Com as informações em mãos, o próximo passo é pensar no processo como um todo – não somente para criar campanhas, mas para o próprio lançamento dos materiais. É comum que empresas definam a oferta antes do público. Não há nada de errado nisso, porém, quando há informações sobre a base de Leads, fica mais fácil fazer uma oferta especificamente para um público bem segmentado.

Agora você já sabe que deixar de investir e apostar no marketing de conteúdo é tornar-se invisível diante do seu mercado-alvo. E quem irá tirar proveito dessa situação, com certeza, serão os seus concorrentes, que irão se destacar e conquistar o seu espaço. Portanto, conhecer a sua persona, desenhar uma estratégia bem estruturada e começar a colocar em prática, sempre medindo os resultados, são os primeiros passos para trilhar um caminho rumo ao sucesso.


Existem determinados parâmetros utilizados para determinar a autoridade de um site. Mas, alguns conquistam um peso mais significativo dentro do SEO. O Google utiliza centenas de fatores na hora de escolher um site ou outro para ranquear melhor. Alguns fatores são conhecidos de todos os profissionais do ramo, mas vários deles somente o Google tem acesso.
Marketing de conteúdo leva tempo – Um dos principais erros que a grande maioria dos profissionais e empresas cometem é não darem tempo ao marketing de conteúdo. Se você acredita que começa hoje a escrever conteúdo no seu blog e amanhã começa a receber milhares de visitas do Google, deixe-me avisá-lo de que isso não vai acontecer! Marketing de conteúdo leva tempo, é exigente e naturalmente é preciso uma boa dose de paciência.

Agora que você já entendeu que inbound marketing e marketing de conteúdo caminham juntos, é preciso aprender como fazer, na prática, o marketing de conteúdo.  E a relação cliente versus empresa está completamente diferente de alguns anos atrás. Antigamente, o foco não estava totalmente no digital, fazendo com que empresas e colaboradores estivessem presentes de maneira física. Ou seja, efetuando visitas e telefonemas de maneira mais ativa.

Um dos temas muitas vezes debatidos entre os fãs da publicidade e os fãs do inbound marketing é a eficácia de cada uma dessas estratégias. Como provavelmente você sabe, anúncios permitem que você coloque seus produtos ou serviços na frente de milhares de pessoas por um custo baixo, sem necessidade de um trabalho extra. No entanto, o inbound marketing defende que a criação de conteúdos relevantes para o seu público não só ajuda você a tornar-se uma autoridade em seu nicho de mercado, como isso ajuda você a converter drasticamente mais em suas ações publicitárias.
Com tamanha abordagem, diversas agências se especializaram nesta vertente. Ao juntar diferentes profissionais, estas alcançam entregas completas e resultados eficazes em múltiplos formatos. Em agências de conteúdo pode-se encontrar fotógrafos, produtores, programadores, jornalistas, redatores e diretores de arte, quem em sua soma constroem pluralidade.[5]
Com conteúdos relevantes, a sua empresa estabelece uma relação de confiança e se faz presente em diversas etapas da vida do seu consumidor. Você já se colocou no lugar do seu cliente? Ele pode contar com a sua empresa para resolver problemas do dia a dia e consumir informação realmente valiosa? Assim, torna-se mais fácil fazer com que ele engaje com a sua marca. E isso nos leva ao próximo ponto.

