7. Aumentar as suas vendas. E esse é o objetivo de toda empresa, não é mesmo? Trazer mais vendas, o que aumenta também o faturamento e os lucros do seu negócio. E aqui o Marketing de Conteúdo também desempenha papel fundamental. No momento em que precisam de um novo produto e/ou serviço, as pessoas tendem a se lembrar das marcas que estiveram ao seu lado em todos os momentos.
This website uses cookies to improve your experience while you navigate through the website. Out of these cookies, the cookies that are categorized as necessary are stored on your browser as they are essential for the working of basic functionalities of the website. We also use third-party cookies that help us analyze and understand how you use this website. These cookies will be stored in your browser only with your consent. You also have the option to opt-out of these cookies. But opting out of some of these cookies may have an effect on your browsing experience.
Divulgação: Visando sempre pela transparência, ética e honestidade com todos os leitores e usuários do site, os links contidos nessa página são referências e indicações que, sem nenhum custo adicional para você, eu posso vir a receber uma pequena comissão. Saiba que eu só recomendo ferramentas e recursos de aprendizado que eu pessoalmente usei ou estudei, e acredito que sejam genuinamente úteis, e não por causa das pequenas comissões que eu posso receber. Acima de tudo, eu nunca advogaria por comprar algo que você não pode pagar ou que ainda não esteja pronto para implementar.
Foi o que a rede de hotéis Four Seasons descobriu. Quando um cliente entra em um hotel, ele deseja aproveitar diferentes coisas na própria cidade onde está. Para que ele não precisasse de guias extremamente caros, a empresa resolveu abrir uma conta no Pinterest. Criando um perfil para cada um de seus resorts, a rede de hotéis começou a fazer um guia repleto de dicas de gastronomia, lazer, turismo e muito mais.
buenas tardes David mi nombre es Mike H , estaba buscando informacion acerca de montar una tienda online y descubri tu blog que por cierto muy bueno y mucha ayuda soy nuevo en esto y tengo muy poca experiencia en este mundo virtual,pero siempre he tenido una luz para los negocios y este me gusta, mi suegro es disenador de paginas web y el me brinda su ayuda pero me gustaria escucharte , de toDAS estas ramas del internet, cual es mas rentable, vivo en MIAMI TENGO PARA INVERTIR SOLO QUIERO TOMAR EL CAMINO CORRECTO GRACIAS

3. Fornecer o índice fresco. Seu site deve ser continuamente atualizado se você espera que seus visitantes para manter a voltar. Seu site deve ter conteúdo útil, bem como ferramentas que vão ajudar o seu público-alvo. Faça seu site como fácil de navegar quanto possível, e ter certeza de que suas ligações trabalhar da forma que deveriam. Não há nada que frustra as pessoas mais do que um website "quebrado", e uma vez que seu site tem sido rotulado como tal, as chances são pequenas que muitas pessoas vão querer voltar.

