Muita gente entende que inbound marketing é uma coisa e marketing de conteúdo é outra. Mas ainda existem pessoas que acreditam que ambos são a mesma coisa. A realidade, é que o marketing de conteúdo é uma estratégia que faz parte do inbound marketing. Quando falamos de inbound marketing, é preciso entender que se trata de um amplo planejamento, que utiliza as estratégias do marketing digital. E o conteúdo é um dos grandes pontos de uma boa campanha de inbound.

Nessa área do marketing, a boa notícia é que é possível fazer testes e mudar a estratégia com relativa rapidez. Então, o segredo é sempre mensurar o que você está fazendo e quando os números não estiverem interessantes, talvez seja a hora de testar algo novo. Aquele post no Facebook não teve o engajamento esperado, que tal mudar a chamada ou a imagem? E aquele post no blog não foi tão acessado? De repente mudando o título ou revisando as palavras-chave escolhidas os indicadores melhorem. E, claro, não esqueça de sempre acompanhar o que os outros estão fazendo. O famoso Benchmarking. Falaremos melhor dele na sequência.
Quando o problema começou? Identificar o tempo que você tomou conhecimento do problema é importante. Se você tiver recentemente efectuado quaisquer alterações ao seu sistema eo problema apareceu logo depois, é bastante provável que a mudança particular é a causa. Não reter informações da equipe de apoio, cada bit de conhecimento é crucial para identificar a fonte de dificuldade.
E não adianta, o boca a boca ainda é muito forte e importante para empresas de todos os portes. Cada pessoa que indica o seu produto e/ou serviço para outras gera muitos leads que, provavelmente, irão procurar o seu negócio quando sentirem necessidade. E aqui o Marketing de Conteúdo é determinante, tanto para criar defensores da marca, quanto para estar preparado para nutrir e desenvolver a confiança das pessoas para as quais eles indicarem o seu negócio.
A consistência é fundamental porque ela cria uma rotina junto dos seus leitores. Não é à toa que a Kéfera Buchmann publica um vídeo novo todas as quintas-feiras. Além disso, criar uma pressão para produzir esses conteúdos (e não falhar com seu público) cria também uma consistência muito importante, que gera não só tráfego recorrente de leitores assíduos, mas também tráfego de novos visitantes que estão descobrindo esses conteúdos pela primeira vez.
Para isso, a melhor alternativa é contar com a ajuda profissional de uma agência de marketing de conteúdo, 100% preparada para entender a sua persona e produzir esses conteúdos para você. A RedaWeb está nesse mercado há anos e soma mais de 4 mil clientes atendidos, e mais de 50 mil textos produzidos. Com uma equipe que ultrapassa 100 jornalistas e redatores, nossa agência de conteúdo digital está pronta para ajudar a sua marca a alcançar os melhores resultados, com um trabalho e acompanhamento personalizado, de acordo com as suas necessidades.
Citations should indicate: Archived in the Library of Congress Web Archives at www.loc.gov. When citing a particular website include the archived website's Citation ID (e.g., /item/lcwa00010240). Researchers are advised to follow standard citation guidelines for websites, pages, and articles. Researchers are reminded that many of the materials in this web archive are copyrighted and that citations must credit the authors/creators and publishers of the works. For guidance about compiling full citations consult Citing Primary Sources.
2. Relacionamento: Através do Marketing de Conteúdo, você se aproxima dos seus clientes e potenciais clientes, permitindo a construção de uma relação pautada na confiança e na interação. Ao oferecer conteúdos relevantes e realmente úteis, você permite que eles tomem decisões mais assertivas, além de mostrar-se sempre ali à disposição para o que eles precisarem ao longo da jornada. Esse é um dos segredos das empresas de sucesso nos dias de hoje, pense nisso!
Dessa forma, você pode criar um Podcast – ou seja, uma peça de áudio – para compartilhar, pode dedicar tempo à criação de Webinars (conferências online sobre seus produtos, serviços e temáticas relevantes para o seu campo de atuação). Você pode desenvolver aplicativos para dispositivos móveis, publicar eBooks e até mesmo desenvolver jogos temáticos. 

Responsabilidade e atribuição de tarefas – Costuma-se dizer que “um cão com dois donos passa fome”. Isso acontece porque cada um dos donos acha que o outro fez o trabalho de alimentar o cão. Isto significa que se não existir alguém responsável pela tarefa de produção de conteúdo, seja ela gravar um vídeo ou escrever um texto para o blog, essa tarefa não vai ser cumprida. Simples assim.

