A verdade é que o Marketing de Conteúdo chegou para ficar. Se a sua empresa ainda não parou para refletir e desenhar as suas estratégias, você está perdendo tempo. Hoje, as pessoas querem mais do que consumir produtos, elas querem engajar com marcas que estão ali para ajudá-las quando necessário, querem falar e ser ouvidas, querem empresas responsáveis, verdadeiras e que transmitem confiança nas suas relações.
Muitas empresas criam ferramentas simples para auxiliar os seus potenciais clientes. Isso é uma estratégia fantástica de marketing de conteúdo, porque além de servir como forma de gerar leads, essa ferramenta resolve um problema ao utilizador. Um dos melhores exemplos é a ferramenta Make My Persona, criada pelo HubSpot, por exemplo. É uma ferramenta extremamente simples, mas que auxilia qualquer profissional na criação de uma persona.
Lembre-se de ser educado. Tenha em mente que a equipe de apoio é composto por seres humanos - eles certamente não irão apreciar se você maltratar eles. Nunca insultá-los, nunca use palavrões. Se você quiser que o seu problema a ser resolvido, é melhor para manter a sua paz e agir civilizadamente. Apesar do que você pode pensar, você é apenas um de seus clientes - se reservam o direito de suspender seus serviços a você sempre que quiserem.

A forma como os seus potenciais clientes interagem com os seus conteúdos, determina parte do valor da sua marca. Conteúdos altamente relevantes geram maior interação, enquanto que conteúdos menos interessantes geram menor interação e naturalmente menos compartilhamentos nas redes sociais. A criação dessa interação com os seus leitores é fundamental por várias razões:
8. Trabalhar com seus clientes no pós-venda. Você acha que o relacionamento com o seu cliente acaba com o fechamento da venda? Aí que você se engana. A fidelização de um cliente e a sua recorrência são fundamentais para o faturamento da empresa e impactam muito nos seus resultados. Um cliente satisfeito e feliz tem mais chances de retornar, além de recomendar a sua marca para outras pessoas.
Cerque-se de métricas tangíveis: mostre como o marketing de conteúdo é um canal eficiente para gerar mais oportunidades de negócio, reduzir os custos de aquisição dos clientes e aumentar as vendas. Ao escrever sobre o seu segmento, você dissemina informações úteis que serão utilizadas para capacitar seus potenciais clientes e prepará-los para o momento da compra.

Dessa forma, você pode criar um Podcast – ou seja, uma peça de áudio – para compartilhar, pode dedicar tempo à criação de Webinars (conferências online sobre seus produtos, serviços e temáticas relevantes para o seu campo de atuação). Você pode desenvolver aplicativos para dispositivos móveis, publicar eBooks e até mesmo desenvolver jogos temáticos.
Estimado David la verdad es d gran ayuda lo q hiciste y ya me dio una idea solo tengo unas pequeñas dudas eso de marketing de afiliados en amazon eby cilkbank y demas sera aconsejable crearme una pagina en facebook y promocionarlos por ese medio los productos d esas empresas mire yo tengo una pagina en facebook y vendo productos omnilife pero claro q pago facebook para q llegue a mas personas mas visualizaciones entonces eso es mi metodo y la duda tengo es como me llegara el pago d la comision yo soy d bolivia y aqui en cuanto negocios virtuales no se sabe mucho como podria averiguar esas pqequeñas dudas porfavor t agradezco cualquier resp.
DAVID CREEME QUE ME HA MOTIVADO ESTA INFORMACION QUE HAS HECHO , ME GUSTA MUCHO EL NEGOCIO DE AFILIACION PORQUE ES EL PRIMER PASO PARA APRENDER Y EMPEZAR UN NEGOCIO POR INTERNET YA QUE SE NESECITA MUY POCO DINERO Y DESPUES QUE DOMINE EL TEMA DE VENTAS QUIERO COMENZAR CON UNA TIENDA ONLINE ,PERO PRIMERO HAY QUE TOMAR EXPERIENCIA PARA NO FALLAR Y ME ES MUY UTIL TU INTERVENCION , TE DOY UN 10 HERMANO .. ABRAZOS

Quando o problema começou? Identificar o tempo que você tomou conhecimento do problema é importante. Se você tiver recentemente efectuado quaisquer alterações ao seu sistema eo problema apareceu logo depois, é bastante provável que a mudança particular é a causa. Não reter informações da equipe de apoio, cada bit de conhecimento é crucial para identificar a fonte de dificuldade.