Maria tem 30 anos e acabou de abrir a sua primeira empresa: um salão de beleza. Ela precisa controlar o fluxo de caixa com segurança para evitar problemas no faturamento, lidar com o estoque para evitar excesso e falta de produtos, além de gerenciar a sua equipe de trabalho, contando sempre com pessoas motivadas e dispostas a atender o cliente da melhor forma possível. Maria é casada, tem dois filhos pequenos, costuma consumir informação na internet de forma rápida e dinâmica, pois não sobra muito tempo na sua rotina para isso. Gosta muito de acessar as redes sociais. Ela está em busca de uma solução que ajude a controlar a parte operacional e financeira da sua empresa, sobrando tempo para outras atividades.
Para começar o processo de escolha das redes sociais nas quais sua empresa deve estar presente, é importante identificar onde seu público-alvo ideal está e de que forma sua empresa pode compartilhar conteúdo relevante com ele. Conversar com alguns clientes atuais e potenciais pode ser uma boa forma de descobrir o que eles estão usando no dia a dia.
La última situación que se me planteó, es que quería hacer una prueba de página gratis, antes de empezar a pagar y mandarme todos los errores típico de la inexperiencia, pero vi que la mayoría de los lugares en donde se crean las paginas, no puedes darte de baja, yo queria eliminar la cuenta gratuita para iniciar con la paga, asi la otra no quedaba dando vueltas en la inmesidad de internet sin vida; bueno…conoces alguna plataforma que se pueda dar la baja sin inconvenientes?? y que recomiendas como gratuito y pago web, dominio, hosting, etc….si dije algo que no tiene sentido, disculpas, recien inicio =)
O marketing de conteúdo é fundamental não só pelo tráfego orgânico que ela gera, mas principalmente pela percepção que ele cria junto do seu público. Se você analisar alguns dos exemplos que falei anteriormente, você vai entender que esses profissionais que são considerados especialistas em suas áreas de atuação, eles vivem acima de tudo do conteúdo. Essa percepção de que eles são especialistas vem, precisamente, do conteúdo gerado e compartilhado. Logicamente, o mesmo aplica-se a empresas. Empresas que geram conteúdos relevantes, acabam gerando uma percepção muito positiva sobre as marcas.
E a qualidade não fica só na produção do conteúdo em si, mas também tanto na adequação ao tipo e perfil do cliente que deve ser o foco da empresa, quanto no momento da compra em que aquele cliente se encontra (a conhecida jornada de compra). As empresas também perceberam que essa produção adequada ao momento da compra aumentava o fechamento em vendas, maximizando a receita. Portanto fica evidente a preocupação do mercado em ir além da busca por leads.[11]
6. Trazer conteúdo relevante para nutrir os leads. Conteúdo de qualidade é muito importante para nutrir o seu público-alvo e, para isso, uma estratégia forte e estruturada faz a diferença. Para desenhar essa nutrição de leads, aproveite todos os canais que estão à sua disposição: redes sociais, landing pages, e-mail marketing, SEO, entre muitos outros. E qual a melhor forma de alimentar esses canais? Com materiais desenvolvidos pensando no seu público-alvo, na persona, nas suas dificuldades, dúvidas e dores.
Mais uma leitura de abrir a mente, não tem como medir o valor do seu conteúdo Alex Vargas! Hoje estudo de 3 a 4 horas por dia e focado acima de tudo no processo, e não no dinheiro. Meu grande projeto na vida é ser um agente transformador na vida das pessoas (e por consequência na minha) e acredito que encontrei a maneira certa de seguir esse caminho. Obrigado pela sua dedicação e inspiração! Agora vejo com mais clareza meus objetivos para os próximos anos não somente no financeiro, mas em várias outras coisas.
E não adianta, o boca a boca ainda é muito forte e importante para empresas de todos os portes. Cada pessoa que indica o seu produto e/ou serviço para outras gera muitos leads que, provavelmente, irão procurar o seu negócio quando sentirem necessidade. E aqui o Marketing de Conteúdo é determinante, tanto para criar defensores da marca, quanto para estar preparado para nutrir e desenvolver a confiança das pessoas para as quais eles indicarem o seu negócio.
5. Estar presente de diversas formas na vida do seu cliente. O bom do Marketing de Conteúdo é que ele traz diversas formas de interagir e entregar conteúdo de qualidade às pessoas: blogs, redes sociais, e-mail marketing, SEO, e-books, webinars, podcasts e por aí vai. Ou seja, você tem múltiplas possibilidades de impactar e estar presente no dia a dia do seu público-alvo.
Esse blog, somado ao FNO e o canal no Youtube é muito conteúdo de qualidade. Estou Na parte do curso que envolve postar regularmente e trabalhar o SEO, acabei me programando para dedicar vários dias seguidos para criar e agendar postagens futuras. Assim fico mais focado em apenas uma atividade. Depois de vários artigos agendados posso mudar meu foco para outras atividades diferentes (isca digital, preparar meu futuro canal, etc).
O Inbound Marketing é considerado qualquer tática de marketing que parte da premissa de ganhar o interesse das pessoas ao invés de comprá-lo por meio de alguma campanha. O foco do inbound é atrair e conquistar um público-alvo específico, gerando leads qualificados, resultando em conversão e vendas. Já o marketing de conteúdo é uma das táticas para levar leads para o inbound, com a produção de conteúdo envolvente e extremamente relevante.
Por fim, no fundo do funil, a pessoa está em um estágio de avaliação para tomar uma decisão de compra. É nesse momento que você deve oferecer mais informações para ajudá-la a decidir pelo seu produto e/ou serviço. Cases de clientes e demonstrações do produto são fundamentais nessa fase. Esse é o momento de falar da sua empresa, de mostrar as suas vantagens, de compará-lo com a concorrência e destacar os seus pontos fortes.
É como assar um bolo. Há diversas receitas, umas melhores que outras. Diversos ingredientes, uns caros e extravagantes e outros baratos. Algumas pessoas ficam pesquisando por um longo tempo quais as melhores formas de fazer o bolo. Mas enquanto não misturam os ingredientes e os assam, não terão o produto final para vender. Ou seja, planejar é importante, mas o que fará seu negócio em casa obter sucesso é colocar as mãos na massa e trabalhar.

