No meu blog, eu estou querendo por um aviso em todos os posts, um aviso em texto, pois meu blog é sobre receitas fitness e eu coloco a tabela nutricional em todas as receitas, aí gostaria de avisar que as tabelas são de acordo com a tabela TACO e o Software DietBox, mas, se eu repetir isso em todos os meus posts, o google nao vai achar ruim e me punir por eu estar fazendo uma cópia em todo os posts?
Aprender o básico em informática é imprescindível nos dias de hoje. Procure uma escola de computação registrada e séria que ofereça cursos rápidos sobre como navegar na internet. Algumas oferecem cursos de online commerce e ensinam como fazer a divulgação do produto ou marca, seja nas redes sociais ou usando outras ferramentas, bem como criar uma extensa network, que facilitará o desenvolvimento de seu negócio. Talvez você desenvolva uma tarefa que não precise sequer usar o computador, mas é bom entender de recibos, contratos, orçamentos, contabilidade para organizar e tocar seu negócio de forma que saiba se virar quando precisar.
Em 2014, o Content Marketing Institute estendeu para o Brasil o estudo Content Marketing no Brasil – Benchmarks, Orçamentos e Tendências, realizado a cada dois anos no País. Em 2015, foi feito o Primeiro Estudo de Content Marketing da América Latina, com os primeiros dados concretos sobre como as empresas trabalham a estratégia na região. O relatório mostrou que 98% usavam o Marketing de Conteúdo para promover seus produtos e que 56% das empresas entrevistadas preferem as redes sociais como meio para fazer suas divulgações.[24] Em 2016, foram feitos estudos comparativos realizados no sul do país sobre marketing digital.[25]
Você pode iniciar com um blog por exemplo. Postando conteúdos de 500 a 1.000 palavras cada, focando em temas de interesse de seu público-alvo. Além disso, vale a pena criar uma fanpage no facebook e uma página da empresa no LinkedIn. Cada texto que você postar no blog, você também pode postar uma chamada nessas redes sociais. Essa chamada costuma ter em média 30 palavras cada, e ela precisa ter um tom de persuasão, fazendo com que o leitor se interesse em acessar o blog para saber mais informações a respeito daquele tema.
Você sabe o que significa benchmarking? Já aplica essa ferramenta na sua empresa? O benchmarking é uma prática muito comum no universo empresarial, que consiste em uma série de processos para comparar e analisar as práticas e os processos adotados por outras empresas, sejam elas concorrentes ou não. A ideia aqui não é copiar o que os outros estão fazendo, mas sim aprender novas técnicas e melhorar o que for possível na sua empresa.
Escribe y comercializa un blog. Crea una bitácora digital y aliméntala constantemente –sin importar el tema que abordes– de contenido original y relevante para tu audiencia meta. Promociona tu contenido a través de redes sociales, con enlaces que remitan a tu sitio para generar tráfico. Comercializa espacios publicitarios para empresas interesadas en el segmento al que te diriges y también inserta en tu blog publicidad contextual, como AdSense de Google.

É muito comum empreendedores e empresas criarem perfis em várias redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Youtube, Google+, Snapchat, Pinterest, etc.) e depois publicarem os mesmos conteúdos em todas essas redes. Isso é um erro tremendo. É o mesmo que você imaginar a General Motors, que tem as marcas Chevrolet, Opel, GMC, ACDelco, Vauxhall, OnStar, entre outras, agora começar a produzir todos os carros iguais, mas simplesmente com marcas diferentes. Isso faz sentido?
Mais tráfego iguala mais lucros. Quanto mais tráfego você pode dirigir para o seu site, o mais bem sucedido seu negócio Internet casa vai ser. Se uma empresa vê que seu site é visitado regularmente por centenas de pessoas diariamente, você não terá problemas com a obtenção de outras empresas que querem fazer parceria com você. Eu sei que você está pensando! Direcionar o tráfego? Como eu faço isso?

