Mark é uma pessoa de confiança no negócio de marketing on-line. A razão que eu levei um tempo para baixar o seu livro é que eu sei que ele é um dos caras bons em volta. Ele lutou um trabalho muito em um salário baixo, antes que ele construiu seu primeiro website na década de 1990. Quando ele recebeu sua primeira filial salário de renda, ele sabia que era isso. Ele continuou a construir mais e mais sites, e começou a ganhar muito. Sua renda em linha alcançou seis números.
Basta dar uma analisada nas empresas que estão utilizando Marketing de Conteúdo hoje. Aqui na Resultados Digitais, por exemplo, o conteúdo é o foco. É com materiais educativos e com o nosso blog de Marketing Digital que atraímos nossos clientes, ensinamos nossa metodologia e continuamos um relacionamento após a compra para que eles continuem conosco.
Criar conteúdo de sucesso para as redes sociais, seja por meio de vídeos, posts ou links que levem os consumidores até o seu site, é essencial para que as pessoas conheçam melhor a sua marca. Em muitos casos, você consegue alcançar um público que antes nem ao menos imaginava que pudesse se interessar pelo seu tipo de negócio. E, o melhor, com um post de sucesso nas redes sociais, os consumidores podem até mesmo virar fãs da sua marca.
5. Estar presente de diversas formas na vida do seu cliente. O bom do Marketing de Conteúdo é que ele traz diversas formas de interagir e entregar conteúdo de qualidade às pessoas: blogs, redes sociais, e-mail marketing, SEO, e-books, webinars, podcasts e por aí vai. Ou seja, você tem múltiplas possibilidades de impactar e estar presente no dia a dia do seu público-alvo.
Alex , estou desempregado, a tempos, sou sozinho e o desespero chegou. Estou sem credito, moro em casa alugada, e ja devo 8 meses e estou pra ser despejado e minha situação chega a ser desesperadora. Estou sem credito, sem dinheiro e ja assisti de tudo na internet e tenho medo e não tenho recursos pra poder pagar um curso. Como vc falou que seu cursos eh garantido, mas preciso fazer alguma coisa urgente. Ja mandei inúmeros currículos e não tenho condições de trabalhar ate pelos meus problemas físicos. Como pode me ajudar?
Então um dia uma decisão ruim de sua parte, marca levou a tudo perder ele representava. Sua renda de seis números despencaram e ele caiu para a dívida. Ele aceitou um emprego em um centro de contato. Mas, como ele olhou em volta, ficou claro para ele que deve haver uma maneira melhor – ele não vai desistir. Ele mais uma vez assumiu marketing afiliado e decidiu dar-lhe uma vez última tentativa. E é história. Ele agora é um comerciante da filial que ganha em sete figuras e começa a compartilhar suas técnicas, procedimentos e métodos com pessoas em todo o mundo.
Já falei anteriormente sobre o “Vender sem vender”, que é basicamente a estratégia mãe do marketing de conteúdo. Através de um conteúdo altamente relevante, além de você ajudar o seu público, você ainda conseguirá melhorar a sua autoridade e atrair potenciais clientes. Infelizmente, as redes sociais continuam sendo utilizadas por muitos profissionais da forma mais errada possível, que consiste em basicamente fazer spam em todos os grupos possíveis, tentando divulgar uma oferta milagrosa para enriquecimento rápido. Não seja essa pessoa!
Esse blog, somado ao FNO e o canal no Youtube é muito conteúdo de qualidade. Estou Na parte do curso que envolve postar regularmente e trabalhar o SEO, acabei me programando para dedicar vários dias seguidos para criar e agendar postagens futuras. Assim fico mais focado em apenas uma atividade. Depois de vários artigos agendados posso mudar meu foco para outras atividades diferentes (isca digital, preparar meu futuro canal, etc).
E em todas essas ferramentas, o que realmente importa? O CONTEÚDO! Quanto mais qualificado e aprofundado ele for, melhor. Você precisa, além de cativar o seu cliente ou lead, de fato ajudá-lo no seu dia a dia. Dessa forma, ele irá consumir mais seus materiais, visitar seu blog, participar dos seus webinars, baixar seus e-books, seguir as suas redes sociais... Iniciando assim a sua jornada com a sua marca e empresa, até sentir-se seguro para a compra.
Na próxima etapa, o meio do funil, esse possível cliente já descobriu um problema e está atrás de possíveis soluções, ou seja, um passo a mais no processo de decisão de compra. Nesse momento, o conteúdo deve se manter informativo, mas trazendo soluções sem falar demais da sua empresa. Uma boa alternativa é capturar os dados dessa pessoa, como por meio de um formulário, oferecendo algo em troca, como um e-book ou um webinar. Ao levantar esses dados, você pode iniciar um trabalho de qualificação dessa pessoa e estreitar o relacionamento.
×