Você pode iniciar com um blog por exemplo. Postando conteúdos de 500 a 1.000 palavras cada, focando em temas de interesse de seu público-alvo. Além disso, vale a pena criar uma fanpage no facebook e uma página da empresa no LinkedIn. Cada texto que você postar no blog, você também pode postar uma chamada nessas redes sociais. Essa chamada costuma ter em média 30 palavras cada, e ela precisa ter um tom de persuasão, fazendo com que o leitor se interesse em acessar o blog para saber mais informações a respeito daquele tema.
Dessa forma, você pode criar um Podcast – ou seja, uma peça de áudio – para compartilhar, pode dedicar tempo à criação de Webinars (conferências online sobre seus produtos, serviços e temáticas relevantes para o seu campo de atuação). Você pode desenvolver aplicativos para dispositivos móveis, publicar eBooks e até mesmo desenvolver jogos temáticos.
O marketing de conteúdo é igualmente pródigo na geração de leads orgânicos. Muitas vezes, pessoas seguem o seu trabalho, mas não compram de você. Isso acontece, em muitos casos, porque essas pessoas ainda não estão preparadas para comprar e/ou não se sentem confiantes o suficiente para tomar essa decisão. Com o marketing de conteúdo, além de você nutrir esses leads com um conteúdo relevante e que provavelmente irá ajudá-los a dissipar algumas dúvidas, você ganha uma maior confiança junto dessas pessoas, garantindo que no momento em que elas se sentirem confortáveis para comprar esse produto/serviço, elas irão lembrar-se de você e provavelmente comprar esse produto de você ou da sua empresa.
Existem “gurus” e programas que sugerem marketing de afiliados é um sistema “configure-e-esqueça” para transformar a Internet em um caixa eletrônico. Embora o marketing de afiliados possa ser feito em meio período, não é automático. Requer pesquisa e um plano. Para que essa ideia de negócio seja bem-sucedida, você precisa conhecer e entender seu mercado-alvo e continuar fazendo coisas para alcançá-lo, de modo que ele possa clicar nos links de afiliados.
Com conteúdos relevantes, a sua empresa estabelece uma relação de confiança e se faz presente em diversas etapas da vida do seu consumidor. Você já se colocou no lugar do seu cliente? Ele pode contar com a sua empresa para resolver problemas do dia a dia e consumir informação realmente valiosa? Assim, torna-se mais fácil fazer com que ele engaje com a sua marca. E isso nos leva ao próximo ponto.

6. Trazer conteúdo relevante para nutrir os leads. Conteúdo de qualidade é muito importante para nutrir o seu público-alvo e, para isso, uma estratégia forte e estruturada faz a diferença. Para desenhar essa nutrição de leads, aproveite todos os canais que estão à sua disposição: redes sociais, landing pages, e-mail marketing, SEO, entre muitos outros. E qual a melhor forma de alimentar esses canais? Com materiais desenvolvidos pensando no seu público-alvo, na persona, nas suas dificuldades, dúvidas e dores.
De todos os tipos de ações de marketing de conteúdo que existem, esta é uma das mais complexas. Muitas vezes a criação de ferramentas exige a criação de um design e, posteriormente, o desenvolvimento da aplicação web ou mobile, o que provavelmente será um investimento muito alto. No entanto, caso você tenha essa possibilidade, é uma excelente forma de você entregar algo realmente útil para os seus clientes e com isso gerar uma base de dados de leads extremamente rica e com um potencial tremendo.
A primeira etapa do funil das mídias sociais representa o número de vezes que a sua publicação foi visualizada. Sempre procure otimizar suas publicações para que elas sejam vistas cada vez mais vezes pela sua audiência. Algumas variáveis controláveis podem aumentar as impressões da sua página e, consequentemente, aumentar o topo do seu funil, como horário e formato da publicação;
Por fim, no fundo do funil, a pessoa está em um estágio de avaliação para tomar uma decisão de compra. É nesse momento que você deve oferecer mais informações para ajudá-la a decidir pelo seu produto e/ou serviço. Cases de clientes e demonstrações do produto são fundamentais nessa fase. Esse é o momento de falar da sua empresa, de mostrar as suas vantagens, de compará-lo com a concorrência e destacar os seus pontos fortes.
6. Trazer conteúdo relevante para nutrir os leads. Conteúdo de qualidade é muito importante para nutrir o seu público-alvo e, para isso, uma estratégia forte e estruturada faz a diferença. Para desenhar essa nutrição de leads, aproveite todos os canais que estão à sua disposição: redes sociais, landing pages, e-mail marketing, SEO, entre muitos outros. E qual a melhor forma de alimentar esses canais? Com materiais desenvolvidos pensando no seu público-alvo, na persona, nas suas dificuldades, dúvidas e dores.
Por meio da mensuração é possível analisar o que pode ser otimizado, o que está funcionando e quais os próximos passos que podem ser utilizados dentro do marketing de conteúdo. Dentro das estratégias do marketing digital, é possível acompanhar em tempo real todas as métricas. E é exatamente por isso que é possível alterar de maneira rápida as estratégias que não estejam realmente funcionando. São inúmeros os KPIs para mensurar resultados, você deve escolher os principais e que façam sentido acompanhar na sua empresa.
Hola, David buscando informacion cliquie en tu pagina para saber que tipo de negocio online puedo vender, y estuve lleyendo tus articulos, son interesantes y abres un mundo de muchas posibilidades, estoy interesada en marketing de afiliacion, mi consulta es puedo craer una tienda online en facebook en la nube?, puedo vender no solo de Amazon tambien en ebay en mi tienda virtual? y puedo vender varios productos de Amazon y ebay? de ante mano gracias.

E a produção desse material não precisa ser algo necessariamente trabalhoso: você pode começar oferecendo conteúdos que já possui e utiliza na sua empresa, como planilhas, templates, pesquisas/análises de mercado, artigos técnicos, checklists, glossários etc. Posteriormente, você pode produzir materiais pensados especificamente para responder dúvidas e curiosidades ou sanar dores dos seus potenciais clientes.
Se você criar um perfil no Instagram e outro no Facebook, os conteúdos que você publicar em cada uma dessas redes têm obrigatoriamente de ser diferentes. São público-alvo diferentes, que consomem conteúdos de formas diferentes. Por isso que é importante muitas vezes não estar presente em todas as redes, mas somente naquelas que realmente fazem sentido para os seus objetivos profissionais, sejam eles quais forem.

Many, if not all, of the websites in the collection and elements incorporated into the websites (e.g., photographs, articles, graphical representations) are protected by copyright. You are responsible for deciding whether your use of the items in this collection is legal. You are also responsible for securing any permissions needed to use the items. You will need written permission from the copyright owners of materials not in the public domain for distribution, reproduction, or other use of protected items beyond that allowed by fair use or other statutory exemptions. Some content may be protected under international law. You may also need permission from holders of other rights, such as publicity and/or privacy rights.
×