Os comerciantes da filial de sucesso são computador, inteligente e esclarecido Internet, são perseverantes e comprometidos com o negócio bem além do "minutos por dia" arremessos promocionais. Utilizando as ferramentas disponíveis, eles são capazes de controlar e manter literalmente dezenas de milhares de peças de informação. Eles estão organizados, eles são criativos e estão otimistas. A estrada pode ser longa e frustrante. A "diferença de magia" entre aqueles que têm sucesso e aqueles que não podem ser encontrados em suas personalidades, sua inteligência e sua vontade de trabalhar muito duro.
O autor Hugh Hewitt estava coberto de razão em sua obra “Blog: Entenda a Revolução: o século XXI é o século da Internet”. Em 2007, quando a obra foi lançada, a produção de conteúdo ainda não havia alavancado com tanta força como hoje. Limitações técnicas, como baixa velocidade oferecida pelos provedores, conexões à internet menos acessíveis às massas ...
Olá. Eu estou estudando já ha algum tempo a possibilidade de abrir um e-commerce voltado para a área de decoração. Uma coisa que sinto falta é sobre como conquistar parceiros para o negócio e como encontrar fornecedores dos produtos. Tenho encontrado mas a explanação é sempre superficial a respeito dos temas descritos. Tem alguma ideia ou dica para passar? Serve até como tema para posts futuros.
Certamente o marketing de conteúdo é a melhor estratégia para fidelizar seus leitores, conquistar maior autoridade e credibilidade, e, assim, melhor desenvolver os seus negócios no mundo online. Quando você cria um blog é preciso saber qual conteúdo criar para ele. E, para a sua empresa sair à frente, deverá encontrar meios de produzir um conteúdo, que dificilmente seja esquecido pelos usuários.

Considere prêmios semanais ou mensais. Os visitantes continuarão de volta ao teu blog para ver de perto qual é o prêmio. Não esqueça de conservar o interesse deles, fornecendo informações importantes a respeito as quais eles querem assimilar. Esta é bem como uma legal forma de obter inscrições pro teu boletim informativo; responda-lhes que você vai notificá-los a respeito do prêmio por e-mail.
Um gerente de mídia social irá desenvolver os seguidores, envolvê-los e mantê-los atualizados, e ajudá-los a convertê-los em clientes potenciais, fãs ativos e promotores da empresa. Deve ter conhecimento das melhores práticas e tendências no marketing de redes sociais, desfrutar de ser criativo e entender como construir e converter um público digital.
Para isso, a melhor alternativa é contar com a ajuda profissional de uma agência de marketing de conteúdo, 100% preparada para entender a sua persona e produzir esses conteúdos para você. A RedaWeb está nesse mercado há anos e soma mais de 4 mil clientes atendidos, e mais de 50 mil textos produzidos. Com uma equipe que ultrapassa 100 jornalistas e redatores, nossa agência de conteúdo digital está pronta para ajudar a sua marca a alcançar os melhores resultados, com um trabalho e acompanhamento personalizado, de acordo com as suas necessidades.
Se você tem uma empresa de arquitetura, por exemplo, você poderá falar de vários assuntos relacionados com arquitetura, design, design de produto, design de interiores, etc. Se você tem uma agência de Marketing Digital, por exemplo, você poderá falar sobre E-Commerce, Redes Sociais, UX/UI, Mobile, entre outros assuntos. Diversificação não só é fundamental, como ajuda você a ter a ideias para novos conteúdos a publicar.
Para conhecer seu ROI o primeiro passo é saber estimar os custos e as receitas derivadas da produção do Marketing de Conteúdo na sua empresa. Esses valores podem englobar diferentes estimativas, como por exemplo: salário da equipe, horas de um funcionário alocado para criar contéudo, plataformas utilizadas para compartilhamento, mão de obra terceirizada para produção do conteúdo, Leads gerados a partir de conteúdos que posteriormente fecharam uma venda, e por aí vai. Conhecendo exatamente esse números fica mais fácil de quantificar o seu retorno. Poderíamos separar esses resultados em dois tipos de métricas.

