Se você não entende rigorosamente nada de SEO, é importante começar por aí antes de criar o seu blog. Entender como funciona a otimização para motores de busca poderá fazer uma diferença incrível no impacto e nos resultados dos seus conteúdos. Comece por estudar um pouco sobre SEO e entender a estruturação HTML de um blog, para evitar cometer erros desnecessários e/ou escrever conteúdos que ninguém lê, porque simplesmente não são encontrados facilmente no Google.
Planeje as ações: organize uma agenda de postagens e envolva a equipe na execução. Além de economizar, nada melhor que a própria equipe que conhece melhor as especificidades do produto e do mercado para falar muito bem sobre temas que são atraentes para seu público alvo. Assim você também consegue diluir os custos de contratação de um profissional exclusivo para redação de conteúdos. Veja nosso exemplo, aqui na Resultados Digitais, grande parte da equipe se envolve na criação de conteúdo, cada área possui um responsável pela entrega de um post mensal respeitando a agenda determinada pelo Marketing.
2. Relacionamento: Através do Marketing de Conteúdo, você se aproxima dos seus clientes e potenciais clientes, permitindo a construção de uma relação pautada na confiança e na interação. Ao oferecer conteúdos relevantes e realmente úteis, você permite que eles tomem decisões mais assertivas, além de mostrar-se sempre ali à disposição para o que eles precisarem ao longo da jornada. Esse é um dos segredos das empresas de sucesso nos dias de hoje, pense nisso!
¡Hola Juanjo! Realmente es muy complicado hacer un cálculo aproximado, ya que depende del tipo de negocio y enfoque que quieras darle. Hay páginas web que requieren muy poca inversión y otras que requieren mucho. El tráfico pagado es una opción, pero es cierto que también se puede conseguir tráfico orgánico con una buena estrategia de SEO 😉 ¡Un saludo!
Com as informações em mãos, o próximo passo é pensar no processo como um todo – não somente para criar campanhas, mas para o próprio lançamento dos materiais. É comum que empresas definam a oferta antes do público. Não há nada de errado nisso, porém, quando há informações sobre a base de Leads, fica mais fácil fazer uma oferta especificamente para um público bem segmentado.
Ao longo dos últimos 10 anos, já escrevi mais de 5.000 artigos em sites e blogs. Uma das coisas que aprendi com esta experiência é que a consistência é fundamental para atingir bons resultados no médio/longo prazo. Isso significa publicar novos conteúdos em seu blog com alguma frequência. Naturalmente, não existe uma regra definida para isso, então você poderá escrever um post por semana, dois posts por semana ou um post por dia. Você decide como prefere fazer, tendo em consideração que você precisa conseguir realizar esse trabalho sem complicar sua agenda.
Básicamente consiste en crearte una cuenta de afiliado en una empresa que lo ofrezca como Amazon o Ebay (hay muchísimas y dependerá de lo que vengas. Si no estás segura de alguna, puedes contactar con la empresa para que te lo aclare). Cada cuenta de afiliado tiene un identificador que tú deberás colocar en tus enlaces para vender los productos en tu tienda online.
Parabéns Alex,sempre com conteúdo que nos faz abrir os olhos pra novas possibilidades. Trabalhar como afiliado é fantástico pq primeiro você começa a vender produtos de outras pessoas, só que ao longo do tempo você vai percebendo que também tem um certo conhecimento e que pode transmitir esse conhecimento de várias formas e gerar ainda mais vendas. Ser afiliado é uma excelente opção para começar.
As landing pages são uma ferramenta extraordinária de comunicação e geração de leads. Muito comuns nos dias de hoje, as landing pages permitem não só que você comunique um determinado produto ou serviço da sua empresa, como também as utilize numa estratégia de geração de leads. Em ambos os casos, as landing pages podem ser vistas quase como infográficos em versão web, onde você poderá abordar diferentes conteúdos e ajudar o seu público a entender determinados assuntos, por exemplo.

Quando comecei meus primeiros blogs lá em 2007, nada fazia prever a importância deste instrumento numa estratégia de marketing de conteúdo em 2017. Dez anos se passaram e o blog continua sendo a principal fonte de tráfego da grande maioria dos empreendedores e empresas ao redor do mundo. Se você nunca criou um blog, tenha em consideração que além de ser uma ferramenta incrível de geração de tráfego, um blog permite também que você controle suas ações e analise o comportamento dos seus potenciais clientes de uma forma incrível.