A grande vantagem do marketing de conteúdo é que, dependendo do tipo de conteúdo que você escreve, ele pode gerar um tráfego orgânico perpétuo ao longo do tempo, o que significa atrair potenciais clientes para o seu negócio ao longo de vários meses ou anos. Imagine publicar 30 artigos no site da sua empresa ou no seu blog pessoal, que possam atrair mensalmente 5 a 10 novos clientes todos os meses. O custo de aquisição de cada um desses clientes, ao longo do tempo, irá reduzir drasticamente, porque o seu investimento já foi realizado lá no início quando você produziu a peça de conteúdo, entendeu?
EXCLUSIÓN DE RESPONSABILIDAD: Este video y descripción pueden contener enlaces de afiliado, lo que significa que si hace clic en uno de los enlaces del producto, recibiré una pequeña comisión. Esto ayuda a respaldar el canal y nos permite continuar creando videos para ustedes. ¡Gracias por el apoyo! Además, tenga en cuenta que los resultados variarán. No soy un asesor financiero y cualquier cosa que diga en éste canal no debe ser tomada como una asesoría financiera. Sólo estoy compartiendo mi opinión basada en especulaciones y en mi experiencia personal. Debes entender que el invertir siempre conlleva un riesgo. Siempre debes realizar tus propias investigaciones antes de realizar cualquier inversión.
8.	Trabalhar com seus clientes no pós-venda. Você acha que o relacionamento com o seu cliente acaba com o fechamento da venda? Aí que você se engana. A fidelização de um cliente e a sua recorrência são fundamentais para o faturamento da empresa e impactam muito nos seus resultados. Um cliente satisfeito e feliz tem mais chances de retornar, além de recomendar a sua marca para outras pessoas.

Entender o funil de vendas é muito importante para ser mais assertivo na hora de desenhar as suas estratégias de marketing de conteúdo e colocá-las em prática. É fundamental compreender em qual etapa do funil cada pessoa se encontra. Só assim a sua empresa alcançará os melhores resultados, pensando no material ideal para cada momento da jornada de compra. Afinal, acima de tudo, o seu conteúdo precisa ser eficiente, não é mesmo?
Os autores propõem, uma nova abordagem para o marketing de conteúdo, na qual os departamentos de marketing deixam de ser um mero suporte para vendas e se transformem em geradores de receita. Embora poucas empresas até agora tenham conseguido atuar dessa maneira — como Lego, Red Bull e Disney —, o livro prevê que o modelo de negócios de empresas de mídia, produtos e serviços seja hoje muito parecido. Isso significa que empresas de mídia possam vender produtos ou serviços, bem como empresas de produtos ou serviços possam monetizar seus públicos. Joe Pulizzi, um dos autores, explicou o propósito apresentado no livro da seguinte maneira:

Caso você não tenha entendido a diferença, atente-se, por exemplo, o meu percurso profissional. Quando comecei meu primeiro blog de conteúdo lá em 2008, eu era tudo menos conhecido nesse mercado. Na realidade, naquela altura ninguém falava sobre marketing de conteúdo ou inbound marketing. Esses termos ainda eram uma miragem naquela altura. No entanto, foi através da produção de conteúdos em texto (artigos e tutoriais) e vídeo (aulas, webinários, palestras, etc.) que eu me posicionei como um especialista em marketing digital, sem que na verdade tenha de alguma forma publicitado essa característica profissional. O próprio mercado, ao longo dos anos e através dos conteúdos que eu produzia, foi determinando que eu era um especialista em Marketing Digital e Marketing de Afiliados, os dois temas que eu mais abordei ao longo dos últimos 10 anos.


Mark é uma pessoa de confiança no negócio de marketing on-line. A razão que eu levei um tempo para baixar o seu livro é que eu sei que ele é um dos caras bons em volta. Ele lutou um trabalho muito em um salário baixo, antes que ele construiu seu primeiro website na década de 1990. Quando ele recebeu sua primeira filial salário de renda, ele sabia que era isso. Ele continuou a construir mais e mais sites, e começou a ganhar muito. Sua renda em linha alcançou seis números.
Lanza una plataforma de pago vía Internet para terceros. Desarrolla el software que permita a tus clientes –negocios u organizaciones no lucrativas– recibir pagos o donativos vía tarjetas de crédito y débito las 24 horas. El software disponible debe de ser seguro y de fácil implementación. Tu negocio consiste en cobrar una comisión por cada transacción mientras permites al usuario final hacer el desembolso sin costo adicional.
Analisar o mercado antes de produzir conteúdo – Logicamente você terá uma ideia sobre o que escrever, mas não seria interessante validar essa ideia no mercado e entender se os seus potenciais clientes realmente se interessam por isso? Nem sempre aquilo que você pensa ser um bom conteúdo, realmente o é. Faça uma pesquisa de mercado através do Google ou através do Google Keyword Planner para entender o que o mercado realmente pesquisa.
×