O número de conversões de visitantes em oportunidades de negócio deve ser a sua principal métrica a ser acompanhada neste processo. Apesar de a conversão não depender única e exclusivamente do trabalho feito em mídias sociais, ela é uma métrica que mostra a efetividade do canal, ou seja, a quantidade dos seus Leads que foram gerados pelas mídias sociais.


Caso você não tenha entendido a diferença, atente-se, por exemplo, o meu percurso profissional. Quando comecei meu primeiro blog de conteúdo lá em 2008, eu era tudo menos conhecido nesse mercado. Na realidade, naquela altura ninguém falava sobre marketing de conteúdo ou inbound marketing. Esses termos ainda eram uma miragem naquela altura. No entanto, foi através da produção de conteúdos em texto (artigos e tutoriais) e vídeo (aulas, webinários, palestras, etc.) que eu me posicionei como um especialista em marketing digital, sem que na verdade tenha de alguma forma publicitado essa característica profissional. O próprio mercado, ao longo dos anos e através dos conteúdos que eu produzia, foi determinando que eu era um especialista em Marketing Digital e Marketing de Afiliados, os dois temas que eu mais abordei ao longo dos últimos 10 anos.
Para muitos, conseguir medir o sucesso comercial do Marketing de Conteúdo ainda é muito difícil, o que faz com que muitos profissionais de marketing se baseiem em resultados que às vezes são mais fáceis de justificar, como por exemplo, o engajamento (curtidas, compartilhamentos, retweets). Porém, empresas são negócios, e negócios precisam ter lucro, falar apenas em engajamento não vai garantir que o gestor acredite na proposta.
Como pode ver pela lista, há muito o que fazer quando o tema é marketing de conteúdo. Mas você precisará definir uma estratégia para cada um desses conteúdos, uma vez que não bastará produzir um texto para o seu blog, publicar um vídeo no Youtube ou fazer um post no Facebook. É preciso você entender como cada um desses formatos de conteúdo funciona, onde divulgar, como divulgar e, acima de tudo, como amplificar a sua mensagem para ela chegue ao maior número de pessoas possível.
Outra forma de ganhar dinheiro através do negócio de cosméticos está trabalhando como vendedor. Revenda significa que você vai ter a sua fonte de cosméticos diretamente da empresa de sua escolha, em seguida, vendê-lo para outras pessoas. Claro, você obter comissões para todos os produtos que você pode vender. Revenda destaca se você só trabalha em part-time na indústria de cosméticos. Você pode revender os produtos aos seus colegas de escritório em seu dia de trabalho, ou até mesmo para a família e amigos. Para se tornar um revendedor, certifique-se de escolher uma empresa de cosméticos que você gosta, e, em seguida, entrar em contato com eles através do seu website. A maioria das linhas de cosméticos também têm informações em seus sites para as pessoas que querem fazer revenda de negócios.

Essas dicas são muito úteis mas não saia despreparado jogando informações na mesa. Personalize seus argumentos e adote a linguagem que o seu líder usa para convencê-lo. Coloque-se no lugar dele ao escolher argumentos que farão sentido. Case os objetivos que a empresa quer atingir com os conteúdos que serão abordados na produção de conteúdo. Mas o que falar? Nos conteúdos da Resultados Digitais sempre ressaltamos para nossos clientes vários pontos importantes, mas o que é mais frequentemente usado é: o Marketing de Conteúdo é um ativo permanente, explique para direção da empresa que quando você produz e publica conteúdo o benefício que ele traz, ou melhor o ROI, é de longa duração.

×