Decirte que ha sido muy interesante tu post. Me gustaría comentarte un poco lo que hago porque me veo un poco identificado con tus comentarios. Tenía ganas de hacer algo por mi cuenta y me lancé en organizar viajes de forma privada a personas que no tienen tiempo para poder organizarse sus vacaciones. Este intento no fue válido…mucho tiempo perdido para poco volumen de negocio..y lo he apartado a un lado para retomarlo más adelante….
Tal como aconteceu com as Mídias Sociais, agora o Marketing de Conteúdo já deixou para trás o estágio de encantamento, passando para um momento diferente onde precisa provar o seu ROI (Retorno sobre o Investimento). Essa prova é sem dúvida um dos grandes desafios de qualquer profissional de marketing: quanta receita o Marketing de Conteúdo pode trazer.

Outro grande pilar do Marketing de Conteúdos é a criação e difusão de peças gráficas nos blogs e nas redes sociais. Tais conteúdos se encontram entre os mais compartilhados em Social Media já que são muito mais atraentes visualmente. Entre os conteúdos que podemos criar, podemos incluir infográficos, criar GIFs, usar fotografias, ilustrações e imagens com texto.


Cerque-se de métricas tangíveis: mostre como o marketing de conteúdo é um canal eficiente para gerar mais oportunidades de negócio, reduzir os custos de aquisição dos clientes e aumentar as vendas. Ao escrever sobre o seu segmento, você dissemina informações úteis que serão utilizadas para capacitar seus potenciais clientes e prepará-los para o momento da compra.
A grande vantagem do marketing de conteúdo é que, dependendo do tipo de conteúdo que você escreve, ele pode gerar um tráfego orgânico perpétuo ao longo do tempo, o que significa atrair potenciais clientes para o seu negócio ao longo de vários meses ou anos. Imagine publicar 30 artigos no site da sua empresa ou no seu blog pessoal, que possam atrair mensalmente 5 a 10 novos clientes todos os meses. O custo de aquisição de cada um desses clientes, ao longo do tempo, irá reduzir drasticamente, porque o seu investimento já foi realizado lá no início quando você produziu a peça de conteúdo, entendeu?
Parabéns Alex,sempre com conteúdo que nos faz abrir os olhos pra novas possibilidades. Trabalhar como afiliado é fantástico pq primeiro você começa a vender produtos de outras pessoas, só que ao longo do tempo você vai percebendo que também tem um certo conhecimento e que pode transmitir esse conhecimento de várias formas e gerar ainda mais vendas. Ser afiliado é uma excelente opção para começar.

Um gerente de mídia social irá desenvolver os seguidores, envolvê-los e mantê-los atualizados, e ajudá-los a convertê-los em clientes potenciais, fãs ativos e promotores da empresa. Deve ter conhecimento das melhores práticas e tendências no marketing de redes sociais, desfrutar de ser criativo e entender como construir e converter um público digital.