Batemos sempre na mesma tecla de que é preciso intensificar a geração de conteúdos atraentes e materiais ricos para conquistar novos leads. Porém, de nada adianta a criação desses conteúdos, sem antes efetuar um estudo aprofundado sobre cada cliente. É por meio desse estudo, que a RedaWeb oferece o conteúdo certo, para o momento em que seus potenciais clientes estejam efetuando buscas relacionadas ao seu serviço ou produto na internet.
Mark é uma pessoa de confiança no negócio de marketing on-line. A razão que eu levei um tempo para baixar o seu livro é que eu sei que ele é um dos caras bons em volta. Ele lutou um trabalho muito em um salário baixo, antes que ele construiu seu primeiro website na década de 1990. Quando ele recebeu sua primeira filial salário de renda, ele sabia que era isso. Ele continuou a construir mais e mais sites, e começou a ganhar muito. Sua renda em linha alcançou seis números.
Fazendo o seu programa de marketing afiliado trabalho que não é realmente muito diferente de operar um negócio tradicional. A única maneira você pode manter seus clientes é tratá-los bem. Os japoneses têm um ditado: O cliente é Deus. Contanto que você tratar seus clientes com respeito e exercer o esforço na tentativa de satisfazer as suas necessidades, você verá que eles serão mais do que dispostos a ajudá-lo com o seu.
Existem vários tipos de programas afiliados. A maioria vai pagar uma taxa fixa ou porcentagem da venda que você faz (pagamento por venda). Outro tipo comum é quando você é pago por ação ou lead. Por exemplo, se você indicar alguém que se inscrever para a avaliação gratuita de empresas, a empresa pagará pela inscrição. Embora não seja visto com muita frequência, alguns pagarão por clique (isso é mais visto em programas de anúncios contextuais, como o Google Adsense) ou por impressão (cada vez que o anúncio é carregado em seu site).
Mas o que seria isso? Persona é uma representação fictícia daquele que seria o cliente perfeito. Ela é desenhada partindo de dados reais que envolvem características demográficas e pessoais do seu cliente, como seu comportamento, seus desafios, preocupações, objetivos e desejos, onde ele vive, que idade tem, como é a sua rotina, a sua família, o seu emprego, seus gostos, hábitos de lazer, etc. Tudo vai depender do tipo de produto e/ou serviço que a sua empresa oferece e em que momento ele é relevante para essas pessoas.
Considere prêmios semanais ou mensais. Os visitantes continuarão de volta ao teu blog para ver de perto qual é o prêmio. Não esqueça de conservar o interesse deles, fornecendo informações importantes a respeito as quais eles querem assimilar. Esta é bem como uma legal forma de obter inscrições pro teu boletim informativo; responda-lhes que você vai notificá-los a respeito do prêmio por e-mail.
Esse cenário pode assustar em um primeiro momento, a gente sabe disso, mas a realidade é simples: a sua empresa precisa estar preparada para competir pelo seu espaço nesse universo. E o marketing digital e o marketing de conteúdo surgem como duas ferramentas poderosas para garantir o seu espaço na mente e na preferência dos consumidores. Nos últimos anos, muito tem sido falado sobre o marketing de conteúdo, seus benefícios, modelos e o caminho para o sucesso. Porém, como em qualquer área, muitas também são as dúvidas, não é mesmo?
O marketing de conteúdo é fundamental não só pelo tráfego orgânico que ela gera, mas principalmente pela percepção que ele cria junto do seu público. Se você analisar alguns dos exemplos que falei anteriormente, você vai entender que esses profissionais que são considerados especialistas em suas áreas de atuação, eles vivem acima de tudo do conteúdo. Essa percepção de que eles são especialistas vem, precisamente, do conteúdo gerado e compartilhado. Logicamente, o mesmo aplica-se a empresas. Empresas que geram conteúdos relevantes, acabam gerando uma percepção muito positiva sobre as marcas.
Estar em uma situação de extrema dificuldade e precisa de ajuda. Por exemplo, tem uma pessoa da família que está com uma doença gravíssima e precisa fazer um tratamento caro. Existem sites na internet que permitem que você crie seu próprio site específico para receber doações. Você até pode fazer por outro motivo, mas por se tratar de doações creio que a extrema necessidade é o que seria mais honesto.
