos empresários. Vivemos em um mundo cada vez mais digital, isso é fato e precisa ser sempre lembrado na hora de traçar o seu planejamento. Nesse universo, as pessoas acessam informações e conteúdos das mais variadas formas, no seu tempo e de acordo com as suas necessidades. Por outro lado, novas marcas e novos produtos surgem todos os dias, todos competindo para construir uma boa imagem e entrar na cabeça dos possíveis clientes.
Marketing de conteúdo é o processo de criar, publicar e promover conteúdos personalizados para seu cliente[1], esse é um método de marketing que se baseia na formação de um público fiel por meio da criação e compartilhamento de conteúdo. A definição mais utilizada em âmbito global é a de autoria do estadunidense Joe Pulizzi, fundador do Content Marketing Institute:
Olá. Eu estou estudando já ha algum tempo a possibilidade de abrir um e-commerce voltado para a área de decoração. Uma coisa que sinto falta é sobre como conquistar parceiros para o negócio e como encontrar fornecedores dos produtos. Tenho encontrado mas a explanação é sempre superficial a respeito dos temas descritos. Tem alguma ideia ou dica para passar? Serve até como tema para posts futuros.
Se você quiser outros exemplos, basta ver os blogs da Expedia, McDonald’s, RedBull, GoPro, entre outras empresas que usam o marketing de conteúdo como uma estratégia extremamente importante na geração de contatos e interesse sobre as marcas. É o mesmo que você imaginar uma estratégia comercial apelativa, sem vender qualquer produto. Vender sem vender.

Outro grande pilar do Marketing de Conteúdos é a criação e difusão de peças gráficas nos blogs e nas redes sociais. Tais conteúdos se encontram entre os mais compartilhados em Social Media já que são muito mais atraentes visualmente. Entre os conteúdos que podemos criar, podemos incluir infográficos, criar GIFs, usar fotografias, ilustrações e imagens com texto.
3. Fornecer o índice fresco. Seu site deve ser continuamente atualizado se você espera que seus visitantes para manter a voltar. Seu site deve ter conteúdo útil, bem como ferramentas que vão ajudar o seu público-alvo. Faça seu site como fácil de navegar quanto possível, e ter certeza de que suas ligações trabalhar da forma que deveriam. Não há nada que frustra as pessoas mais do que um website "quebrado", e uma vez que seu site tem sido rotulado como tal, as chances são pequenas que muitas pessoas vão querer voltar.
Mesmo que todo profissional de marketing entenda que quando se escreve com qualidade sobre o seu ramo de atuação é possível transmitir informação relevante aos visitantes, ganhar novas oportunidades de negócio, passar a ser referenciado como uma autoridade no assunto e, claro, criar e estreitar o relacionamento com a sua base de contatos, isso nem sempre fica claro para a liderança da empresa. Mesmo que não faltem motivos para encarar o Marketing de Conteúdo como um dos pilares do sucesso no Marketing Digital, ainda assim você precisa justificar seu valor.
Analisar o mercado antes de produzir conteúdo – Logicamente você terá uma ideia sobre o que escrever, mas não seria interessante validar essa ideia no mercado e entender se os seus potenciais clientes realmente se interessam por isso? Nem sempre aquilo que você pensa ser um bom conteúdo, realmente o é. Faça uma pesquisa de mercado através do Google ou através do Google Keyword Planner para entender o que o mercado realmente pesquisa.
8. Trabalhar com seus clientes no pós-venda. Você acha que o relacionamento com o seu cliente acaba com o fechamento da venda? Aí que você se engana. A fidelização de um cliente e a sua recorrência são fundamentais para o faturamento da empresa e impactam muito nos seus resultados. Um cliente satisfeito e feliz tem mais chances de retornar, além de recomendar a sua marca para outras pessoas.
Esses ponteiros não será sempre que você obtenha o serviço speedy que você merece, mas certamente pode ajudar. Marketing da filial é um dos mais fáceis de operar os negócios, porque você não tem que mexer com toda a papelada e meia. Este artigo é apenas uma pequena amostra do que é preciso para ser uma filial do operador negócio em casa. Existem muitos programas disponíveis para ajudá-lo como espero que este artigo esclarece as suas dúvidas. Se você tem mais, você sabe para onde ir.

