A frequência e o método de pagamento também variam. A maioria dos programas paga mensalmente aos afiliados, embora alguns paguem com mais frequência. Alguns exigem que os ganhos das afiliadas atinjam um limite específico, que pode chegar a US $ 25 ou até US $ 100. Alguns programas não possuem um limite. Existem programas que pagam através de depósito direto em seu banco, mas um grande número paga através do PayPal.

4. Ganhar visibilidade. O Marketing de Conteúdo também é uma ferramenta e tanto para aumentar a visibilidade da sua empresa nesse universo online. Isso inclui blogs, sites, redes sociais, buscador do Google, fóruns, etc. Com um bom posicionamento nesses ambientes, você será encontrado com mais facilidade e irá aparecer para seus clientes e leads. Lembre-se sempre: “quem não é visto, não é lembrado”. Essa é uma das chaves para o sucesso em um mercado tão competitivo!
Já Kotler, Kartajaya e Setiawan, no livro Marketing 4.0[8], dividem os objetivos do Marketing de Conteúdo em duas grandes categorias: a primeira ligada às vendas: geração de leads, vendas efetivas, cross-selling, up-selling e vendas por indicação de outros clientes”; e a segunda categoria reúne as metas relacionadas à marca: “consciência de marca, associação da marca e fidelidade/defesa da marca”.
Llevo tiempo buscando informscion acerca de estos temas y nunca daba con algo interesante, puesto que estoy en una etapa de mi vida en la cual el cuerpo me pide emprender y que mejor forma de empezar que con un negocio online (en mi opinion), pero no tenia idea de que hubieran tantas modalides de e-commerce para elegir, en fin, me has sido de gran ayuda y tenia que hacertelo saber.
Caso você não tenha entendido a diferença, atente-se, por exemplo, o meu percurso profissional. Quando comecei meu primeiro blog de conteúdo lá em 2008, eu era tudo menos conhecido nesse mercado. Na realidade, naquela altura ninguém falava sobre marketing de conteúdo ou inbound marketing. Esses termos ainda eram uma miragem naquela altura. No entanto, foi através da produção de conteúdos em texto (artigos e tutoriais) e vídeo (aulas, webinários, palestras, etc.) que eu me posicionei como um especialista em marketing digital, sem que na verdade tenha de alguma forma publicitado essa característica profissional. O próprio mercado, ao longo dos anos e através dos conteúdos que eu produzia, foi determinando que eu era um especialista em Marketing Digital e Marketing de Afiliados, os dois temas que eu mais abordei ao longo dos últimos 10 anos.

Se precisar exemplifique, mostre como fica mais fácil ser reconhecido como uma autoridade em um assunto quando você produz conteúdos autorais e de qualidade, apresente casos de grandes referências que chegaram lá por produzir conteúdo. No blog do RD Station, temos uma série de exemplos de clientes onde trazemos alguns casos muito legais, confira nesse link onde comentamos casos de clientes que criaram conteúdos ricos de maneira fácil e que deram resultado, uma mãozinha a mais para você demonstrar de maneira prática que o Marketing de Conteúdo gera resultado.


Para conhecer seu ROI o primeiro passo é saber estimar os custos e as receitas derivadas da produção do Marketing de Conteúdo na sua empresa. Esses valores podem englobar diferentes estimativas, como por exemplo: salário da equipe, horas de um funcionário alocado para criar contéudo, plataformas utilizadas para compartilhamento, mão de obra terceirizada para produção do conteúdo, Leads gerados a partir de conteúdos que posteriormente fecharam uma venda, e por aí vai. Conhecendo exatamente esse números fica mais fácil de quantificar o seu retorno. Poderíamos separar esses resultados em dois tipos de métricas.
¡Hola Juanjo! Realmente es muy complicado hacer un cálculo aproximado, ya que depende del tipo de negocio y enfoque que quieras darle. Hay páginas web que requieren muy poca inversión y otras que requieren mucho. El tráfico pagado es una opción, pero es cierto que también se puede conseguir tráfico orgánico con una buena estrategia de SEO 😉 ¡Un saludo!
Na próxima etapa, o meio do funil, esse possível cliente já descobriu um problema e está atrás de possíveis soluções, ou seja, um passo a mais no processo de decisão de compra. Nesse momento, o conteúdo deve se manter informativo, mas trazendo soluções sem falar demais da sua empresa. Uma boa alternativa é capturar os dados dessa pessoa, como por meio de um formulário, oferecendo algo em troca, como um e-book ou um webinar. Ao levantar esses dados, você pode iniciar um trabalho de qualificação dessa pessoa e estreitar o relacionamento.

Essas dicas são muito úteis mas não saia despreparado jogando informações na mesa. Personalize seus argumentos e adote a linguagem que o seu líder usa para convencê-lo. Coloque-se no lugar dele ao escolher argumentos que farão sentido. Case os objetivos que a empresa quer atingir com os conteúdos que serão abordados na produção de conteúdo. Mas o que falar? Nos conteúdos da Resultados Digitais sempre ressaltamos para nossos clientes vários pontos importantes, mas o que é mais frequentemente usado é: o Marketing de Conteúdo é um ativo permanente, explique para direção da empresa que quando você produz e publica conteúdo o benefício que ele traz, ou melhor o ROI, é de longa duração.
×