O vídeo é provavelmente o formato de conteúdo que gera mais autoridade nos dias de hoje. Se você imaginar que um conteúdo escrito, embora relevante, não tem o seu autor em primeiro plano e que um vídeo coloca você em frente ao seu potencial cliente, você provavelmente irá entender a diferença. O vídeo humaniza o seu conteúdo e o coloca numa posição de maior destaque, o que aumenta a sua notoriedade e gera uma maior confiança junto ao seu público. Vários estudos indicam que um vídeo numa página de venda de um produto aumenta em mais de 80% a intenção de compra do cliente, o que traduz bem a confiança que um vídeo pode gerar.
5. Estar presente de diversas formas na vida do seu cliente. O bom do Marketing de Conteúdo é que ele traz diversas formas de interagir e entregar conteúdo de qualidade às pessoas: blogs, redes sociais, e-mail marketing, SEO, e-books, webinars, podcasts e por aí vai. Ou seja, você tem múltiplas possibilidades de impactar e estar presente no dia a dia do seu público-alvo.
Uma profissão que precisa estudar para entender os programas de produção gráfica, meios de comunicação, marketing semiótica, tipografia. Um designer gráfico pode trabalhar em várias áreas montando logotipos, marcas, livros, revistas, folhetos, catálogos, jornais, embalagens, websites, softwares, jogos, eventos, anúncios, enfim, uma boa profissão que vem crescendo a cada dia.
Além disso, geralmente essas listas têm muitos emails que não existem ou que foram desativados. A qualidade também é ruim em termos de público-alvo, pois para “engordar” a lista e tentar fazê-la valer mais, são incluídos todos os tipos de email. Assim, entram perfis que não possuem qualquer relação com o serviço ou produto oferecido pela sua empresa.
Se você tem uma empresa de arquitetura, por exemplo, você poderá falar de vários assuntos relacionados com arquitetura, design, design de produto, design de interiores, etc. Se você tem uma agência de Marketing Digital, por exemplo, você poderá falar sobre E-Commerce, Redes Sociais, UX/UI, Mobile, entre outros assuntos. Diversificação não só é fundamental, como ajuda você a ter a ideias para novos conteúdos a publicar.
Batemos sempre na mesma tecla de que é preciso intensificar a geração de conteúdos atraentes e materiais ricos para conquistar novos leads. Porém, de nada adianta a criação desses conteúdos, sem antes efetuar um estudo aprofundado sobre cada cliente. É por meio desse estudo, que a RedaWeb oferece o conteúdo certo, para o momento em que seus potenciais clientes estejam efetuando buscas relacionadas ao seu serviço ou produto na internet.
Olá, Valéria!!! Adorei seu post, e fiquei até mais entusiasmado em montar meu próprio negócio virtual. A idéia que gostaria de receber mais dicas é sobre o que comprar e como comprar com segurança da China ou EUA produtos eletro-eletrônicos de grande procura. Moro em uma pequena cidade do interior de Minas e aqui a atividade econômica é agropecuária, principalmente cafeicultura e leite.

O número de conversões de visitantes em oportunidades de negócio deve ser a sua principal métrica a ser acompanhada neste processo. Apesar de a conversão não depender única e exclusivamente do trabalho feito em mídias sociais, ela é uma métrica que mostra a efetividade do canal, ou seja, a quantidade dos seus Leads que foram gerados pelas mídias sociais.
Já temos várias no Brasil e mesmo empresas que estão surgindo onde terceirizam profissionais para companhias pequenas e grandes, profissionais liberais, suporte administrativo e que prestam serviços de controle de agenda, contabilidade, compromissos, reuniões, call center, e mesmo motoboy, compras, garçom para festas corporativas e eventos diversos.
Partindo da premissa de que marketing de conteúdo se baseia no desenvolvimento de um público fiel, uma nova tendência começa a ser discutida no mercado internacional. Marcas que de fato conseguem criar públicos fiéis podem vislumbrar novas formas de gerar receitas. Esse é o propósito central do livro "Killing Marketing[28]", lançado em setembro de 2017 pelos estadunideneses Joe Pulizzi e Robert Rose, fundador e diretor do Content Marketing Institute.
E não adianta, o boca a boca ainda é muito forte e importante para empresas de todos os portes. Cada pessoa que indica o seu produto e/ou serviço para outras gera muitos leads que, provavelmente, irão procurar o seu negócio quando sentirem necessidade. E aqui o Marketing de Conteúdo é determinante, tanto para criar defensores da marca, quanto para estar preparado para nutrir e desenvolver a confiança das pessoas para as quais eles indicarem o seu negócio.

