Actualmente no estamos ofreciendo servicios de asesoría personalizada pero te comento que, de cara a Sept/Oct, lanzaremos un training gratuito con acceso a un curso premium que podría ser de tu interés. Te recomiendo que te suscribas a nuestra newsletter (si aún no lo has hecho 😉 ) que por ahí informaremos de todo, llegado el momento. Un saludo!!!

Isso porque muitos CEOs e empresários não entendem como o Marketing de Conteúdo funciona, vários inclusive desconhecem a terminologia. Por essa razão é essencial que os profissionais de Marketing Digital encontrem uma maneira nova e mais simples de explicar o seu valor e funcionamento. Como tomadores de decisão na empresa é imprescindível que eles entendam e apoiem.

5. Estar presente de diversas formas na vida do seu cliente. O bom do Marketing de Conteúdo é que ele traz diversas formas de interagir e entregar conteúdo de qualidade às pessoas: blogs, redes sociais, e-mail marketing, SEO, e-books, webinars, podcasts e por aí vai. Ou seja, você tem múltiplas possibilidades de impactar e estar presente no dia a dia do seu público-alvo.
Quando o problema começou? Identificar o tempo que você tomou conhecimento do problema é importante. Se você tiver recentemente efectuado quaisquer alterações ao seu sistema eo problema apareceu logo depois, é bastante provável que a mudança particular é a causa. Não reter informações da equipe de apoio, cada bit de conhecimento é crucial para identificar a fonte de dificuldade.

A diferença está no fato de que marketing de conteúdo tem o objetivo de oferecer um conteúdo relevante ao leitor, podendo gerar resultados financeiros ou não. O inbound marketing, por sua vez, não foca exclusivamente no conteúdo, mas em outros pontos como: geração de leads comerciais, e nutrição deles para no futuro, fechar uma venda. Portanto, o inbound marketing é a cabeça e o marketing de conteúdo é um de seus braços. O inbound também inclui em suas táticas elementos de SEO, mídias sociais, marketing de influência e outras formas de comunicação de marca.
Agora você já sabe que deixar de investir e apostar no marketing de conteúdo é tornar-se invisível diante do seu mercado-alvo. E quem irá tirar proveito dessa situação, com certeza, serão os seus concorrentes, que irão se destacar e conquistar o seu espaço. Portanto, conhecer a sua persona, desenhar uma estratégia bem estruturada e começar a colocar em prática, sempre medindo os resultados, são os primeiros passos para trilhar um caminho rumo ao sucesso.
Marketing de conteúdo é o pilar do inbound marketing e consiste, essencialmente, em produzir conteúdos relevantes ou de impacto extremamente positivo na sua audiência alvo, sejam conteúdos educacionais, profissionais, tutoriais ou simplesmente conteúdos de entretenimento. Seja um Gary Vaynerchuck a produzir conteúdos para atrair novos clientes para a sua agência de marketing digital, seja uma Kéfera Buchmann a produzir vídeos de entretenimento que geram visualizações e, com isso, patrocinadores e dinheiro em anúncios, marketing de conteúdo começa e termina no momento em que você produz qualquer tipo de conteúdo.
Se você criar um perfil no Instagram e outro no Facebook, os conteúdos que você publicar em cada uma dessas redes têm obrigatoriamente de ser diferentes. São público-alvo diferentes, que consomem conteúdos de formas diferentes. Por isso que é importante muitas vezes não estar presente em todas as redes, mas somente naquelas que realmente fazem sentido para os seus objetivos profissionais, sejam eles quais forem.

O objetivo central é a formação de um público fiel[6]. Uma marca utiliza todos os mecanismos para reunir pessoas interessadas, tornando-se referência para elas. Uma vez que essa plateia esteja consolidada — o que leva meses ou anos para acontecer —, a marca colhe os benefícios. Em um de seus livros, intitulado Epic Content Marketing,[7] Joe Pulizzi lista os objetivos frequentes das empresas. São eles:
Geralmente, criar ferramentas exige uma infraestrutura um pouco maior, pois você vai precisar contar com a ajuda de um profissional que saiba de programação. Em compensação, dificilmente sua ferramenta será copiada, já que é mais complicado reproduzir esse tipo de conteúdo do que um post, por exemplo. Isso torna as ferramentas uma bela forma de diferenciação.
Desenhar uma estratégia de marketing de conteúdo é um desafio para muitos empresários. Vivemos em um mundo cada vez mais digital, isso é fato e precisa ser sempre lembrado na hora de traçar o seu planejamento. Nesse universo, as pessoas acessam informações e conteúdos das mais variadas formas, no seu tempo e de acordo com as suas necessidades. Por outro lado, novas marcas e novos produtos surgem todos os dias, todos competindo para construir uma boa imagem e entrar na cabeça dos possíveis clientes.
×