Partindo da premissa de que marketing de conteúdo se baseia no desenvolvimento de um público fiel, uma nova tendência começa a ser discutida no mercado internacional. Marcas que de fato conseguem criar públicos fiéis podem vislumbrar novas formas de gerar receitas. Esse é o propósito central do livro "Killing Marketing[28]", lançado em setembro de 2017 pelos estadunideneses Joe Pulizzi e Robert Rose, fundador e diretor do Content Marketing Institute.


Aprender o básico em informática é imprescindível nos dias de hoje. Procure uma escola de computação registrada e séria que ofereça cursos rápidos sobre como navegar na internet. Algumas oferecem cursos de online commerce e ensinam como fazer a divulgação do produto ou marca, seja nas redes sociais ou usando outras ferramentas, bem como criar uma extensa network, que facilitará o desenvolvimento de seu negócio. Talvez você desenvolva uma tarefa que não precise sequer usar o computador, mas é bom entender de recibos, contratos, orçamentos, contabilidade para organizar e tocar seu negócio de forma que saiba se virar quando precisar.
Os autores propõem, uma nova abordagem para o marketing de conteúdo, na qual os departamentos de marketing deixam de ser um mero suporte para vendas e se transformem em geradores de receita. Embora poucas empresas até agora tenham conseguido atuar dessa maneira — como Lego, Red Bull e Disney —, o livro prevê que o modelo de negócios de empresas de mídia, produtos e serviços seja hoje muito parecido. Isso significa que empresas de mídia possam vender produtos ou serviços, bem como empresas de produtos ou serviços possam monetizar seus públicos. Joe Pulizzi, um dos autores, explicou o propósito apresentado no livro da seguinte maneira:
AIO Tudo em um Bluetooth fone de ouvido estéreo Bluetooth navegador gerador de checksum utilitário de verificação arquivos de sistema de limpeza Limpar arquivos do sistema cópia de Corseca d unidade completa Dell Byte Corseca janelas modo seguro dell 10 fabricante de projeto e dirigir completo ePrint fabricante de apresentação gratuita design gráfico disco rígido completo gerador de hash HP3545 HP3545e fabricante de infográfico infográficos fabricante de infográficos Jato de tinta espaço baixo disco pouco espaço em disco MD5 Impressora Fotográfica fabricante de apresentação Impressora fabricante de impressão ransomware remover programas a falta de espaço em disco digitalização SHA-1 iniciar hp laptop em modo de segurança do Windows 10 sentido de armazenamento janelas janelas 10 janelas 10 modo de segurança impressora sem fio
Os autores propõem, uma nova abordagem para o marketing de conteúdo, na qual os departamentos de marketing deixam de ser um mero suporte para vendas e se transformem em geradores de receita. Embora poucas empresas até agora tenham conseguido atuar dessa maneira — como Lego, Red Bull e Disney —, o livro prevê que o modelo de negócios de empresas de mídia, produtos e serviços seja hoje muito parecido. Isso significa que empresas de mídia possam vender produtos ou serviços, bem como empresas de produtos ou serviços possam monetizar seus públicos. Joe Pulizzi, um dos autores, explicou o propósito apresentado no livro da seguinte maneira:
Se você quiser outros exemplos, basta ver os blogs da Expedia, McDonald’s, RedBull, GoPro, entre outras empresas que usam o marketing de conteúdo como uma estratégia extremamente importante na geração de contatos e interesse sobre as marcas. É o mesmo que você imaginar uma estratégia comercial apelativa, sem vender qualquer produto. Vender sem vender.
Se você tem uma empresa de arquitetura, por exemplo, você poderá falar de vários assuntos relacionados com arquitetura, design, design de produto, design de interiores, etc. Se você tem uma agência de Marketing Digital, por exemplo, você poderá falar sobre E-Commerce, Redes Sociais, UX/UI, Mobile, entre outros assuntos. Diversificação não só é fundamental, como ajuda você a ter a ideias para novos conteúdos a publicar.
Una pregunta acerca del dropshipping: ¿Se puede vender el artículo más barato que como lo tiene el mayorista en su web? Me explico: Supongamos que mi tienda online vende cámaras de acción deportivas. El mayorista de una conocida marca me las deja, por ejemplo, a 200€ y en su web las vende a 280€. ¿Puedo o me dejaría vender las cámaras a menos de 280€? Me da a mí que no, pero si me lo puedes confirmar te lo agradecería. Entiendo que me dejen venderlo mínimo a su precio y que yo me lleve solo el margen…
En la plataforma de afiliados de amazon podrás buscar productos para recomendarlos en tu web o blog. Una vez hayas elegido el producto que quieres promocionar, Amazon te dará el enlace (link o url) para que los usuarios de tu web o blog hagan click en él y les lleve al producto que has elegido para promocionar. Si los usuarios compran gracias a tu link, tú recibirás una comisión por lograr la venta.

This website uses cookies to improve your experience while you navigate through the website. Out of these cookies, the cookies that are categorized as necessary are stored on your browser as they are essential for the working of basic functionalities of the website. We also use third-party cookies that help us analyze and understand how you use this website. These cookies will be stored in your browser only with your consent. You also have the option to opt-out of these cookies. But opting out of some of these cookies may have an effect on your browsing experience.
Para os especialistas do marketing, o Marketing de Conteúdo "é o novo SEO e o coração do sucesso on-line". Ao produzir conteúdo, a empresa permite que as pessoas leiam ou assistam, compartilhem, tirem dúvidas e aprendam. Uma estratégia de conteúdo que gera resultados demanda uma série de fatores, como: conhecimento profundo das características, perfis, gostos e preferências do público-alvo; alinhamento com os objetivos de negócio; métricas bem definidas; diversidade de produtos, para contemplar mais possibilidades de aprendizado, via texto, imagem e som.
O marketing de conteúdo vem justamente agregar esses valores a sua marca. Quanto mais pessoas acessarem os seus conteúdos, maior o número de leads gerados e, se forem bem nutridos, maior o número de vendas e maior o seu faturamento. Conteúdo de qualidade é mais do que a apresentação da sua empresa, é ponto crucial para o sucesso de qualquer empreendimento.

Muita gente entende que inbound marketing é uma coisa e marketing de conteúdo é outra. Mas ainda existem pessoas que acreditam que ambos são a mesma coisa. A realidade, é que o marketing de conteúdo é uma estratégia que faz parte do inbound marketing. Quando falamos de inbound marketing, é preciso entender que se trata de um amplo planejamento, que utiliza as estratégias do marketing digital. E o conteúdo é um dos grandes pontos de uma boa campanha de inbound.


O conceito de persona: Em primeiro lugar, você precisa definir a sua persona. Você deve estar se perguntando: por quê? A resposta é muito simples, o Marketing de Conteúdo é centrado no cliente (ou possível cliente) da sua marca. Dessa forma, você deve conhecer essa pessoa a fundo, seus hábitos, comportamentos, necessidades, dúvidas e o que ela realmente procura de informação e conteúdo para ajudá-la no seu dia a dia. É aqui que entra a persona!
Parabéns Alex,sempre com conteúdo que nos faz abrir os olhos pra novas possibilidades. Trabalhar como afiliado é fantástico pq primeiro você começa a vender produtos de outras pessoas, só que ao longo do tempo você vai percebendo que também tem um certo conhecimento e que pode transmitir esse conhecimento de várias formas e gerar ainda mais vendas. Ser afiliado é uma excelente opção para começar.
×