Neste assunto existem várias coisas a levar em consideração. Costumo dizer muitas vezes para alunos meus que, ao comprar publicidade, reduzimos uma janela de tempo de seis meses para provavelmente seis dias. Quando temos um objetivo comercial, tempo é fundamental e muitas vezes o próprio cliente não quer esperar ou adotar uma estratégia de marketing de conteúdo. No entanto, quando trabalhamos com marketing de conteúdo, embora os resultados possam demorar bastante mais tempo, no longo prazo isso será bastante rentável a vários níveis, mas particularmente no Custo de Aquisição de Clientes (CAC).

Você sabe o que significa benchmarking? Já aplica essa ferramenta na sua empresa? O benchmarking é uma prática muito comum no universo empresarial, que consiste em uma série de processos para comparar e analisar as práticas e os processos adotados por outras empresas, sejam elas concorrentes ou não. A ideia aqui não é copiar o que os outros estão fazendo, mas sim aprender novas técnicas e melhorar o que for possível na sua empresa.
1. Blogs – Uma excelente forma de trazer conteúdos relevantes para a sua persona sobre os mais diferentes assuntos. O ponto forte do blog é que todos os materiais ali veiculados podem ser replicados em outros locais, como nas redes sociais, o que facilita o seu poder de penetração. (E claro que você pode contar com a RedaWeb, que é especialista na produção de conteúdo para blogs)
¡Hola Juanjo! Realmente es muy complicado hacer un cálculo aproximado, ya que depende del tipo de negocio y enfoque que quieras darle. Hay páginas web que requieren muy poca inversión y otras que requieren mucho. El tráfico pagado es una opción, pero es cierto que también se puede conseguir tráfico orgánico con una buena estrategia de SEO 😉 ¡Un saludo!
Um dos temas muitas vezes debatidos entre os fãs da publicidade e os fãs do inbound marketing é a eficácia de cada uma dessas estratégias. Como provavelmente você sabe, anúncios permitem que você coloque seus produtos ou serviços na frente de milhares de pessoas por um custo baixo, sem necessidade de um trabalho extra. No entanto, o inbound marketing defende que a criação de conteúdos relevantes para o seu público não só ajuda você a tornar-se uma autoridade em seu nicho de mercado, como isso ajuda você a converter drasticamente mais em suas ações publicitárias.
Para muitos, conseguir medir o sucesso comercial do Marketing de Conteúdo ainda é muito difícil, o que faz com que muitos profissionais de marketing se baseiem em resultados que às vezes são mais fáceis de justificar, como por exemplo, o engajamento (curtidas, compartilhamentos, retweets). Porém, empresas são negócios, e negócios precisam ter lucro, falar apenas em engajamento não vai garantir que o gestor acredite na proposta.
O autor Hugh Hewitt estava coberto de razão em sua obra “Blog: Entenda a Revolução: o século XXI é o século da Internet”. Em 2007, quando a obra foi lançada, a produção de conteúdo ainda não havia alavancado com tanta força como hoje. Limitações técnicas, como baixa velocidade oferecida pelos provedores, conexões à internet menos acessíveis às massas ...
Eu estou estudando e aprendendo todos os dias como trabalhar em casa, sabemos que existe duas maneiras você empreender, e a outra trabalhar para uma empresa em clt, por este motivo como já trabalhei em uma empresa em casa, e também free lance foram experiências muito importantes agora estou procurando montar o meu negócio digital em casa como já tenho meu blog há algum tempo amelhormaneiradetrabalhar agora resolvi aprender a transformar ele em negócio e as dicas que aprendendo aqui tem me ajudado muito.
É muito comum empreendedores e empresas criarem perfis em várias redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Youtube, Google+, Snapchat, Pinterest, etc.) e depois publicarem os mesmos conteúdos em todas essas redes. Isso é um erro tremendo. É o mesmo que você imaginar a General Motors, que tem as marcas Chevrolet, Opel, GMC, ACDelco, Vauxhall, OnStar, entre outras, agora começar a produzir todos os carros iguais, mas simplesmente com marcas diferentes. Isso faz sentido?