Aprender o básico em informática é imprescindível nos dias de hoje. Procure uma escola de computação registrada e séria que ofereça cursos rápidos sobre como navegar na internet. Algumas oferecem cursos de online commerce e ensinam como fazer a divulgação do produto ou marca, seja nas redes sociais ou usando outras ferramentas, bem como criar uma extensa network, que facilitará o desenvolvimento de seu negócio. Talvez você desenvolva uma tarefa que não precise sequer usar o computador, mas é bom entender de recibos, contratos, orçamentos, contabilidade para organizar e tocar seu negócio de forma que saiba se virar quando precisar.


Use dados estratégicos:  como o marketing de conteúdo direciona o tráfego orgânico para o site, a empresa pode gastar menos em compra de mídia. E há pesquisas, como a feita pela Kapost e Eloqua, que indicam que o Marketing de Conteúdo chega a ultrapassar o ROI de links patrocinados em até 3 vezes.  Essa é, inclusive, uma das grandes vantagens do Marketing de Conteúdo: a capacidade de geração de Leads. O resultado na maioria das vezes será proporcional, quanto mais autoridade você tem sobre determinado assunto maior será a quantidade de Leads gerados.
Com conteúdos relevantes, a sua empresa estabelece uma relação de confiança e se faz presente em diversas etapas da vida do seu consumidor. Você já se colocou no lugar do seu cliente? Ele pode contar com a sua empresa para resolver problemas do dia a dia e consumir informação realmente valiosa? Assim, torna-se mais fácil fazer com que ele engaje com a sua marca. E isso nos leva ao próximo ponto.
Consistência é fundamental – A célebre frase “quem não aparece rapidamente é esquecido” não existe por acaso. A consistência das suas ações irá determinar o sucesso do seu negócio. Se você começa a publicar 1 artigo por semana no seu blog, é extremamente importante que mantenha essa consistência, caso contrário os seus leitores irão ficar decepcionados consigo.

Com a internet cada vez mais abundante de informações, é raro que os usuários tenham disponibilidade de tempo e interesse a ponto de autorizar a exibição para só então descobrir do que o email trata. É preciso que o email mostre a que veio logo de cara. Ao usar apenas uma imagem, muitos destinatários irão ignorar o email, ou ainda deletá-lo ou marcá-lo como spam.

Se você criar um perfil no Instagram e outro no Facebook, os conteúdos que você publicar em cada uma dessas redes têm obrigatoriamente de ser diferentes. São público-alvo diferentes, que consomem conteúdos de formas diferentes. Por isso que é importante muitas vezes não estar presente em todas as redes, mas somente naquelas que realmente fazem sentido para os seus objetivos profissionais, sejam eles quais forem.

Mesmo que todo profissional de marketing entenda que quando se escreve com qualidade sobre o seu ramo de atuação é possível transmitir informação relevante aos visitantes, ganhar novas oportunidades de negócio, passar a ser referenciado como uma autoridade no assunto e, claro, criar e estreitar o relacionamento com a sua base de contatos, isso nem sempre fica claro para a liderança da empresa. Mesmo que não faltem motivos para encarar o Marketing de Conteúdo como um dos pilares do sucesso no Marketing Digital, ainda assim você precisa justificar seu valor.
Os "gurus" do marketing da filial, assim como todas as histórias de sucesso do negócio, foram os primeiros a descobrir e aproveitar plenamente o dinheiro que faz oportunidades incríveis disponíveis. "Mercado do marketing da filial" de hoje está saturado e competitivo. Você vai trabalhar hoje mais difícil e mais tempo para fazer uma fração do que muitos fizeram "overnight" quando o negócio era jovem.
Mark Ling, em seu relatório livre, mostra-lhe as etapas exatas que ele toma para obter os melhores produtos da filial para promover. Você deve obter este direito. Se o produto errado é escolhido, um que não converte, então você estaria perdendo muito tempo e também dinheiro, envio de tráfego para seu site e acabam fazendo pouca ou nenhuma venda em tudo. É importante ler este relatório livre, se você não quer perder tempo e dinheiro. Saiba como escolher os produtos da filial direito de vender.
Parabéns Alex,sempre com conteúdo que nos faz abrir os olhos pra novas possibilidades. Trabalhar como afiliado é fantástico pq primeiro você começa a vender produtos de outras pessoas, só que ao longo do tempo você vai percebendo que também tem um certo conhecimento e que pode transmitir esse conhecimento de várias formas e gerar ainda mais vendas. Ser afiliado é uma excelente opção para começar.
×