3. Vantagem em relação aos concorrentes: Esse é o sonho de todo empresário, não é? Em um mercado cada vez mais concorrido, ao trazer um conteúdo de fato pensado para sanar as dúvidas e dores dos seus possíveis clientes, você conquista a sua confiança e uma grande vantagem competitiva. Afinal, quando precisar de um novo produto ou serviço, aquela pessoa, provavelmente, irá procurar primeiro a sua empresa, pois já tem uma imagem positiva construída na sua cabeça e sabe que você está ali para ajudá-la. Com uma marca forte e estabelecida na mente dos seus possíveis clientes, tudo fica mais fácil.
Se precisar exemplifique, mostre como fica mais fácil ser reconhecido como uma autoridade em um assunto quando você produz conteúdos autorais e de qualidade, apresente casos de grandes referências que chegaram lá por produzir conteúdo. No blog do RD Station, temos uma série de exemplos de clientes onde trazemos alguns casos muito legais, confira nesse link onde comentamos casos de clientes que criaram conteúdos ricos de maneira fácil e que deram resultado, uma mãozinha a mais para você demonstrar de maneira prática que o Marketing de Conteúdo gera resultado.
Por fim, no fundo do funil, a pessoa está em um estágio de avaliação para tomar uma decisão de compra. É nesse momento que você deve oferecer mais informações para ajudá-la a decidir pelo seu produto e/ou serviço. Cases de clientes e demonstrações do produto são fundamentais nessa fase. Esse é o momento de falar da sua empresa, de mostrar as suas vantagens, de compará-lo com a concorrência e destacar os seus pontos fortes.
Escribe y comercializa un blog. Crea una bitácora digital y aliméntala constantemente –sin importar el tema que abordes– de contenido original y relevante para tu audiencia meta. Promociona tu contenido a través de redes sociales, con enlaces que remitan a tu sitio para generar tráfico. Comercializa espacios publicitarios para empresas interesadas en el segmento al que te diriges y también inserta en tu blog publicidad contextual, como AdSense de Google.

5. Estar presente de diversas formas na vida do seu cliente. O bom do Marketing de Conteúdo é que ele traz diversas formas de interagir e entregar conteúdo de qualidade às pessoas: blogs, redes sociais, e-mail marketing, SEO, e-books, webinars, podcasts e por aí vai. Ou seja, você tem múltiplas possibilidades de impactar e estar presente no dia a dia do seu público-alvo.
1. Otimizar seu site para os motores de busca. Os sites de maior sucesso na internet são os mais visíveis. Agora, existem várias maneiras de conseguir maior visibilidade na internet, mas o método mais importante é a de search engine optimization. Os detalhes são demasiado técnicos para discutir aqui, mas o propósito de Search Engine Optimization (SEO) é ajudar o seu site alcançar um maior rankings nos motores de busca. Se você já usou um motor de busca, você vai notar que qualquer pesquisa palavra-chave particular retornará milhares, senão milhões de resultados. A maioria das pessoas não vai incomodar a navegar através de todos esses resultados, eles vão preferir olhar para os sites já exibidas. Estatisticamente falando, os sites listados na primeira página de resultados vai reunir a maior quantidade de tráfego, colocando esses sites em melhor posição para ganhar dinheiro.
De todos os tipos de ações de marketing de conteúdo que existem, esta é uma das mais complexas. Muitas vezes a criação de ferramentas exige a criação de um design e, posteriormente, o desenvolvimento da aplicação web ou mobile, o que provavelmente será um investimento muito alto. No entanto, caso você tenha essa possibilidade, é uma excelente forma de você entregar algo realmente útil para os seus clientes e com isso gerar uma base de dados de leads extremamente rica e com um potencial tremendo.
Um dos principais resultados de uma boa estratégia de marketing de conteúdo é a geração de tráfego orgânico. Se você já estudou SEO (Search Engine Optimization), provavelmente sabe da importância de produzir bons conteúdos. Se você produzir conteúdos realmente muito bons, não só eles irão gerar links orgânicos de qualidade para o seu site, como também terão um impacto positivo na captação de tráfego por meio das redes sociais. Naturalmente, bons conteúdos geram links e compartilhamentos nas redes sociais e isso tenderá a ajudar o seu site a ganhar uma maior visibilidade nas páginas de resultados orgânicos de motores de pesquisa.
Uma das grandes confusões em torno do tema marketing de conteúdo atrela-se ao conteúdo a produzir. Há profissionais ou empresas que acham que marketing de conteúdo significa escrever sobre o que as suas empresas fazem, as vantagens dos seus produtos, o quão fantásticas elas são, etc. Na realidade, o marketing de conteúdo é o oposto disso. É escrever sobre as dores do seu cliente, as suas dificuldades, entregar um conteúdo incrível sobre um determinado tema. Tudo isto sem pedir rigorosamente nada em troca.

Not all content that the Library has archives for is currently available through the Library’s website. Limitations affecting access to the archived content include a one-year embargo period for all content in the archive. Content outside of the embargo period is updated and made available regularly. For more information visit the Web Archiving Program | For Researchers page.

Segmentação é o segredo – Sem uma boa segmentação da sua base de dados, principalmente por interesses, você estará basicamente a fazer como as empresas que anunciam na televisão para qualquer público. Seria o mesmo que enviar uma mensagem para qualquer pessoa, sem entender se essa pessoa está realmente interessada no assunto ou não. Sendo assim, a taxa de conversão será miserável.