É possível que, assim como em outros lugares do mundo, o marketing de conteúdo tenha começado de forma empírica no Brasil há muitas décadas. No entanto, o registro mais antigo dessa atividade é datado de 1954, quando a farmacêutica Tortuga, hoje pertencente à DSM, lançou o Noticiário Tortuga.[15] Em 2015, a agência brasileira New Content, que publica revistas customizadas para marcas como TAM e O Boticário, foi eleita a melhor agência de content marketing do mundo no Content Marketing Awards.[23]

Após a realização do curso, você efetua um teste e, caso consiga uma pontuação superior a 75%, você recebe o seu certificado totalmente gratuito, sendo válido por até 13 meses. O grande público-alvo deste curso são pessoas que já trabalham no universo do marketing e desejam se aperfeiçoar. É indicado também para quem não trabalha com marketing, porém, deseja aprender os fundamentos do inbound. E ainda para empreendedores que estão iniciando os seus negócios.


Nesse pdf, você confere 100 exemplos de estratégias de marketing de conteúdo que deram certo e foram um grande sucesso. Grandes cases que ficaram famosos no mundo todo estão descritos e comentados. Você pode até se inspirar nas histórias de marcas como: IBM, Nike, Lego, BMW, Ford, Cisco e dezenas de outras grandes empresas que fizeram campanhas incríveis. Vale a pena conferir.
Alex; boa tarde! Comprei recentemente o treinamento da FORMULA DE NEGÓCIOS ON LINE, porém, ainda não obtive tempo para dar início por completo nesse treinamento. Me diz uma coisa: Essa orientação de hoje sobre “Como Trabalhar Em Casa | As Melhores Ideias Para Ganhar Dinheiro Trabalhando Em Casa Em 2019” é complemento do que consta no treinamento da FORMULA DE NEGÓCIOS ON LINE que comprei ou é um novo treinamento de forma gratuita? Ou seja: Essas dicas de hoje que vc postou constam no treinamento da FORMULA DE NEGÓCIOS ON LINE? Sem mais, fico no aguardo de seu retorno, por favor. Forte abraço
Batemos sempre na mesma tecla de que é preciso intensificar a geração de conteúdos atraentes e materiais ricos para conquistar novos leads. Porém, de nada adianta a criação desses conteúdos, sem antes efetuar um estudo aprofundado sobre cada cliente. É por meio desse estudo, que a RedaWeb oferece o conteúdo certo, para o momento em que seus potenciais clientes estejam efetuando buscas relacionadas ao seu serviço ou produto na internet.
Uma das maneiras mais fáceis de entrar no negócio de cosméticos é o marketing de afiliados de marketing .affiliate o processo envolve basicamente a venda da marca em particular que endossam você de estratégias de marketing. As estratégias de marketing afiliado mais simples fornecer simples criação de site para o produto específico que você está endossando. Para entrar em marketing afiliado, tudo que você tem a fazer é encontrar uma linha de cosméticos que você gosta, inscreva-se como um comerciante da filial, em seguida, começar a promover o negócio. Não deixe de ler as orientações sobre como exatamente a indústria em particular que queira comercializar seus produtos.

Já temos várias no Brasil e mesmo empresas que estão surgindo onde terceirizam profissionais para companhias pequenas e grandes, profissionais liberais, suporte administrativo e que prestam serviços de controle de agenda, contabilidade, compromissos, reuniões, call center, e mesmo motoboy, compras, garçom para festas corporativas e eventos diversos.

Se você for aquela empresa que a ajudou em uma hora de dúvida ou indecisão, que trouxe a informação correta quando ela precisava, que esteve ali disposta a atendê-la, são grandes as chances de sua marca ser a escolhida em uma tomada de decisão de compra. E o Marketing de Conteúdo também ajuda a motivar uma venda. Quer exemplos? Que tal trabalhar cases e depoimentos de clientes? Explorar as vantagens dos seus produtos e/ou serviços em vídeos e imagens? Já pensou nisso?

Hey David, muy buen blogs.. Me dedico a crear aulas virtuales para docentes, «Se las adapto a sus necesidades, solo tienen que darme las instrucciones de que es lo que necesitan y se las acondiciono» ahora mi pregunta como puedo ofrecer mis servicios de forma que lleguen a ese nicho, que recomendaciones me darias??, Gracias y felicitaciones por tu apoyo a los emprendedores, soy de VENEZUELA
Responsabilidade e atribuição de tarefas – Costuma-se dizer que “um cão com dois donos passa fome”. Isso acontece porque cada um dos donos acha que o outro fez o trabalho de alimentar o cão. Isto significa que se não existir alguém responsável pela tarefa de produção de conteúdo, seja ela gravar um vídeo ou escrever um texto para o blog, essa tarefa não vai ser cumprida. Simples assim.
