A criação de e-books é outra forma interessante de colocar o marketing de conteúdo a trabalhar a seu favor. Imagine por exemplo que você escreve 30 artigos no seu blog e que 10 desses artigos estão relacionados a um único tema. Você poderá facilmente compilar esses 10 artigos num e-book, ajustar os textos, dar uma revisada e publicar um e-book prático que os seus potenciais clientes possam descarregar. Naturalmente, isso é uma excelente forma de geração de leads e potenciais contatos que poderá posteriormente nutrir por meio de uma estratégia de e-mail marketing , passando-s de leads a clientes da sua empresa/negócio. Quem faz muito bem isso é a HubSpot e a SocialBakers, que estão constantemente lançando pequenos e-books sobre determinadas temáticas, com uma estratégia clara de captação de leads. Assim, você também poderá investir um pouco mais de tempo e criar algo realmente único. Isso então seria fantástico!
A grande vantagem do marketing de conteúdo é que, dependendo do tipo de conteúdo que você escreve, ele pode gerar um tráfego orgânico perpétuo ao longo do tempo, o que significa atrair potenciais clientes para o seu negócio ao longo de vários meses ou anos. Imagine publicar 30 artigos no site da sua empresa ou no seu blog pessoal, que possam atrair mensalmente 5 a 10 novos clientes todos os meses. O custo de aquisição de cada um desses clientes, ao longo do tempo, irá reduzir drasticamente, porque o seu investimento já foi realizado lá no início quando você produziu a peça de conteúdo, entendeu?
Madre mía David que rato llevo leído todo y super interesante llevo tiempo queriendo lanzarme a este mundillo para sacarme algún dinerillo pero siempre lo dejo colgado me quedo atascada pensando, No soy nada creativa y pienso pienso pienso pero no sé ni por dónde empezar pero tú me has ayudado mucho espero que esta vez sea la definitiva y me lance a la piscina gracias
Nao sao para mim suas dicas de trabalho, pois sao de grandes movimentação. Ja tenho alguns problemas com ossos, artrite artrose e etc. Seria para vendas de Market ao laine ou propagandas. No momento estou de perna para o ar com cirurgia de veias safena. Quero ser independente mas vejo que nao é o momento. Meu trabalho seria pela meu celular. Gostei das dicas, obrigada. Boa noite.
Certifique-se de digitar tema de propriedade e, logo depois, melhorá-lo com links afiliados. Considere tuas ligações da filial como recursos para seus freguêses que tornarão menos difícil para eles adquirir o produto ou serviço que você francamente orientar. Se a sua avaliação do artefato for raso e deixar claro que você não tem realmente experiência pessoal com o item, ninguém vai clicar em seus hiperlinks – não importa quantos você postar!
Um bom design vende mais – A grande maioria dos profissionais e empresas tendem a descurar imenso a imagem. Seja através da comunicação por newsletters ou nos seus posts do Facebook. A sua imagem dita não só a qualidade do seu trabalho, como também ajuda a vender mais ou menos. É o mesmo que você imaginar uma empresa de limpezas, onde você chega e o escritório está completamente desarrumado e sujo. Não faz sentido, certo? Preocupar-se com o design das suas newsletters é fundamental para atingir bons resultados.
Foi o que a rede de hotéis Four Seasons descobriu. Quando um cliente entra em um hotel, ele deseja aproveitar diferentes coisas na própria cidade onde está. Para que ele não precisasse de guias extremamente caros, a empresa resolveu abrir uma conta no Pinterest. Criando um perfil para cada um de seus resorts, a rede de hotéis começou a fazer um guia repleto de dicas de gastronomia, lazer, turismo e muito mais.
Consegue imaginar uma empresa que, com somente 4.500 dólares ousou investir em aparelhos de barbear e concorrer com ninguém menos do que a Gillette? Pois essa foi a ideia dos fundadores desta empresa. Porém, eles optaram por fazer um atendimento personalizado aos seus clientes, um diferencial, que nenhuma das grandes empresas havia se atentado até então.
Marketing da filial é nada mais do que uma rede site. Vamos dizer que você possui um negócio de decoração de interiores. Seu site é dedicada a promover a sua empresa e chegar aos potenciais clientes. Enquanto o serviço é basicamente viajar para locais e realizando consultas para redecorar quartos e empresas, você sabe que aqueles que estão interessados ​​em redecorar suas casas também estão em acessórios domésticos, tais como velas, cortinas, móveis antigos, etc Neste caso, o marketing da filial, para casa Internet negócio envolveria entrar em contato com empresas que vendem esses itens, pedir sua permissão para postar links para seus sites em seu Web site, e recolher um percentual do lucro para cada compra que a empresa recebe porque alguém clicou no link do seu site para os seus e comprou um item.
O autor Hugh Hewitt estava coberto de razão em sua obra “Blog: Entenda a Revolução: o século XXI é o século da Internet”. Em 2007, quando a obra foi lançada, a produção de conteúdo ainda não havia alavancado com tanta força como hoje. Limitações técnicas, como baixa velocidade oferecida pelos provedores, conexões à internet menos acessíveis às massas ...
Dessa forma, você pode criar um Podcast – ou seja, uma peça de áudio – para compartilhar, pode dedicar tempo à criação de Webinars (conferências online sobre seus produtos, serviços e temáticas relevantes para o seu campo de atuação). Você pode desenvolver aplicativos para dispositivos móveis, publicar eBooks e até mesmo desenvolver jogos temáticos.
Mais tráfego iguala mais lucros. Quanto mais tráfego você pode dirigir para o seu site, o mais bem sucedido seu negócio Internet casa vai ser. Se uma empresa vê que seu site é visitado regularmente por centenas de pessoas diariamente, você não terá problemas com a obtenção de outras empresas que querem fazer parceria com você. Eu sei que você está pensando! Direcionar o tráfego? Como eu faço isso?
En cuanto al dropshipping, necesitas una tienda online donde directamente los clientes te compran a ti (con la logística que eso conlleva) y tú comprarás los productos directamente al mayorista que es quien se los envía al cliente en el nombre de tu tienda por lo que no tendrás que preocuparte de envíos ni del stock. Aquí en definitiva es como si fuera una tienda online donde solo te tienes que ocupar de vender y según el acuerdo que tengas con los proveedores podrás ganar más o menos dinero.
×