A verdade é que o Marketing de Conteúdo chegou para ficar. Se a sua empresa ainda não parou para refletir e desenhar as suas estratégias, você está perdendo tempo. Hoje, as pessoas querem mais do que consumir produtos, elas querem engajar com marcas que estão ali para ajudá-las quando necessário, querem falar e ser ouvidas, querem empresas responsáveis, verdadeiras e que transmitem confiança nas suas relações.

A consistência é fundamental porque ela cria uma rotina junto dos seus leitores. Não é à toa que a Kéfera Buchmann publica um vídeo novo todas as quintas-feiras. Além disso, criar uma pressão para produzir esses conteúdos (e não falhar com seu público) cria também uma consistência muito importante, que gera não só tráfego recorrente de leitores assíduos, mas também tráfego de novos visitantes que estão descobrindo esses conteúdos pela primeira vez.

Com a internet cada vez mais abundante de informações, é raro que os usuários tenham disponibilidade de tempo e interesse a ponto de autorizar a exibição para só então descobrir do que o email trata. É preciso que o email mostre a que veio logo de cara. Ao usar apenas uma imagem, muitos destinatários irão ignorar o email, ou ainda deletá-lo ou marcá-lo como spam.
3. Vantagem em relação aos concorrentes: Esse é o sonho de todo empresário, não é? Em um mercado cada vez mais concorrido, ao trazer um conteúdo de fato pensado para sanar as dúvidas e dores dos seus possíveis clientes, você conquista a sua confiança e uma grande vantagem competitiva. Afinal, quando precisar de um novo produto ou serviço, aquela pessoa, provavelmente, irá procurar primeiro a sua empresa, pois já tem uma imagem positiva construída na sua cabeça e sabe que você está ali para ajudá-la. Com uma marca forte e estabelecida na mente dos seus possíveis clientes, tudo fica mais fácil.
Outro grande pilar do Marketing de Conteúdos é a criação e difusão de peças gráficas nos blogs e nas redes sociais. Tais conteúdos se encontram entre os mais compartilhados em Social Media já que são muito mais atraentes visualmente. Entre os conteúdos que podemos criar, podemos incluir infográficos, criar GIFs, usar fotografias, ilustrações e imagens com texto.
Olá, Valéria!!! Adorei seu post, e fiquei até mais entusiasmado em montar meu próprio negócio virtual. A idéia que gostaria de receber mais dicas é sobre o que comprar e como comprar com segurança da China ou EUA produtos eletro-eletrônicos de grande procura. Moro em uma pequena cidade do interior de Minas e aqui a atividade econômica é agropecuária, principalmente cafeicultura e leite.
Are you a successful blogger who wants to run ads on your site and earn a healthy commission? Or do you want to sign up (and pay) for a program or network of affiliate marketers like Stack That Money where you can supposedly learn from those affiliate marketing veterans who are moving around constantly from vertical to vertical and tactic to tactic?
En cuanto al dropshipping, necesitas una tienda online donde directamente los clientes te compran a ti (con la logística que eso conlleva) y tú comprarás los productos directamente al mayorista que es quien se los envía al cliente en el nombre de tu tienda por lo que no tendrás que preocuparte de envíos ni del stock. Aquí en definitiva es como si fuera una tienda online donde solo te tienes que ocupar de vender y según el acuerdo que tengas con los proveedores podrás ganar más o menos dinero.
×