Depois disso, é importante que os seus conteúdos estejam devidamente otimizados para o Google para que o robot de rastreamento entenda o seu conteúdo, quais as partes mais importantes e, principalmente, qual a palavra-chave que define a sua peça de conteúdo. Isto não significa que você deverá escrever a mesma palavra-chave inúmeras vezes no seu post! Isso chama-se manipulação e pode resultar numa penalização por parte do Google, ok?
Embora à princípio possa parecer uma ciência exata ou bastante simples de colocar em prática, na verdade, o marketing de conteúdo exige bastante determinação, foco e atenção. É importante planejar corretamente e antecipadamente todos os conteúdos que você precisa fazer, organizar a sua equipe, definir objetivos para cada um dos seus conteúdos, etc. Existem vários tipos de conteúdos que você poderá produzir, tanto para o seu blog pessoal, quanto para o blog da sua empresa. Você decide quais conteúdos e qual a estratégia deseja implementar, mas é importante que tenha noção do que cada um desses itens exige em termos de esforço e dedicação. Vamos ver:
Muita gente entende que inbound marketing é uma coisa e marketing de conteúdo é outra. Mas ainda existem pessoas que acreditam que ambos são a mesma coisa. A realidade, é que o marketing de conteúdo é uma estratégia que faz parte do inbound marketing. Quando falamos de inbound marketing, é preciso entender que se trata de um amplo planejamento, que utiliza as estratégias do marketing digital. E o conteúdo é um dos grandes pontos de uma boa campanha de inbound.
De todos los negocios el más interesante, con más ventajas y menos desventajas es el DROPSHIPPING, porque una persona puede vender en todas las categorías sin ser dueño de lo productos,aunque no entiendo mucho de lo que mencionas que si hay problemas «uno mismo debe responder ante el cliente», también me preocupa lo de hacerse visible en internet para poder vender, es decir, me pregunto si para este negocio hay que tener una página web con hosting, y posicionamiento, porque no conozco del tema y a estas alturas en hoy en días hay expertos en esto, pero no puedo contratar a alguien porque no tengo el dinero ahora para ello, por favor qué me aconsejas ? Muchas gracias.
A consistência é fundamental porque ela cria uma rotina junto dos seus leitores. Não é à toa que a Kéfera Buchmann publica um vídeo novo todas as quintas-feiras. Além disso, criar uma pressão para produzir esses conteúdos (e não falhar com seu público) cria também uma consistência muito importante, que gera não só tráfego recorrente de leitores assíduos, mas também tráfego de novos visitantes que estão descobrindo esses conteúdos pela primeira vez.
Marketing de conteúdo ou content marketing é um termo extremamente popular nos dias de hoje. No entanto, o marketing de conteúdo existe desde que a internet existe. No seu conceito geral, marketing de conteúdo significa produzir conteúdos altamente relevantes para o seu público-alvo, como forma de ajudá-lo a esclarecer as suas dúvidas, a atrair potenciais clientes ou simplesmente fazer de si uma autoridade num determinado tema. Naturalmente, quanto melhor o conteúdo que você produz, maior será a percepção do seu público de que você é uma autoridade naquilo que fala.
Para os especialistas do marketing, o Marketing de Conteúdo "é o novo SEO e o coração do sucesso on-line". Ao produzir conteúdo, a empresa permite que as pessoas leiam ou assistam, compartilhem, tirem dúvidas e aprendam. Uma estratégia de conteúdo que gera resultados demanda uma série de fatores, como: conhecimento profundo das características, perfis, gostos e preferências do público-alvo; alinhamento com os objetivos de negócio; métricas bem definidas; diversidade de produtos, para contemplar mais possibilidades de aprendizado, via texto, imagem e som.
O marketing de conteúdo vem justamente agregar esses valores a sua marca. Quanto mais pessoas acessarem os seus conteúdos, maior o número de leads gerados e, se forem bem nutridos, maior o número de vendas e maior o seu faturamento. Conteúdo de qualidade é mais do que a apresentação da sua empresa, é ponto crucial para o sucesso de qualquer empreendimento.
O desemprego é prontamente mais alto do que vem sendo desde o começo da década de 1980, e várias pessoas estão em pânico por causa de não podem localizar trabalho. Se você está buscando uma escolha de carreira sólida, você podes apenas achar que o marketing da filial pode ser um grande passo. Saiba mais sobre isto outras das sugestões mais quentes da filial no artigo abaixo.
×