Consegue imaginar uma empresa que, com somente 4.500 dólares ousou investir em aparelhos de barbear e concorrer com ninguém menos do que a Gillette? Pois essa foi a ideia dos fundadores desta empresa. Porém, eles optaram por fazer um atendimento personalizado aos seus clientes, um diferencial, que nenhuma das grandes empresas havia se atentado até então.
O marketing de conteúdo é igualmente pródigo na geração de leads orgânicos. Muitas vezes, pessoas seguem o seu trabalho, mas não compram de você. Isso acontece, em muitos casos, porque essas pessoas ainda não estão preparadas para comprar e/ou não se sentem confiantes o suficiente para tomar essa decisão. Com o marketing de conteúdo, além de você nutrir esses leads com um conteúdo relevante e que provavelmente irá ajudá-los a dissipar algumas dúvidas, você ganha uma maior confiança junto dessas pessoas, garantindo que no momento em que elas se sentirem confortáveis para comprar esse produto/serviço, elas irão lembrar-se de você e provavelmente comprar esse produto de você ou da sua empresa.
Acontece que essa nem sempre é a melhor opção: é possível dar um passo adiante e tornar esse canal de vídeos, ou media center, em um canal da sua empresa, como o próprio site. Isso é algo bem mais interessante para se posicionar como referência e evitar alguns problemas clássicos trazidos pelas plataformas gratuitas, tais como perda de atenção e publicidade de terceiros.
7. Aumentar as suas vendas. E esse é o objetivo de toda empresa, não é mesmo? Trazer mais vendas, o que aumenta também o faturamento e os lucros do seu negócio. E aqui o Marketing de Conteúdo também desempenha papel fundamental. No momento em que precisam de um novo produto e/ou serviço, as pessoas tendem a se lembrar das marcas que estiveram ao seu lado em todos os momentos.
Embora à princípio possa parecer uma ciência exata ou bastante simples de colocar em prática, na verdade, o marketing de conteúdo exige bastante determinação, foco e atenção. É importante planejar corretamente e antecipadamente todos os conteúdos que você precisa fazer, organizar a sua equipe, definir objetivos para cada um dos seus conteúdos, etc. Existem vários tipos de conteúdos que você poderá produzir, tanto para o seu blog pessoal, quanto para o blog da sua empresa. Você decide quais conteúdos e qual a estratégia deseja implementar, mas é importante que tenha noção do que cada um desses itens exige em termos de esforço e dedicação. Vamos ver:

Parabéns Alex,sempre com conteúdo que nos faz abrir os olhos pra novas possibilidades. Trabalhar como afiliado é fantástico pq primeiro você começa a vender produtos de outras pessoas, só que ao longo do tempo você vai percebendo que também tem um certo conhecimento e que pode transmitir esse conhecimento de várias formas e gerar ainda mais vendas. Ser afiliado é uma excelente opção para começar.
Marketing de conteúdo ou content marketing é um termo extremamente popular nos dias de hoje. No entanto, o marketing de conteúdo existe desde que a internet existe. No seu conceito geral, marketing de conteúdo significa produzir conteúdos altamente relevantes para o seu público-alvo, como forma de ajudá-lo a esclarecer as suas dúvidas, a atrair potenciais clientes ou simplesmente fazer de si uma autoridade num determinado tema. Naturalmente, quanto melhor o conteúdo que você produz, maior será a percepção do seu público de que você é uma autoridade naquilo que fala.
Os autores propõem, uma nova abordagem para o marketing de conteúdo, na qual os departamentos de marketing deixam de ser um mero suporte para vendas e se transformem em geradores de receita. Embora poucas empresas até agora tenham conseguido atuar dessa maneira — como Lego, Red Bull e Disney —, o livro prevê que o modelo de negócios de empresas de mídia, produtos e serviços seja hoje muito parecido. Isso significa que empresas de mídia possam vender produtos ou serviços, bem como empresas de produtos ou serviços possam monetizar seus públicos. Joe Pulizzi, um dos autores, explicou o propósito apresentado no livro da seguinte maneira:
Na próxima etapa, o meio do funil, esse possível cliente já descobriu um problema e está atrás de possíveis soluções, ou seja, um passo a mais no processo de decisão de compra. Nesse momento, o conteúdo deve se manter informativo, mas trazendo soluções sem falar demais da sua empresa. Uma boa alternativa é capturar os dados dessa pessoa, como por meio de um formulário, oferecendo algo em troca, como um e-book ou um webinar. Ao levantar esses dados, você pode iniciar um trabalho de qualificação dessa pessoa e estreitar o relacionamento. 
×