Existem vários tipos de programas afiliados. A maioria vai pagar uma taxa fixa ou porcentagem da venda que você faz (pagamento por venda). Outro tipo comum é quando você é pago por ação ou lead. Por exemplo, se você indicar alguém que se inscrever para a avaliação gratuita de empresas, a empresa pagará pela inscrição. Embora não seja visto com muita frequência, alguns pagarão por clique (isso é mais visto em programas de anúncios contextuais, como o Google Adsense) ou por impressão (cada vez que o anúncio é carregado em seu site).
Outra forma de ganhar dinheiro através do negócio de cosméticos está trabalhando como vendedor. Revenda significa que você vai ter a sua fonte de cosméticos diretamente da empresa de sua escolha, em seguida, vendê-lo para outras pessoas. Claro, você obter comissões para todos os produtos que você pode vender. Revenda destaca se você só trabalha em part-time na indústria de cosméticos. Você pode revender os produtos aos seus colegas de escritório em seu dia de trabalho, ou até mesmo para a família e amigos. Para se tornar um revendedor, certifique-se de escolher uma empresa de cosméticos que você gosta, e, em seguida, entrar em contato com eles através do seu website. A maioria das linhas de cosméticos também têm informações em seus sites para as pessoas que querem fazer revenda de negócios.
Se imaginarmos um blog de uma empresa, que gera 50.000 visitas orgânicas por mês, estamos falando de um potencial de aquisição de clientes incrível, por um custo extremamente reduzido. Embora a publicidade muitas vezes signifique um investimento alto, é necessário considerar também que o marketing de conteúdo tem um custo. Pensar, idealizar, produzir, editar, revisar e publicar um conteúdo ou vários conteúdos também tem um custo. Esse custo normalmente está associado a uma pessoa: a pessoa que produziu esse conteúdo. Mas esse custo existe.

Então um dia uma decisão ruim de sua parte, marca levou a tudo perder ele representava. Sua renda de seis números despencaram e ele caiu para a dívida. Ele aceitou um emprego em um centro de contato. Mas, como ele olhou em volta, ficou claro para ele que deve haver uma maneira melhor – ele não vai desistir. Ele mais uma vez assumiu marketing afiliado e decidiu dar-lhe uma vez última tentativa. E é história. Ele agora é um comerciante da filial que ganha em sete figuras e começa a compartilhar suas técnicas, procedimentos e métodos com pessoas em todo o mundo.


Mark recomenda 11 Nichos para começar com. Ele faz a maior parte de sua renda a partir destes 11 niches. Já escolheu o nicho certo?  Se não, em seguida, ele quase certamente retê-lo. Se você está no processo de construção de seu primeiro site ou apenas começou a pensar em fazer a on-line, então você pode encontrar aqui o que você deve torná-lo sobre.
Mesmo que todo profissional de marketing entenda que quando se escreve com qualidade sobre o seu ramo de atuação é possível transmitir informação relevante aos visitantes, ganhar novas oportunidades de negócio, passar a ser referenciado como uma autoridade no assunto e, claro, criar e estreitar o relacionamento com a sua base de contatos, isso nem sempre fica claro para a liderança da empresa. Mesmo que não faltem motivos para encarar o Marketing de Conteúdo como um dos pilares do sucesso no Marketing Digital, ainda assim você precisa justificar seu valor.
Trocar visitantes usando um anel web, é uma maneira livre para aprimorar o seu marketing na web. Web rings são um sistema fechado de sites que permitem que os usuários vejam outros sites parelhos ao que eles estão lendo nos dias de hoje. Ao absorver um, você não apenas vai obter mais apresentação da troca da ligação, porém também aumentar o seu motor de pesquisa listando estatísticas.
2.	Relacionamento: Através do Marketing de Conteúdo, você se aproxima dos seus clientes e potenciais clientes, permitindo a construção de uma relação pautada na confiança e na interação. Ao oferecer conteúdos relevantes e realmente úteis, você permite que eles tomem decisões mais assertivas, além de mostrar-se sempre ali à disposição para o que eles precisarem ao longo da jornada. Esse é um dos segredos das empresas de sucesso nos dias de hoje, pense nisso!

