Os autores propõem, uma nova abordagem para o marketing de conteúdo, na qual os departamentos de marketing deixam de ser um mero suporte para vendas e se transformem em geradores de receita. Embora poucas empresas até agora tenham conseguido atuar dessa maneira — como Lego, Red Bull e Disney —, o livro prevê que o modelo de negócios de empresas de mídia, produtos e serviços seja hoje muito parecido. Isso significa que empresas de mídia possam vender produtos ou serviços, bem como empresas de produtos ou serviços possam monetizar seus públicos. Joe Pulizzi, um dos autores, explicou o propósito apresentado no livro da seguinte maneira:


Discordo completamente de quem pensa isto. O e-mail marketing continua sendo uma das principais fontes de conversão em vendas das minhas ações de marketing digital e é uma ferramenta extremamente poderosa de persuasão, comunicação e conversão. Naturalmente, uma boa estratégia de e-mail marketing prevê uma boa segmentação do público-alvo. Tal como em qualquer outra ação de marketing digital, a segmentação é o segredo para a conversão. Não faz sentido enviar um conteúdo sobre programas de afiliados para um subscritor que está interessado em saber como criar um blog. Essa segmentação é fundamental para que os resultados sejam realmente eficazes.
Segmentação é o segredo – Sem uma boa segmentação da sua base de dados, principalmente por interesses, você estará basicamente a fazer como as empresas que anunciam na televisão para qualquer público. Seria o mesmo que enviar uma mensagem para qualquer pessoa, sem entender se essa pessoa está realmente interessada no assunto ou não. Sendo assim, a taxa de conversão será miserável.
Dessa forma, você pode criar um Podcast – ou seja, uma peça de áudio – para compartilhar, pode dedicar tempo à criação de Webinars (conferências online sobre seus produtos, serviços e temáticas relevantes para o seu campo de atuação). Você pode desenvolver aplicativos para dispositivos móveis, publicar eBooks e até mesmo desenvolver jogos temáticos.

Mark recomenda 11 Nichos para começar com. Ele faz a maior parte de sua renda a partir destes 11 niches. Já escolheu o nicho certo?  Se não, em seguida, ele quase certamente retê-lo. Se você está no processo de construção de seu primeiro site ou apenas começou a pensar em fazer a on-line, então você pode encontrar aqui o que você deve torná-lo sobre.

A grande vantagem do marketing de conteúdo é que, dependendo do tipo de conteúdo que você escreve, ele pode gerar um tráfego orgânico perpétuo ao longo do tempo, o que significa atrair potenciais clientes para o seu negócio ao longo de vários meses ou anos. Imagine publicar 30 artigos no site da sua empresa ou no seu blog pessoal, que possam atrair mensalmente 5 a 10 novos clientes todos os meses. O custo de aquisição de cada um desses clientes, ao longo do tempo, irá reduzir drasticamente, porque o seu investimento já foi realizado lá no início quando você produziu a peça de conteúdo, entendeu?
Ao longo dos últimos 10 anos, já escrevi mais de 5.000 artigos em sites e blogs. Uma das coisas que aprendi com esta experiência é que a consistência é fundamental para atingir bons resultados no médio/longo prazo. Isso significa publicar novos conteúdos em seu blog com alguma frequência. Naturalmente, não existe uma regra definida para isso, então você poderá escrever um post por semana, dois posts por semana ou um post por dia. Você decide como prefere fazer, tendo em consideração que você precisa conseguir realizar esse trabalho sem complicar sua agenda.
Um gerente de mídia social irá desenvolver os seguidores, envolvê-los e mantê-los atualizados, e ajudá-los a convertê-los em clientes potenciais, fãs ativos e promotores da empresa. Deve ter conhecimento das melhores práticas e tendências no marketing de redes sociais, desfrutar de ser criativo e entender como construir e converter um público digital.

Segmentação é o segredo – Sem uma boa segmentação da sua base de dados, principalmente por interesses, você estará basicamente a fazer como as empresas que anunciam na televisão para qualquer público. Seria o mesmo que enviar uma mensagem para qualquer pessoa, sem entender se essa pessoa está realmente interessada no assunto ou não. Sendo assim, a taxa de conversão será miserável.
O desemprego é prontamente mais alto do que vem sendo desde o começo da década de 1980, e várias pessoas estão em pânico por causa de não podem localizar trabalho. Se você está buscando uma escolha de carreira sólida, você podes apenas achar que o marketing da filial pode ser um grande passo. Saiba mais sobre isto outras das sugestões mais quentes da filial no artigo abaixo.
O vídeo é provavelmente o formato de conteúdo que gera mais autoridade nos dias de hoje. Se você imaginar que um conteúdo escrito, embora relevante, não tem o seu autor em primeiro plano e que um vídeo coloca você em frente ao seu potencial cliente, você provavelmente irá entender a diferença. O vídeo humaniza o seu conteúdo e o coloca numa posição de maior destaque, o que aumenta a sua notoriedade e gera uma maior confiança junto ao seu público. Vários estudos indicam que um vídeo numa página de venda de um produto aumenta em mais de 80% a intenção de compra do cliente, o que traduz bem a confiança que um vídeo pode gerar.
Esse conceito não é estranho para você, certo? O funil de vendas é uma representação dos estágios que o seu possível cliente passa até a conclusão da compra. Dividido em três partes: topo (aprendizado e descoberta), meio (reconhecimento do problema e considerando a solução) e fundo (decisão de compra); o funil de vendas tem papel determinante para definir as estratégias de marketing de uma empresa. E com o marketing de conteúdo não é diferente. Cada etapa do funil exige conteúdos diferentes com o objetivo de que o cliente passe de uma para a outra, até chegar ao fundo.
Maria tem 30 anos e acabou de abrir a sua primeira empresa: um salão de beleza. Ela precisa controlar o fluxo de caixa com segurança para evitar problemas no faturamento, lidar com o estoque para evitar excesso e falta de produtos, além de gerenciar a sua equipe de trabalho, contando sempre com pessoas motivadas e dispostas a atender o cliente da melhor forma possível. Maria é casada, tem dois filhos pequenos, costuma consumir informação na internet de forma rápida e dinâmica, pois não sobra muito tempo na sua rotina para isso. Gosta muito de acessar as redes sociais. Ela está em busca de uma solução que ajude a controlar a parte operacional e financeira da sua empresa, sobrando tempo para outras atividades.
×