Por último, mas não menos importante, as plataformas sociais não devem ser vistas somente como um meio de difusão e sim como um canal de interação. Relações duradeiras são construídas através do diálogo, então, não se esqueça de interagir com a sua audiência fazendo comentários, respondendo mensagens e dando “likes” sempre que você ache que merece.
Criar conteúdo de sucesso para as redes sociais, seja por meio de vídeos, posts ou links que levem os consumidores até o seu site, é essencial para que as pessoas conheçam melhor a sua marca. Em muitos casos, você consegue alcançar um público que antes nem ao menos imaginava que pudesse se interessar pelo seu tipo de negócio. E, o melhor, com um post de sucesso nas redes sociais, os consumidores podem até mesmo virar fãs da sua marca.
Partindo da premissa de que marketing de conteúdo se baseia no desenvolvimento de um público fiel, uma nova tendência começa a ser discutida no mercado internacional. Marcas que de fato conseguem criar públicos fiéis podem vislumbrar novas formas de gerar receitas. Esse é o propósito central do livro "Killing Marketing[28]", lançado em setembro de 2017 pelos estadunideneses Joe Pulizzi e Robert Rose, fundador e diretor do Content Marketing Institute.
Com tamanha abordagem, diversas agências se especializaram nesta vertente. Ao juntar diferentes profissionais, estas alcançam entregas completas e resultados eficazes em múltiplos formatos. Em agências de conteúdo pode-se encontrar fotógrafos, produtores, programadores, jornalistas, redatores e diretores de arte, quem em sua soma constroem pluralidade.[5]
Olá, Valéria!!! Adorei seu post, e fiquei até mais entusiasmado em montar meu próprio negócio virtual. A idéia que gostaria de receber mais dicas é sobre o que comprar e como comprar com segurança da China ou EUA produtos eletro-eletrônicos de grande procura. Moro em uma pequena cidade do interior de Minas e aqui a atividade econômica é agropecuária, principalmente cafeicultura e leite.

Certamente o marketing de conteúdo é a melhor estratégia para fidelizar seus leitores, conquistar maior autoridade e credibilidade, e, assim, melhor desenvolver os seus negócios no mundo online. Quando você cria um blog é preciso saber qual conteúdo criar para ele. E, para a sua empresa sair à frente, deverá encontrar meios de produzir um conteúdo, que dificilmente seja esquecido pelos usuários.
La última situación que se me planteó, es que quería hacer una prueba de página gratis, antes de empezar a pagar y mandarme todos los errores típico de la inexperiencia, pero vi que la mayoría de los lugares en donde se crean las paginas, no puedes darte de baja, yo queria eliminar la cuenta gratuita para iniciar con la paga, asi la otra no quedaba dando vueltas en la inmesidad de internet sin vida; bueno…conoces alguna plataforma que se pueda dar la baja sin inconvenientes?? y que recomiendas como gratuito y pago web, dominio, hosting, etc….si dije algo que no tiene sentido, disculpas, recien inicio =)
Esses ponteiros não será sempre que você obtenha o serviço speedy que você merece, mas certamente pode ajudar. Marketing da filial é um dos mais fáceis de operar os negócios, porque você não tem que mexer com toda a papelada e meia. Este artigo é apenas uma pequena amostra do que é preciso para ser uma filial do operador negócio em casa. Existem muitos programas disponíveis para ajudá-lo como espero que este artigo esclarece as suas dúvidas. Se você tem mais, você sabe para onde ir.
Você está pronto para começar a trabalhar? Bem, vamos chegar a ele, então! Como uma filial, o seu principal objetivo é vender os produtos e serviços oferecidos pelos comerciantes seu parceiro. A menos que você pode fazer isso, você nunca pode esperar para fazer uma quantidade significativa de dinheiro com marketing afiliado programas. Ok, é isso! Brincando. Assim como você aumentar as vendas? Todas as coisas são iguais, você vai precisar aumentar o seu tráfego de site antes que você pode experimentar mais vendas. Pela lei das probabilidades, mais as pessoas estão cientes dos produtos que você está oferecendo, os produtos mais você vai vender. É justo que pessoas simples, é um jogo de números.
Por supuesto, si quieres basar tu modo de vida en vivir de los ingresos por tiendas de afiliación ya habría que tomárselo más en serio para generar un sueldo mensual (eligiendo un buen nicho, creando una buena web o varias, buen contenido constante, SEO, redes sociales, etc.). Todo depende del grado de compromiso que pongas y tu afán por hacer las cosas cada vez mejor.
Marketing de afiliados do seu blog poderá ser uma excelente forma de gerar fundos, todavia a sua inteligência de ganhar dinheiro com as oportunidades depende somente da particularidade do assunto do teu blog. O tema inovador que é atualizado com periodicidade é a chave para levar os leitores ao teu website ou website. Mantenha tuas afiliações no blog diretamente ligadas ao assunto que você disponibiliza, e seus leitores leais entenderão que usar seus links de referência irá apoiar seus valiosos serviços.
×