O autor Hugh Hewitt estava coberto de razão em sua obra “Blog: Entenda a Revolução: o século XXI é o século da Internet”. Em 2007, quando a obra foi lançada, a produção de conteúdo ainda não havia alavancado com tanta força como hoje. Limitações técnicas, como baixa velocidade oferecida pelos provedores, conexões à internet menos acessíveis às massas ...
Se você tem uma empresa de arquitetura, por exemplo, você poderá falar de vários assuntos relacionados com arquitetura, design, design de produto, design de interiores, etc. Se você tem uma agência de Marketing Digital, por exemplo, você poderá falar sobre E-Commerce, Redes Sociais, UX/UI, Mobile, entre outros assuntos. Diversificação não só é fundamental, como ajuda você a ter a ideias para novos conteúdos a publicar.
Você pode iniciar com um blog por exemplo. Postando conteúdos de 500 a 1.000 palavras cada, focando em temas de interesse de seu público-alvo. Além disso, vale a pena criar uma fanpage no facebook e uma página da empresa no LinkedIn. Cada texto que você postar no blog, você também pode postar uma chamada nessas redes sociais. Essa chamada costuma ter em média 30 palavras cada, e ela precisa ter um tom de persuasão, fazendo com que o leitor se interesse em acessar o blog para saber mais informações a respeito daquele tema.

Geralmente, criar ferramentas exige uma infraestrutura um pouco maior, pois você vai precisar contar com a ajuda de um profissional que saiba de programação. Em compensação, dificilmente sua ferramenta será copiada, já que é mais complicado reproduzir esse tipo de conteúdo do que um post, por exemplo. Isso torna as ferramentas uma bela forma de diferenciação.

O marketing de conteúdo vem justamente agregar esses valores a sua marca. Quanto mais pessoas acessarem os seus conteúdos, maior o número de leads gerados e, se forem bem nutridos, maior o número de vendas e maior o seu faturamento. Conteúdo de qualidade é mais do que a apresentação da sua empresa, é ponto crucial para o sucesso de qualquer empreendimento.
Olá, quero me tornar um afiliado, aí da não tenho nem conta em nenhuma plataforma de afiliados, porém estou estudando tudo antes de começar. Porem não gosto de aparecer, estou falando sobre o YouTube, gravar vídeos não é comigo. Ainda bem que aqui tem outras formas que descobri para divulgação. Continuarei estudando o conteúdo gratuito e colocar acara a tapa para ver o que acontece. Assim se ganhar alguma coisa com a afiliação, tomara que sim, vou ter algum dinheiro para investir no seu curso que estou muito interessada. Obrigada por compartilhar seus conhecimentos.
Para os especialistas do marketing, o Marketing de Conteúdo "é o novo SEO e o coração do sucesso on-line". Ao produzir conteúdo, a empresa permite que as pessoas leiam ou assistam, compartilhem, tirem dúvidas e aprendam. Uma estratégia de conteúdo que gera resultados demanda uma série de fatores, como: conhecimento profundo das características, perfis, gostos e preferências do público-alvo; alinhamento com os objetivos de negócio; métricas bem definidas; diversidade de produtos, para contemplar mais possibilidades de aprendizado, via texto, imagem e som.

Dessa forma, você pode criar um Podcast – ou seja, uma peça de áudio – para compartilhar, pode dedicar tempo à criação de Webinars (conferências online sobre seus produtos, serviços e temáticas relevantes para o seu campo de atuação). Você pode desenvolver aplicativos para dispositivos móveis, publicar eBooks e até mesmo desenvolver jogos temáticos.

×